Conecte-se agora

Debaixo de chuva, candidatos ao governo e Senado saem em procissão do Novenário à Nossa Senhora da Glória

Publicado

em

O Novenário de Nossa Senhora da Glória atraiu milhares de pessoas todas as noites na Catedral de Cruzeiro do Sul. Mas o ápice da celebração centenária, a procissão que percorre as ruas da cidade, aconteceu debaixo de muita chuva, na noite desta quarta, 15. Mesmo assim cerca de 15 mil fiéis mostraram a sua devoção e participaram da caminhada. Alguns com capas, outros com guarda-chuvas e sombrinhas e muitos sem nenhuma proteção se molhando nas águas dos céus.

Antecedendo a procissão a missa na Catedral estava lotada. Celebrada pelo Bispo Dom Mosé Pontelo, o evento trouxe muita emoção aos presentes com cantos devocionais e o coroamento da imagem de Nossa Senhora da Glória. Dom Mosé incentivou os participantes a refletirem sobre o significado da Mãe Divina. “Essa é uma festa que transforma a morte em vida porque o Senhor da nossa existência é Jesus Cristo. A nossa referência é a sua Mãe Maria que protege e abençoa os seus fiéis. Muitas coisas acontecem contra a vida, mas Maria é quem nos protege sempre com o seu amor divino,” pregou o Bispo.

Durante toda a procissão os celebrantes exortavam os peregrinos a entenderem a chuva como bênçãos enviadas para limparem os sofrimentos pessoais e as mazelas que a nossa sociedade enfrenta. O tempo todo falavam em purificação e libertação pela presença das “águas divinas”. O Novenário que, em 2018, completou cem anos teve na procissão uma presença menor de fiéis devido a chuva que caiu o tempo todo e, só diminuiu quando os peregrinos chegavam na Catedral. Ao final da caminhada a festa foi coroada com a queima de fogos de artifício e o show gospel do Padre Devair Cuevas.

Um olho na vela e outro no voto

Tradicionalmente os Novenários que acontecem em anos eleitorais recebem grande afluência de candidatos. O governador Sebastião Viana (PT) participou da missa e da procissão no seu último ano de mandato. Também o senador e pré-candidato ao Governo Gladson Cameli (Progressistas) esteve na celebração. Gladson se disse emocionado com a lembrança do seu tio, o falecido ex-governador Orleir Cameli, que sempre participava da procissão à Nossa Senhora da Glória.

“Desde criança que participo dessa celebração. Essa data exalta a fé das pessoas e eu como filho de Cruzeiro do Sul sempre me emociono. É uma festa que une as famílias acreanas com o propósito de uma caminhada da esperança e da renovação. Essa devoção à Nossa Senhora também me traz à lembrança uma mensagem de que a população não perca as esperanças, mesmo com toda a violência que vivemos. Através das nossas orações vamos pedir que Deus ilumine a mente das pessoas que causam essa violência. E vamos trabalhar unidos, muito além dos partidos, para acabar com essa situação,” afirmou Cameli.

Quem também participa do Novenário mesmo antes de entrar na política é o senador Jorge Viana (PT). Presente na missa e na procissão, Jorge também fez um apelo à paz e à união das pessoas.

“Sempre que posso estou aqui. É o maior evento cristão do Acre. Nesse momento estamos precisando muito de fé, esperança e pedir por dias melhores. Aprendi com a minha mãe a ser devoto de Nossa Senhora. Que Ela com a sua bondade possa nos acolher a todos e fazer o nosso país se encontrar com um ambiente de harmonia. E todos possam se ver como irmãos. O Brasil precisa vencer esses tempos de dificuldades. Ninguém aguenta mais crises e essas brigas. Nós merecemos paz e temos que fazer por onde. Eu procuro dar a minha contribuição através da política e de muito trabalho,” afirmou.

O senador Sérgio Petecão que também esteve na procissão se vestiu com sacos de lixo para proteger-se da chuva. Mas fez todo o trajeto acompanhado da sua pré-candidata a primeira suplente, Maria das Vitórias e da viúva de Orleir Cameli, dona Beatriz Cameli.

“Uma procissão muito bonita. Apesar da chuva o povo do Juruá mostrou toda a sua fé e devoção. Essa é uma festa abençoada que já faz parte do nosso calendário religioso. Fiz questão de participar dos meus amigos e do meu Juruá. Aproveitei a oportunidade para pedir à Nossa Senhora da Glória que abençoe o nosso Estado nesse momento de muita violência. Fiquei muito emocionado em reencontrar muitos amigos e amigas em Cruzeiro do Sul exatamente nesse momento de fé e devoção,” salientou o senador.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Propaganda

Destaque 7

Juíza ordena que Iapen libere entrada de salgados e refrigerante em visitas íntimas

Publicado

em

Numa decisão a pedido do Ministério Público Estadual, a juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campos, exige que o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) autorize a entrada de salgados e refrigerante durante visitas íntimas. A nova ordem contraria parte do artigo 10 da portaria 513/2019 do Iapen, que proibia a entrada de alimentos durante as visitas íntimas.

O argumento utilizado pela juíza dá conta de que falta variedades na alimentação nos presídios do estado, por isso tal decisão. A portaria permite que o visitante possa entrar com até três salgados e um refrigerante de até dois litros nos dias de visita. “… a alimentação fornecida pela unidade penitenciária não tem variedade”, alega.

Ao ac24horas, o diretor-presidente do Iapen, Lucas Gomes, disse que, a princípio, por se tratar de uma decisão, o órgão irá acatar a portaria, no entanto “o Iapen vai entrar com pedido de recurso e reconsideração na decisão da juíza e, caso ela negue, o órgão seguirá com o pedido aos órgãos superiores”.

De acordo com o documento, “o Iapen não observa as regras do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária”. O Iapen tem prazo de 10 dias para cumprir a ordem judicial.

Continuar lendo

Destaque 7

Microempreendedores do Acre estão com seus impostos em dia

Publicado

em

O Acre lidera o ranking dos Estados com o maior número de Microempreendedores Individuais (MEI), que estão em dia com o pagamento do Documento de Arrecadação Mensal do Simples Nacional (DAS), segundo levantamento do Sebrae de Minas Gerais. Em abril, a média acreana de adimplência foi de 60,10%; em seguida vem Santa Catarina, com 59,96%, e Minas Gerais (58,44%). O índice nacional ficou em 53,01%, em média. São cerca de 20 mil classificados como MEI.

Os optantes por esta categoria do regime tributário simplificado ficam isentos dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL), pagando apenas o valor fixo mensal de R$ 50,90 para ocupações de comércio ou indústria e transporte intermunicipal ou interestadual, R$ 54,90 para MEI que presta serviços em geral e R$ 55,90 para ocupações mistas, ou seja, que exerçam tanto atividades de comércio ou indústria quanto serviços. Essas quantias serão atualizadas anualmente, de acordo com o salário mínimo.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.