Conecte-se agora

Lyra nega compra de votos e diz que fez áudio para “tirar sarro”

Publicado

em

O candidato a deputado estadual pelo Progressistas, Joaquim Lyra, ouvido nesta quinta-feira, dia 13, na sede da Polícia Federal em Epitaciolândia, suspeito de compra de voto, afirmou ao ac24horas que o dinheiro que estava com ele era de origem legal, e fruto de um contrato que mantém com uma empresa da Capital.

“O candidato tem até R$ 1,2 milhão para gastar com a campanha, e meus adversários pegaram isso e transformaram numa grande piada. Esse dinheiro  vem de uma empresa federal, vem da Pedra Norte, com a qual nós temos um contrato de quase R$ 800 mil. Não há crime. O crime seria se eu tivesse com esse dinheiro para comprar voto”, justificou.

Após o depoimento de Lyra, o ac24horas teve acesso a imagens e audios que motram Joaquim Lyra perto de um monte de dinheiro, e no áudio, ele afirma que o dinheiro seria usado para pagar o lanche dos cabos eleitorais. O valor exato da quantia não foi divulgado oficialmente.

Lyra alega que fez o audio para tirar brincadeira com os petistas da cidade, que alegavam que Joaquim não tinha condições de manter uma campanha política. “Isso foi para tirar uma sarro com os petistas, que estavam falando que eu sou um empresário quebrado. Eles dizem isso quando querem humilhar a gente. Eu estava separando para fazer o pagamento dos funcionários”, completa o candidato

 

Propaganda

Destaque 5

Programa Nota Premiada paga R$50 mil em prêmios em dezembro

Publicado

em

A Prefeitura de Rio Branco vai sortear no próximo dia 19 de dezembro, pela extração da Loteria Federal, R$50 mil em prêmios do programa Nota Premiada 2018. Os cupons concorrentes serão divulgados dia 18 de dezembro e os nomes dos ganhadores serão publicados no dia 21.12.2018. A premiação total está dividida em um prêmio de R$20 mil e 20 prêmios de R$1,5 mil.

Os serviços que podem emitir a Nota Premiada são de escola/universidade, academia, oficina mecânica, clínica médica, salão de beleza, construção civil, clínica de estética, dedetização, hotel, chaveiro/carimbo, dentista, lavanderia, estacionamento, laboratório, cinema, aula de música, curso de idiomas, autoescola, creche, hospital, clínica veterinária/pet shop, manutenção de computadores, creche, dentre outros. “O que vale é a nota eletrônica de serviços. Nota de supermercado, por exemplo, não vale”, explicou Wilson Leite, chefe da Divisão de ISS e coordenador do programa Nota Premiada.

O programa Nota Premiada regulamenta o sorteio de prêmios a pessoas que solicitarem a nota fiscal dos prestadores de serviços estabelecidos na capital acreana. No portal notapremiada.riobranco.ac.gov.br o usuário encontra todas as informações sobre o programa. “Lembrando que somente pessoas físicas participam do concurso”, alertou Wilson Leite.

A Nota Premiada foi criada pela Prefeitura de Rio Branco após apresentação de anteprojeto do vereador Artêmio Costa, que ressaltou a importância de se pedir nota fiscal visando não apenas um ato contributivo, mas também uma ação de cidadania ao justificar sua proposta. À época do lançamento, Costa destacou a confiabilidade e a transparência do processo, uma vez que os sorteios serão pela Loteria Federal.

Objetivo é estimular a emissão da nota de serviço e garantir benefícios para Rio Branco

O objetivo do programa é estimular as pessoas a pedirem nota fiscal onde normalmente não solicitam e melhorar a arrecadação própria da Prefeitura de Rio Branco.

Todas as pessoas físicas – exceto a prefeita, secretários do Município de Rio Branco e equipes técnicas que trabalham na coordenação do programa – podem concorrer aos prêmios oferecidos pelo Nota Premiada. O que importa é que o prestador de serviços recolha impostos no município de Rio Branco. Cada nota fiscal de serviços gera um cupom que concorre a todos os sorteios do ano. O ganhador só não recebe o prêmio se estiver em débito com a Fazenda Municipal.

Como concorrer?

Para concorrer basta acessar o site do programa e fazer o cadastro. Toda vez que o prestador de serviços emitir uma nota fiscal identificada com o CPF do tomador do serviço será gerado um cupom eletrônico em favor do contribuinte cadastrado. Caso não seja possível a emissão da nota fiscal eletrônica na hora, o prestador poderá emitir um Recibo Provisório de Serviços (RPS) e tem até 10 dias para emitir a nota.

Serão gerados cupons de todas as notas emitidas no CPF do contribuinte no período de 1º de janeiro de 2018 a 16.12.2018.

Continuar lendo

Destaque 5

Para economizar, Saúde do Acre só funcionará até 13h a partir de hoje

Publicado

em

Os setores administrativos da Secretaria de Saúde do Acre (SESACRE) passam a funcionar das 7h às 13h a partir desta segunda-feira, dia 19. A medida, segundo a instituição, é para conter e reduzir as despesas. O expediente corrido já vem sendo adotado em diversas oportunidades pelo Palácio Rio Branco.

Mesmo com o expediente alterado nas unidades administrativas do órgão estadual, a SESACRE informou que os hospitais púbicos da rede estadual vão continuar funcionando, sem alteração no expediente, com 24 horas de funcionamento. O documento foi assinado pelo secretário Rui Arruda.

Os locais em que o expediente será corrido são:

– SESACRE (Sede) – Rua Benjamin Constant, nº 830, Centro;

– Complexo Logístico – Estrada do Aviário, nº 526, Bairro do Aviário;

– Gestão Documental – Av. Ceará, nº 4.576, Conjunto Tangará;

– Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos (DAFI) – Av. Ceará, nº 5.082, Conjunto Tangará e Av. Getúlio Vargas, Travessa Hemoacre, nº 132, Bairro Bosque;

– PNI – Av. Getúlio Vargas, Travessa Hemoacre, nº 132, Bairro Bosque;

– Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) – Av. Getúlio Vargas, s/n, Travessa da Maternidade, Bairro Centro;

– Departamento de Apoio e Diagnóstico – Rua dos Engenheiros, nº 20, Bairro Tangará;

– Complexo Regulador Regional – Rua Leopoldo Bulhões, n° 2016, Bairro do Alumínio em Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo

Destaque 5

Praça da Juventude vira “refúgio de marginais” na Cidade do Povo

Publicado

em

A Praça da Juventude da Cidade do Povo, obra entregue oficialmente no mês de dezembro de 2014, pela Secretaria de Obras Públicas do governo do Acre, para servir como modelo de um espaço multiuso, com uma estrutura completa para o lazer e a prática de várias modalidades esportivas foi totalmente depredada por vândalos, que de acordo com denúncias de moradores teriam transformado o local em ponto de consumo de drogas e local para prostituição.

Na época da inauguração, o governo do Acre garantia que o empreendimento tinha como objetivo valorizar a cultura, o lazer e o esporte, além de facilitar o atendimento de integração e proteção familiar, com inclusão dos programas de governo de Bolsa Família, aluguel social e palestras informativas, mas quase quatro anos após a inauguração, o espaço foi abandonado pelo poder público e os prédios e ambientes esportivos foram depredados e saqueados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Segundo matérias da agência estatal de notícias, quando a Praça da Juventude II foi inaugurada, a estrutura oferecia teatro de arena, quadras poliesportivas, quadra de vôlei de areia, banheiros e vestiários, playground e pista de caminhada. A área contava ainda com uma sala para o atendimento do Centro de Referência de Assistência Social (Cras). A obra teria custado mais de R$ 2 milhões de recursos repassados pelo governo federal.

O local ainda chegou a ser utilizado para promover diversos eventos, mas de acordo moradores das redondezas, o local foi abandonado, os prédios destruídos e saqueados e atualmente serve apenas para refugio de marginais que fizeram pichações, destruíram divisória e forro de gesso, roubaram lâmpadas, louça sanitária, portas janelas e fiação dos prédios e das quadras e o que não foi roubado foi quebrado, como é o caso de bancos de concreto.

Os moradores da localidade temem passar pelo local. De acordo com eles, o abandono da estrutura favoreceu a criminalidade. Populares, que apesar de pedir para que seus nomes não sejam divulgados por medo de represálias, são unânimes em dizer que a falta de segurança contribuiu para que o espaço público que foi construído para ajudar a afastar jovens da criminalidade se transformasse em mais uma problema para a comunidade.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.