Conecte-se agora

David Hall sugere a construção de uma universidade estadual e rodovia ligando Cruzeiro do Sul a cidade no Peru

Publicado

em

O candidato do Avante ao governo do Estado do Acre, professor David Hall, foi o entrevistado no terceiro dia da sabatina promovida pelo ac24horas, nesta quarta-feira, 22.

Hall foi perguntado sobre temas como educação, economia, saúde, segurança, infraestrutura e agricultura.

Ao falar sobre segurança, o candidato do Avante falou em criar um cinturão de segurança na região de fronteira.

“É fato que houve uma crescente na criminalidade nos últimos anos. Nós temos um projeto que é fazer um cinturão de segurança em Brasiléia e na capital.”

David Hall também acrescentou a necessidade de investimentos em tecnologia e modernização da segurança pública.
Ele falou ainda em parcerias entre os setores
de assistência social e segurança ao dizer que violência não é questão apenas de polícia.

Saúde

No setor de Saúde, Hall quer uma atenção especial para a política de segurança alimentar e nutricional. Para ele, saúde não se executa apenas com obras e construção de hospitais.

“O problema da saúde não se resume a construção de prédios ou a redução de filas. Propomos a contratação de novos profissionais na área de saúde e a humanização da Saúde Pública com a contratação de psicólogos e assistentes sociais para trabalharem na triagem. Não adianta ter o prédio e não ter pessoas para trabalhar.”

Educação

Ao falar sobre o tema Educação, o candidato que é professor falou em
investimentos em tecnologia. Para ele, o formato de ensino do século 21 é ultrapassado.

“Existem muitos gargalos que nós teremos que enfrentar. A educação do nosso Estado não é de qualidade. Falta
gestão.”

O candidato do Avante também sugere a construção de uma universidade estadual.

Economia

David Hall falou em criar Zonas de Processamento de Exportação em Cruzeiro do Sul e Brasileia.

Ele acha que a única ZPE existente no Acre há oito anos nunca entrou em funcionamento porque há interferência política.

Hall defende a contratação de empréstimos pelo Estado para o fomento da economia. “Os empréstimos serão para fomentar a economia, o que é estritamente necessário”, aponta.

Infraestrutura

O candidato do Avante propõe a construção de uma rodovia internacional ligando Cruzeiro do Sul, no Juruá, a Pucallpa, região de Ucayali, no Peru, especialmente para importação e exportação.

“É um dos projetos mais ousados que a gente tem. A gente vai poder exportar para fora do nosso país. É um projeto ousado, mas acredito que temos que pressionar pelos recursos. Tudo será planejado. Vamos desenvolver sim, mas observando a questão sustentável”, afirmou.

Temas diversos

Ao ser perguntado sobre o que acha de seus adversários Gladson Cameli (Progressistas) e Marcus Viana (PT), os principais candidatos a governador do Acre, David Hall não quis emitir juizo de valor. Ele afirmou, entretanto que disputar a eleição com grandes estruturas é uma “lógica perversa”.

“Sou um candidato com luz própria. Eu não vou fazer nenhum juízo de valor aos outros candidatos.”

Sobre meios de divulgação de sua campanha, Hall afirmou que vai usar como principal canal as redes sociais.

Ao avaliar os governos da Frente Popular, o professor disse que as administrações petistas
possuem alguns pontos que merecem ser mantidos, mas que o grupo político que comanda o Estado “perdeu a capacidade da autocrítica”.

David Hall também sugere em plano de governo a redução do primeiro escalão, do número de cargos em comissão e dos os super-salários.

video

Propaganda

Destaque 3

Apenas quatro prefeituras estão aptas em simulação para obtenção de operação de crédito

Publicado

em

O levantamento do ac24horas mostra que apenas quatro prefeituras do Acre tem até agora nota A do Tesouro Nacional (Marechal Thaumaturgo, Rio Branco, Porto Acre e Xapuri) na Prévia Fiscal, a plataforma que apresenta uma simulação da situação fiscal de Estados e municípios a respeito de sua elegibilidade para obtenção de operação de crédito.

A maioria tem nota C e já ultrapassou o limite de gastos com pessoal. Somente Epitaciolândia (45,80%), Cruzeiro do Sul (49,07%), Acrelândia (46,21%), Sena Madureira (46,40%) e Rio Branco (46,84%) estão dentro do limite prudencial de 50% da receita corrente líquida de gasto com pessoal.

O Tesouro Nacional explica que análise não abrange todos os limites legais, visto que utiliza apenas os dados disponibilizados no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro e no Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias, o CAUC. Portanto, não vincula a posição do Tesouro Nacional. Assim, os limites divulgados são preliminares, e serão apurados de forma precisa por ocasião da verificação do cumprimento de limites e condições de que trata o artigo 32 da Lei Complementar nº 101, de 2000 (LRF).

A compilação dos dados do Tesouro confirma um estudo oficial. Divulgado no fim de outubro pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, o Índice Firjan de Gestão Fiscal Mais da metade dos municípios do Acre estão em situação fiscal crítica. Os principais indicadores avaliados pela Firjan são autonomia, gasto com pessoal, investimentos e liquidez.

A reportagem procurou a Associação dos Municípios do Acre (AMAC) mas não obteve resposta até a conclusão do texto. Já o secretário de Finanças, Edson Rigaud, da Prefeitura de Rio Branco manifestou-se sobre o tema, lembrando que a capital do Acre é um município pobre. “Apesar de não termos o montante de recurso que gostaríamos, o pouco que temos é administrado com muito cuidado, com muito zelo, com muita responsabilidade pela Prefeita Socorro Neri. Temos esse conceito triplo A junto a Secretaria do Tesouro Nacional e também o conceito de excelência em gestão fiscal pelo trabalho realizado pela Firjan, reflexo da postura responsável com que os gestores de nossa cidade conduzem nossas finanças”, disse Rigaud.

Rio Branco se empenha em uma política de busca por superávit dos resultados primários, o que significa que há esforço para se gastar menos do que arrecada. “A maioria dos Estados e municípios está fazendo cortes, demitindo, atrasando salários, nós estamos fazendo investimentos e nos organizando para ampliá-los bastante no próximo ano, se Deus quiser”, concluiu o secretário.

Continuar lendo

Cotidiano

Começa hoje (18) a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo

Publicado

em

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa nesta segunda-feira, 18, em todo o país. As pessoas, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, são o alvo desta etapa.

De acordo com o último boletim epidemiológico sobre sarampo do Ministério da Saúde, esta faixa etária é a que mais acumula número de casos da doença.

Um dos motivos é que esse público, segundo o Ministério da Saúde, não tomou a vacina em nenhuma fase da vida e, se tomou, não voltou para aplicar a 2ª dose, necessária para a proteção.

A ação será realizada em conjunto pelas três níveis de governo: federal, estadual e municipal.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.