Conecte-se agora

Prefeitura faz atendimento no Senadinho

Publicado

em

Há 17 anos, duas vezes por semana, idosos de vários bairros da cidade se encontram no Senadinho, no Centro de Rio Branco, para dançar, conversar e rever os amigos. A festa, sempre com muita dança, conta também com serviços de saúde disponibilizados pela prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria Municipal de Saúde (SEMSA).

Toda quarta e sexta-feira, durante as festas do Senadinho, os profissionais do Centro de saúde Ary Rodrigues ficam no local das 9 às 11h, para o caso de necessidade de atendimento aos idosos. Os enfermeiros medem a pressão e glicemia deles. De acordo com diretora da unidade de saúde, Paula Santos, “com o atendimento semanal, é possível ter o acompanhamento da saúde de cada idoso, se a pressão, ou o nível de glicose aumentaram, e se necessário, intervir com medicação ou encaminhar para atendimento médico”, destaca ela.

A cada festa, o Senadinho chega a reunir até 200 idosos. De acordo com Wilson Araújo, coordenador do local, a festa ficou mais segura com a presença dos profissionais da saúde da Prefeitura de Rio Branco. “Nosso público é de idosos e já houve casos em que realmente foi necessária a intervenção dos enfermeiros. Esse serviço é de excelência”, confirma ele.

Para os frequentadores do Senadinho, a oferta do serviço de saúde no local onde eles dançam e se divertem representa o cuidado da Prefeitura com a população idosa. O aposentado José Araújo, conhecido como Zé Pequeno, de 72 anos, conta que “agora a gente fica muito mais à vontade para se divertir. Eu gostei muito dessa ação da Prefeitura, que foi iniciada pelo ex prefeito Marcus Alexandre e foi mantida pela prefeita Socorro Neri”, cita.

Aos 69 anos, dona Maria Cândida, diz que sempre afere a pressão e a glicose no Senadinho. “Tu já pensou, a gente dança, mede pressão, faz amizade. É bom demais e ficou melhor ainda porque a gente olha e aqui está o pessoal da saúde. Dá muita segurança para a gente e até para a família que fica em casa e sabe que aqui estamos seguros”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Propaganda

Cidades

Polícia investiga morte de homem encontrado sem marcas de violência na própria cama

Publicado

em

A Polícia Civil de Cruzeiro do Sul investiga se José Francisco da Silva, encontrado sem vida em cima da própria cama, na tarde desta segunda-feira, 27, no bairro Cruzeirão, morreu de infarto.

O diarista não era visto pela vizinhança desde sexta-feira, 24. Nesta segunda-feira, 27, um parente arrombou a porta da casa de José Francisco e encontrou o corpo já em estado de decomposição.

O corpo está passando por exame no Instituto Médico legal.

O delegado Marcos Vinicius, disse que o homem tinha problemas de saúde e há informação de que bebia muito. “Ele morreu em cima da própria cama sem sinais de violência e estamos investigando”, contou o delegado.

Continuar lendo

Cidades

Professores cruzeirenses aprovados em concurso vão protestar pelo não chamamento

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 27, um grupo de professores aprovados no concurso público, mas não convocados, procurou a coordenação do Núcleo de Educação de Cruzeiro do Sul para saber quando serão chamados para trabalhar.

Como não houve definição sobre data, eles garantem que na quarta-feira da semana que vem, dia 5 , vão fazer um grande ato de protesto no Núcleo de Educação, em parceria com o Sinteac.

Eliane Neri, professora de história, aprovada em 6° lugar no certame, destaca que professores provisórios vão passar por formação para iniciar o ano letivo no dia 10 de fevereiro. “Nós que devíamos ir pra Formação pra começar as aulas”.

Segundo Eliane a coordenadora do Núcleo de Educação em Cruzeiro do Sul , Ruth Bernardino, disse ao grupo que o governo do Estado aguarda um relatório da secretaria de Fazenda sobre o número de servidores e a Lei Responsabilidade Fiscal para definir a data de convocação dos aprovados.

Aos jornalistas, Bernardino afirmou que as convocações “serão feitas a qualquer momento”.

Em Cruzeiro do Sul são cerca de 196 aprovados no Concurso Público realizado ainda no governo Sebastião Viana. O governador Gladson Cameli chamou cerca de 200 professores em todo o Estado, sendo 50 de Cruzeiro.

Em Rio Branco houve protestos dos aprovados no Concurso da Educação em frente à Casa Civil.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas