Conecte-se agora

O velho marketing da tiazinha do interior que acha o sobrinho o mais inteligente e preparado

Publicado

em

Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

Não sou especialista em marketing político, mas sou eleitor. Assisto, escuto e antigamente dava boas gargalhadas com o horário eleitoral gratuito na TV e no rádio, mas de alguns anos para cá, tenho que admitir que as peças publicitárias políticas perderam a graça e se tornaram repetitivas. Um exemplo fica por conta do candidato ao governo do Acre, Marcus Viana, do PT, que vem exibindo os filhos e a esposa nas propagandas de suas duas últimas eleições. A única inovação do eterno “novo candidato” é a presença de suas duas tiazinhas fazendo elogios para o menino que nasceu no interior de São Paulo, estudou, se formou em engenharia e virou político no Acre. Também tenho tiazinhas no interior que me acham o cara, se eu fosse candidato é provável que elas votassem e de quebra eu ainda seria elogiado.

Ainda bem que os filhos de Chame Chame vão crescer e colocar um ponto final nestas propagandas da mesma forma que a série Harry Potter acabou quando o bruxinho ficou adulto e foi obrigado a guardar a varinha mágica. Que saudade de boas propagandas política como a de Marcos Coveiro, que enterrava a corrupção. Do Salomão Matos, o candidato caça ratos. Do Antônio Gouveia, o Tijolinho, que teve os projetos dos “bamburis” e da pavimentação com tijolos copiados pelo governador Sebastião Viana, do PT. Na oposição, Gladson Cameli (Progressistas) faz uma campanha ao estilo da que Flaviano Melo fez quando ganhou a prefeitura de Rio Branco no auge da popularidade do PT. Só falta a pombinha branca, mas acredito que até o final da campanha eleitoral alguém tira ela da cartola.

A propaganda do Jorge Viana


Todas as vezes que assisto ao horário eleitoral com senador Jorge Viana, do PT, a propaganda com fundo e negro remete-me ao tempo que o PMDB ensaiava o “golpe” na armazenadora de vento, Dilma Rousseff (PT). Temer e seus aliados usaram um fundo negro para mandar mensagens subliminares para o PT. À época, os cacique peemedebistas diziam: “a verdade é sempre a melhor escolha”. O mais estranho é assistir JV falar de conquistas, esperança, mudança no Código Penal para brecar a violência e de inovação, cercado por um cenário com a cor predominantemente negra. Volto a repetir que não sou marqueteiro, mas tenho boa memória e sei que a publicidade no estilo Black do PMDB não trouxe mudanças e não devolveu a esperança ao povo brasileiro. Fica a dica.

A descontração veste azul e branco


Enquanto Petecão (PSD) toca sem parar aquela ‘musiquinha’ que fica martelando na cabeça de todo mundo: “quando o Petecão ganhar, quem ganha é o povo, eu sou Petecão de novo” –  o deputado Ney Amorim  pegou carona e se destaca com o slogan: “nosso novo senador”, além de também tocar a ‘musiquinha’ chiclete: “um, três, três, tenho dois votos para o Senador um é do Ney”. A cor predominante da propaganda de Ney Amorim é o branca, o que garante leveza por si. Enquanto o senador Petecão usa um vídeo multicolorido bem parecido com desenho animado, que chama atenção das crianças pelo visual e dos adultos pelo jingle que ganhou versão em castelhano. Por enquanto, Petecão não precisou abrir as mãos para mostrar o tamanho da cabeça.

Animação na ‘chapa da morte’
O deputado Heitor Júnior (Podemos) está confiante em sua reeleição. Mesmo integrando a coligação PROS, Podemos e PRB, que ficou conhecida como a ‘chapa da morte’ por ter seis deputados com mandato, Heitor acredita que o trabalho que vem realizando no fortalecimento das ações de combate às hepatites virais em todo o Estado garantirá uma boa votação para ele voltar ao parlamento estadual. No último final de semana, ele percorreu os municípios do Alto Acre. Durante as folgas deste semana será a vez do Vale do Juruá. Uma das principais conquistas de Heitor Júnior foi o fornecimento da nova medicação que garante a cura em dos infectados pelo vírus da Hepatite C. Mais de três mil pessoas foram completamente curadas nos últimos meses.

Oriana, a Luz do PSB


O nome dela é Oriana Luz. Ela conhece a cura através das plantas. Depois de reunir um conhecimento invejável sobre como salvar vidas com a ajuda de remédios extraídos da natureza — a filha do Doutor Raiz — também quer contribuir com os projetos de inclusão social que podem gerar novas oportunidades para jovens que buscam espaço no mercado de trabalho. Com foco neste objetivo, Oriana se filiou ao PSB e colocou o pé na estrada em busca de votos que a conduzam a uma das 24 cadeiras de deputado estadual pelo Acre. O colunista político Nelson Liano Jr. é um dos padrinhos políticos da filha do ‘Pajé Branco’. Sem muitos recursos financeiros, mas com disposição e a cabeça cheia de sonhos, Oriana, a Luz que ilumina o PSB, abraça a política.

Para você que de uma hora para outra virou defensor do Bolsonaro

Propaganda

Blog do Ray

Quase uma briga de casal no exercício do poder

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Vagner Sales acredita que não haverá disputa no voto para escolher dirigentes da Aleac

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Daniel se mantém Zen e deputado mesmo sem os votos de Nil Figueiredo

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.