Conecte-se agora

Relatório do CFM mostra o Acre entre os menores números de leitos de UTI no país

Publicado

em

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou na quarta-feira, 12, em sua página oficial, um mapeamento do número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em todo o Brasil.

O levantamento refere-se tanto aos leitos conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS), como os particulares. Ao todo, o Brasil possui quase 45 mil leitos de UTI, segundo informações do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde.

A pesquisa revela que embora o número de leitos de UTI tenha aumentado nos últimos anos – algo em torno de 5,7 mil nos últimos oito anos – a quantidade de leitos ainda é insuficiente, sobretudo no SUS, onde a demanda é crescente.
O Acre aparece entre os com menor quantidade de leitos da Região Norte, com 75 vagas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos. Da Região Norte, Acre e Roraima aparece com o índice abaixo do ideal, mesmo se considerados os leitos privados disponíveis. A média de ambos é de 0,90 leitos para cada 10 mil habitantes.

O levantamento revela que 17 unidades federais estão abaixo deste índice quando o assunto é a oferta de leitos de UTI pelo SUS. São eles: Acre, Amazonas, Roraima, Amapá, Pará, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro.

Em Nota de Esclarecimento divulgada recentemente na imprensa, a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) nega os dados e alega que existem 1.414 leitos de internação do SUS no estado atualmente. Alegam ainda que foram ampliados oito leitos cirúrgicos em contratualidades no Hospital Santa Juliana e que houve aumento de oito leitos na UTI do Pronto-Socorro de Rio Branco.

Propaganda

Destaque 2

Gladson vai pedir dinheiro a Bolsonaro para não arcar com mais despesas para combater as queimadas no Acre

Publicado

em

O governador Gladson Cameli confirmou na noite deste domingo, 25, que a reunião entre Jair Bolsonaro e os governadores dos Estados da Amazônia, região que vem sofrendo com a crescente foco de queimadas nas últimas semanas, ocorrerá na terça-feira, 27, às 10h da manhã (horário de Brasília), no Palácio do Planalto.

Cameli, que decretou Estado de Emergência Ambiental na última sexta-feira, 23, afirmou ao ac24horas que pretende pedir recursos a Bolsonaro. “Eu vou pedir todo o aparato do governo federal. Eu preciso de dinheiro, vou pedir dinheiro, tudo envolve dinheiro na questão da estrutura. Eu já tô antecipando o pagamento do mês de agosto nesta semana e nós não temos condições de arcar com mais despesas não”, disse o governador, informando ainda que os secretários de Meio Ambiente, Israel Milani, e o Secretário de Agricultura e Pecuária, Paulo Wadt, devem acompanhá-lo na agenda oficial.

Com o Acre ocupando a 8º lugar no ranking das queimadas com mais de 2,5 mil focos registrados de janeiro até este final de semana, Cameli destacou que não entrará na quantidade recursos que o Estado deveria receber para fazer jus ao combate aos focos, mas que espera bom senso na distribuição de recursos.

Sobre a agenda que Bolsonaro deve cumprir no Acre nos próximos dias, o chefe do Palácio Rio Branco informou que após a reunião entre o presidente e os governadores, terá mais informações sobre o pré-agendamento da agenda presidencial.

 

Continuar lendo

Acre

Tatuador casado é denunciado por assediar clientes em Rio Branco

Publicado

em

Pelo andar da carruagem o bonde parece já estar andando sobre o assédio do profissional de tatuagem com clientes em seu estúdio na cidade de Rio Branco. Em menos de 24 horas, já apareceram outras vítimas.

ENTENDA O CASO

***O dia ainda nem completou suas 24 horas, e meu direct no instagram já está bombando de novas vítimas do profissional (que pelo visto não tem nada de profissional), com relação a assédio sexual.

Na semana que se passou duas das vítimas me relataram com riqueza de detalhes como o tatuador faz esse tipo de assédio em suas clientes. As vítimas em questão me afirmaram que é só uma questão de alguém denunciar ou deixar um alerta para que apareçam vítimas do tatuador. E não é que apareceu mesmo.

COMO O TATUADOR AGE

***O mesmo não se importa se a vítima e casada ou tem namorado. Até o momento que escrevia está coluna, não havia informação de assédio em menores de idade. E caso apareça a coisa deve ficar seríssima.

As vítimas sempre relatam a mesma forma de agir do tatuador, que ao término do trabalho, pede uma foto com ele para fazer divulgação do seu trabalho nas redes sociais. E nesse momento que os relatos ficam mais íntimos, pois as vítimas que entraram em contato via direct do instagram, relatam quase o mesmo tipo de situação.

“No momento eu achei que ele iria tirar a foto somente da tatuagem, ou ao meu lado com a tatuagem a mostra. Mas ele me agarrou por trás e ficou bem próximo. Na hora não me toquei, num súbito de entendimento da situação sai bruscamente e não aceitei tirar a foto.” – relata uma das vítimas.

NOVAS VITIMAS

***O Fato já deve começar a ser investigado com o surgimento de possíveis novas vítimas que se sentirem molestadas ou assediadas pelo tatuador ou por qualquer outro profissional da cidade.

Vale ressaltar que o tatuador tem esposa, filhos, mas na hora do assédio, ele não leva isso em consideração, sendo que esse tipo de ato ´da CADEIA. Sempre que for usar esse ou qualquer tipo de serviço, se informe antes, não acredite somente em fotos na internet, ou somente em indicação de blogueiras e afins.

ASSÉDIO É CRIME, se você passou por isso DENUNCIE.


Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ac24horas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.