Conecte-se agora

Após barrar juiz em presídio, general do Exército recebe a mais alta condecoração do governo do Acre

Publicado

em

O general José Eduardo Leal de Oliveira, comandante da 17º Brigada de Infantaria de Selva, sediada em Porto Velho, unidade do Exército à qual o Comando de Fronteira Acre é subordinado, está entre os homenageados pelo governador Sebastião Viana (PT) com a entrega da Ordem da Estrela do Acre medalha da Ordem do Mérito Plácido de Castro.

Próximo ao general, Sebastião costuma mencioná-lo com frequência em entrevistas e postagens em suas redes sociais como parceiro na disposição de tropas do Exército no combate dos crimes na região de fronteira do Acre com a Bolívia e o Peru. Essa proximidade com os dois países é apontada como uma das principais causas para o aumento da violência.

O governador constantemente faz críticas ao governo federal por não fazer sua parte na proteção dos limites fronteiriços, mas enaltece o esforço dos militares em realizar operações esporádicas no enfrentamento à criminalidade.

Outro fato relevante envolvendo o general no Acre foi seu atrito com membros do Poder Judiciário do Estado. Em julho do ano passado, ele impediu que o juiz da Vara de Execução Penal de Cruzeiro do Sul, Hugo Torquato, acompanhasse uma inspeção do Exército no presídio da cidade.

No fim de julho, a Procuradoria Militar determinou o arquivamento da representação feita contra o general. A procuradoria reconheceu a “legalidade do ato atribuído à autoridade militar” e disse não ter encontrado “indícios de comportamento criminoso” por parte do comandante da brigada.

O comandante da Polícia Militar, coronel Marcos Kimpara, e do Corpo de Bombeiros, Carlos Batista da Costa, também recebem a condecoração. No começo de julho, quando da entrega do pedido de intervenção federal na segurança pública feito por parte da bancada ao presidente Michel Temer (MDB), cada um redigiu nota de repúdio afirmando que o gesto representava a desvalorização dos trabalhos feitos pelas corporações estaduais.

Os secretários Vanderlei Thomas (Segurança Pública) e Carlos Flávio Portela (Polícia Civil) também recebem a honraria; eles também redigiram suas próprias notas condenando o pedido de intervenção feito pela oposição.

Propaganda

Destaque 6

Gladson garante que prazo para conclusão da ponte sobre o rio Madeira será cumprido

Publicado

em

A passagem do governador Gladson Cameli pela feira agropecuária Rondônia Rural Show, em Ji-Paraná (380 kms ao Sul de Porto Velho) ainda repercute no Estado vizinho. A mensagem de Gladson aos rondonienses baseou-se na integração econômica e social entre os dois Estados. De acordo como Rondônia Ao Vivo, o governador acreano garantiu que dentro do prazo estabelecido a ponte sobre o Rio Madeira, no distrito de Abunã, será concluída estabelecendo a ligação pela BR-364 dos dois Estados com o Oceano Pacífico, uma vez que já existem recursos disponibilizados para a conclusão da obra. Lembrou que trechos da BR-364 devem ser duplicados ampliando os negócios e o desenvolvimento na região.

Ainda segundo o portal rondoniense, Gladson afirmou que parceria com o governador de Rondônia, Marcos Rocha, vem mantendo contato permanente com o governo federal em Brasília para que recursos sejam liberados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) para que as obras na ponte sobre o Rio Madeira não sofram solução de continuidade. Frisou que a região da Ponta do Abunã, assim como o Estado do Acre, naturalmente estão se tornando numa grande fronteira agrícola. Ao final, Gladson assegurou que a Expoacre deste ano será tão empolgante quanto a Rondônia Rural Show.

Continuar lendo

Destaque 6

Dengue: Saúde de SC trata de pacientes infectados no Acre

Publicado

em

O sistema de saúde pública do Estado de Santa Catarina tem tratado de casos de dengue adquirida no Acre. Não foi o divulgado o número de registros não autóctones (casos que não foram contraídos no próprio Estado). No entanto, o número de casos de dengue em Santa Catarina chegou a 710 em 2019, conforme boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica divulgado na tarde desta quinta-feira (23).

Nos últimos anos, vários cidadãos do Acre tem se mudado para Santa Catarina. Além do Acre, os pacientes foram infectados nos Estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Pará, Pernambuco, Tocantins, Rio de Janeiro, Alagoas, Goiás, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Bahia e Mato Grosso.

A dengue, além da febre de chikungunya e do vírus da zika, é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Os dados são referentes ao período entre 30 de dezembro a 18 de maio.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.