Conecte-se agora

A Amazônia é a Colômbia dos anos 80, diz Sebastião Viana nas redes sociais

Publicado

em

Em sua retórica de culpar o governo Michel Temer (MDB) pela crise de violência no Acre, o governador Sebastião Viana (PT) afirmou, por meio de uma postagem no Twitter, que a situação vivida pela Amazônia hoje se assemelha à da Colômbia na década de 1980, quando o país vizinho era refém do terrorismo praticado pelos carteis do tráfico de droga.

Este período vivido pelos colombianos teve como um de seus principais símbolos o narcotraficante Pablo Escobar, “eternizado” eternizado por seriados e livros.

“Tudo o que posso tenho feito para dizer que a Amazônia já é a Colômbia dos anos 80, vítima da perversa invasão de traficantes e da omissão federal nas fronteiras”, escreveu Sebastião.

Ao contrário do que escreve o petista, o problema do tráfico na Colômbia não se deu pela invasão de traficantes; seus grandes operadores eram colombianos nativos. Além disso, o tráfico não é “produto” de importação, mas de exportação da Colômbia. O alto lucro do comércio de drogas a partir de seu território se expandiu para os países vizinhos, como o Peru.

Outro problema agravado foi o uso do tráfico de drogas pelos guerrilheiros de esquerda, em especial das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), como principal fonte de financiamento, aumentando as áreas de cultivo das folhas de coca na área de selva, e a violência no campo e nas cidades.

Propaganda

Destaque 2

Na capital, Governo dá continuidade em obras de revitalização de pontos turísticos

Publicado

em

Fotos: Sérgio Vale

As obras de recuperação de um dos maiores patrimônios históricos do Estado continuam ocorrendo. Na manhã de ontem, 23, a fonte luminosa, que enfeita o entorno do Palácio Rio Branco, no centro da capital, já apresentava uma nova pintura. A ideia , segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura e de Desenvolvimento Urbano (Seinfra), é manter a funcionalidade do ponto turístico.

Além do Palácio, a Seinfra também deu início no início deste mês de maio às obras de recuperação e revitalização do Estádio Arena da Floresta. Lá, a proposta é garantir mais conforto e tranquilidade ao público.

Segundo o secretário, Thiago Caetano, a revitalização que ocorre no Palácio não é a geral, mas boa parte do ambiente está sendo cuidado. “É uma forma de trazer o funcionamento novamente sob Palácio. O governador passa a despachar de lá”.

Outro ponto positivo, de acordo com Caetano, é a revitalização de um dos pontos históricos e turístico de Rio Branco. “É uma obrigação do governo oferecer manutenção e funcionalidade ao seu patrimônio. Essa revitalização faz parte do Projeto do Governador em resgatar a memória histórica do Povo Acreano, oportunizar espaços turísticos de Lazer e dar maior utilidade aos patrimônios do estado”, afirma o secretário.

Além da fonte, o obelisco, que também fica na parte externa, passa por reforma.

Continuar lendo

Destaque 2

Imagens mostram Emurb colocando asfalto onde não tem buraco

Publicado

em

Bem verdade que as condições de algumas ruas de Rio Branco começam a melhorar desde o início da Operação Verão, desencadeada pela prefeitura com o objetivo de recuperar as vias da capital acreana. Bem verdade também que o que foi feito agora está longe de ser suficiente para acabar com os buracos da cidade e acabar com o martírio dos motoristas que precisam de muita atenção, principalmente no período noturno.

Por isso, o espanto de internautas que flagraram equipes da Emurb colocando asfalto em um trecho da Avenida Ceará em frente ao José de Melo, onde aparentemente não há buracos “Eu não consigo entender. Com tantas ruas esburacadas em quase todos os bairros da nossa cidade, a prefeitura tá concentrando esforços onde não tem buraco. Na rua Manaus, onde moro no bairro Parque das Palmeiras, todas as ruas tem buracos”, disse um internauta que encaminhou as fotos ao ac24horas.

Em nota, a prefeitura de Rio Branco explicou se tratar de uma determinação da prefeita Socorro Néri para a recuperação preventiva das vias onde há grande circulação de veículos. Segundo a Emurb, ao longo dos anos, as muitas operações tapa-buracos criaram desníveis na capa asfáltica da cidade. Nesses mesmos pontos de tráfego intenso, a orientação é que uma fina camada de asfalto seja aplicada para melhorar e deixar mais uniformes as pistas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.