Conecte-se agora

Mais de 700 pessoas participam de ato da campanha de Marcus em Sena Madureira

Publicado

em

Pelo menos 700 pessoas, entre professores, gestores e colaboradores da Educação de Sena Madureira se reuniram na noite desta quinta-feira, 13, para declarar apoio a Marcus Alexandre, Jorge Viana e Ney Amorim.

No encontro com os educadores, o candidato ao governo do Acre pela Frente Popular destacou os avanços na Educação da capital e reafirmou o compromisso de continuar trabalhando por uma educação de qualidade no Acre. “Não temos o melhor orçamento, mas Rio Branco está entre as três capitais com melhor Ideb”, disse Marcus Alexandre ao agradecer a dedicação de todos e o empenho pelos bons resultados.

Em sua fala, o candidato destacou ainda as propostas do seu Plano de Governo para a área, como realizar busca ativa e criar equipes multidisciplinares o para evitar a evasão; ampliar vagas no Ensino Superior e fortalecer o Programa Quero Ler como estratégia para a redução dos índices de analfabetismo.

“Quando fui governador, conseguimos mudar a história da educação no Acre. qualificamos os nossos professores melhoramos os salários, que viviam atrasados. Agora, quero ser, outra vez, parte de uma revolução na nossa educação. Tenho certeza que posso ajudar com minha experiência, para que possamos dar o próximo passo”, lembrou o candidato ao senado, Jorge Viana.

A coordenadora de ensino na Escola Raimundo Magalhães, Maria Lucia dos Santos, destacou o resultado do trabalho feito pela Frente Popular no município de Sena Madureira. “Desde o início da gestão da Frente Popular só tivemos melhora. Conheço o trabalho do Marcus em Rio Branco e estou certa de que ele é o melhor candidato”, disse a educadora.

Propaganda

Destaque 7

Alysson Bestene anuncia concurso para 340 profissionais da saúde

Publicado

em

O secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, anunciou nesta segunda-feira, 18, que vai disponibilizar um levantamento dos cargos dentro do Pró-Saúde, mostrando quem recebia, mas não trabalhava ou que estava ali somente por acomodação política, por não ser profissional de Saúde.

Na tarde desta segunda-feira, às 14 horas, acontece uma reunião, na Casa Civil do Governador, com os sindicatos, com a Secretaria de Fazenda, a de Gestão Administrativa, a Procuradoria Geral da República e os servidores do Pró-Saúde.

Na ocasião, a Secretaria de Saúde vai disponibilizar os dados que revelam uma série de ingerências do governo anterior, incluindo as acomodações de pessoas em cargos políticos que nada tinham a ver com a Saúde. Essa situação contribuiu para o inchaço financeiro e a consequente inviabilidade de programas como o Pró-Saúde, por exemplo.

“Havia pessoas empregadas que não eram para atender a pasta. Um número de cargos comissionados dentro do Pró-Saúde, colocados pelo governo anterior, que não prestava serviços em saúde. E existe uma ação civil pública que exige que essas pessoas sejam demitidas”, ressalta Bestene.

Nesta manhã, em entrevista ao programa Balanço Geral, da TV Gazeta, o secretário reafirmou a realização de concurso público simplificado para 340 profissionais, entre médicos, biomédicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e técnicos em Saúde. O certame, válido por um ano, faz parte do pacote de medidas contidas no decreto que instituiu calamidade financeira na pasta, assinado pelo governador Gladson Cameli, na semana passada.

“Nós já consultamos a Procuradoria Geral do Estado para que procedesse a viabilidade do concurso e ela deu positivo para que Secretaria de Gestão Administrativa lance o edital”, disse Alysson Bestene.

“Então, o Ministério Público do Trabalho e os sindicatos estão cientes dessa situação e vamos ter todo o cuidado [no concurso simplificado] para que entrem as pessoas que realmente estão de acordo com as funções que se exigem delas”, completa o secretário.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.