Conecte-se agora

Associações da PM e BM entregam carta a Rocha oficializando apoio a Gladson Cameli

Publicado

em

Durante reunião na noite desta quinta-feira, 13, no auditório da Livraria Paim, no centro de Rio Branco, as associações do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar do Acre oficializaram por meio de carta apoio à candidatura de Gladson Cameli ao governo do Estado.

Na carta, os militares lamentam o fato de o Acre ser reconhecido atualmente em nível nacional por “estatísticas macabras que nos colocam como o segundo estado mais violento do Brasil e Rio Branco, como a capital mais violenta do país”.

Para as entidades, “o Estado trabalhou e pensou segurança pública ao longo desses anos de forma reativa e pontual, maquiando a realidade, jogando problemas importantes para “debaixo do tapete” ou culpando terceiros” e pontua a urgente mudança dessa realidade lastimável e que a substituição democrática do grupo político atualmente no poder seja “um dos meios para alcançarmos dias melhores”.

Conforme a carta, o apoio das associações ocorre após avaliações das propostas dos candidatos ao Governo do Estado do Acre e das ações da gestão de Sebastião Viana. Os associados serão orientados a aderir ao projeto de Cameli.

A carta foi entregue a Major Rocha. Gladson Cameli cumpre agenda em Cruzeiro do Sul e por isso não compareceu ao ato político.

Ao final do evento, Major Rocha pediu a parceira de seus colegas de farda para a construção da Segurança do Acre e lamentou a atual situação do setor.

“Vamos construir juntos a segurança do Estado. Precisamos mudar urgentemente a situação do Acre”, afirmou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Propaganda

Acre 01

Sede da Procuradoria Geral do Estado sofre incêndio e tem serviços suspensos

Publicado

em

A sede da Procuradoria Geral do Estado do Acre (PGE-AC) sofreu um incêndio na madrugada desta terça-feira, 21. A informação foi confirmada pela equipe do governo, por meio de uma nota pública.

De acordo com o informado pelo procurador-geral do Estado, João Paulo Setti, o fogo gerou perdas materiais em algumas salas. O incêndio iniciou por volta das 2h da madrugada. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e rapidamente conseguiu combater o incêndio. Não houve vítimas.

A equipe dos bombeiros preferiu desligar a rede elétrica do local por precaução, até a finalização do processo de perícia, que irá confirmar as causas reais do incêndio.

Por esse motivo, os trabalhos da PGE estarão suspensos até o meio dia desta terça-feira, 21. “Estamos trabalhando com agilidade para a retomada imediata dos serviços prestados”, informa Setti.

Continuar lendo

Acre 01

Associação diz que fuga em presídio é resultado da falta de gestão e planejamento no IAPEN

Publicado

em

A Associação dos Policias Penais do Acre (ASSPEN) também se manifestou em relação a fuga em massa da penitenciária Francisco D’Oliveira Conde.

A entidade bateu duro na direção do Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN) do Acre. Segundo a associação, os gestores do órgão já haviam sido avisados das mazelas que acontecem no presídio e diz que os policias penais fazem milagre para manter a segurança.

Os presos fugiram do pavilhão “L” do chapão.

A ASSPEN também criticou a realização de um culto durante o período noturno, como parte de um evento religioso realizado na semana passada. “O diretor-presidente do IAPEN autorizou a realização de um culto religioso na parte noturna do plantão, mesmo sabendo que a segurança estava fragilizada. Essa liberação é coisa que jamais aconteceu em outras gestões durante a noite”, afirma a nota assinada pelo presidente da Associação dos Policias Penais do Acre (ASSPEN), Eden Alves Azevedo.

Leia a nota:

A Diretoria dessa Entidade Representativa, em defesa dos Policiais Penais que atuam fazendo milagre para manter a segurança no interior dos presídios, vem a público depois da fuga em massa no Pavilhão “L” do Chapão, comunicar que já havia AVISADO a atual direção do IAPEN sobre as mazelas que acontecem na FOC, por falta de gestão e planejamento institucional.

No mesmo pavilhão da fuga dessa madrugada, semana passada, o diretor presidente do IAPEN autorizou a realização de um Culto Religioso na parte noturna do plantão, mesmo sabendo que a segurança estava fragilizada. Essa liberação é coisa que jamais aconteceu em outras gestões durante a noite.

A direção da ASSPEN solicita providências necessárias da Secretaria de Segurança Pública e responsabilização daqueles que mau (sic) administram o IAPEN.

Rio Branco-Acre, 20 de janeiro de 2020

Eden Alves Azevedo , Presidente da ASSPEN

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas