Conecte-se agora

PF investiga suposta manipulação na pesquisa da Vox Populi

Publicado

em

O Ministério Público Eleitoral do Acre encaminhou à Polícia Federal um pedido de abertura de inquérito para apurar suposta manipulação de números na pesquisa eleitoral realiza pela Vox Populi e divulgada em um jornal local.

A denuncia teve como base sete áudios enviados ao MPE, relatando a possível fraude nos questionários do levantamento que pode ter sido realizado apenas em Rio Branco e divulgado como se fosse em vários municípios do Estado.

Os áudios foram anexados no pedido de abertura de investigação e encaminhados à Polícia Federal. Nas gravações, pessoas que trabalham realizando pesquisas relatam como teria ocorrido a suposta fraude dos números.

Segundo o MPE, a fraude estaria caracterizada quando o esquema é relatado nas troca de gravações e deixa evidente que os questionários não foram preenchidos nos municípios relatados pela Vox Populi no momento do registro da pesquisa.

Os responsáveis pela pesquisa teriam realizado o levantamento sem sair de Rio Branco. O MPE pede ainda que seja investigado o envolvimento da Companhia de Selva, empresa que cuida da mídia das administrações petista do Acre.

No total, o MPE recebeu sete áudios que revelariam, em tese, a manipulação dos números pelos responsáveis pela Vox Populi no Estado. A pesquisa teria custado a quantia de R$ 93 mil e foi encomendada por um empresa e divulgada por outra.

Segundo a Lei Eleitoral, os responsáveis pela pesquisa podem ser enquadrados por divulgação de pesquisa fraudulenta que constitui crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa no valor entre R$ 50 mil a r$ 100 mil.

O MPE requisitou a instauração de Inquérito Policial para investigação da pesquisa e de todos os atores envolvidos na realização do levantamento que deveria ter sido realizado em todo o Acre e dos responsáveis pela divulgação.

Ouça os audios:

Propaganda

Destaque 5

Briga entre casal termina com marido ferido a golpe de tesoura

Publicado

em

Uma briga entre casal terminou com José Rodrigues de Souza, de 51 anos, ferido com um golpe de tesoura na noite desta sexta-feira (13). O crime aconteceu na rua Campo Novo, no bairro Airton Sena, na Baixada da Sobral, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, José e sua esposa estava em casa, quando começaram a discutir, e a mulher tomou posse de uma tesoura e partiu pra cima do companheiro na tentativa de feri-lo na altura do peito, mas José conseguiu se desviar e foi furado na coxa direita. Após a ação, a mulher saiu de casa tomando rumo ignorado.

Vizinhos ao perceberem que José estava ferido acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Sam) que prestou os primeiros atendimentos e conduziu a vítima a Unidade de Pronto Atendimento (UPA Sobral) em estado de saúde estável. Segundo os paramédicos do Samu, a perfuração pode ter atingido a femoral.

A Polícia Militar esteve no local e após colher as características da mulher saíram em busca de prendê-la, mas ela não foi encontrada.bO caso será investigado pela Polícia Civil.

Continuar lendo

Destaque 5

Primeiro viaduto da Capital irá ligar Avenida Ceará com a Via Verde

Publicado

em

O que era apenas um sonho do morador de Rio Branco, agora já está mais perto de se tornar uma realidade. O primeiro viaduto de grande porte do estado será construído na capita acreana, mais precisamente na Avenida Ceará. A construção, conforme divulgação da maquete eletrônica da obra, irá ligar a Avenida Ceará, nas proximidades da AABB, com a Via Verde.

O deputado federal Alan Rick (DEM) é quem garantiu os recursos de R$ 20 milhões para o início do projeto, que deve começar a sair do papel em 2020. O parlamentar garante que continuará ajudando com suas emendas até 2023.

No total, o custo da obra será de R$ 80 milhões. Rick esteve com o superintendente da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Paulo Correia, para tratar da parceria com o estado do Acre na alocação dos recursos dos parlamentares pra o desenvolvimento regional.

“É um dos maiores marcos de infraestrutura urbana e mobilidade na capital. São R$ 20 milhões para construção de uma nova interligação da Avenida Ceará com a Via Verde” explicou o deputado.

A escolha do local que receberá o viaduto se deu tamanho o engarrafamento que atinge a região, principalmente em horário de pico. “A Sudam já me ajudou com mais de R$ 30 milhões em investimentos no Acre, ela tem sido parceria de nosso mandato”, disse Alan Rick.

Correia agradeceu a visita do deputado e destacou o sonho dos acreanos. “Realmente é um sonho para os acreanos ter um viaduto na capital. Graças ao seu trabalho conseguiu esse recurso, e junto com o governo vai tornar esse sonho uma realidade”, pontuou o superintendente da Sudam.

O primeiro viaduto de grande porte de Rio Branco promete desafogar o trânsito na região da Avenida Ceará e transformar a mobilidade urbana da capital acreana. Segundo o parlamentar, o governo Gladson Cameli também é parceiro da obra.

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas