Conecte-se agora

Sob relatoria de JV, Senado proíbe cobrança para marcar assento em voos

Publicado

em

O Senado aprovou nesta quarta-feira (08) projeto de lei que proíbe a cobrança por marcação antecipada de assentos em voos comerciais, uma prática recentemente adotada pelas companhias aéreas brasileiras. O senador Jorge Viana foi relator da proposta no plenário e apresentou parecer favorável à iniciativa do senador Reguffe, autor do projeto.

“Essas matérias vinculadas a essa questão do transporte aéreo no Brasil estão na pauta do meu mandato desde o primeiro ano que cheguei aqui, lutando por mais voos e preços acessíveis para os consumidores da região norte, especialmente do Acre”, declarou o parlamentar criticando a postura da Agência Nacional de Aviação Civil, ANAC.

O parlamentar ressaltou o número de usuários que deixaram de utilizar o serviço de transporte aéreo no Brasil nos últimos anos: quase 30 milhões. Para ele, a criação de novas taxas, como a de despacho de bagagem e agora, de marcação de assento, prejudicam ainda mais os consumidores brasileiros.

“Se estou pagando uma passagem aérea, o que eu estou comprando? No mínimo o direito de um assento no avião. Essa cobrança é absolutamente inconstitucional”, afirmou em plenário.

O projeto agora segue para análise na Câmara dos Deputados. Jorge Viana anunciou que também apresentará um projeto para regulamentar as taxas de cancelamento e alteração de voos. “São taxas extremamente altas. Quando você usa milha para tirar um bilhete aéreo e vai pedir de volta por não usar, eles cobram um preço absurdo. Em um país continental como o nosso, esse é um direito que precisa ser preservado, para todos”, argumentou.

Propaganda

Destaque 2

Delegado mantém mistério sobre linha de investigação de estudante que continua desaparecida

Publicado

em

O Delegado da Delegacia de Homicídios, Rêmulo Diniz, informou nesta segunda-feira, 13, que as diligências que possam levar ao paradeiro da estudante Amanda Gomes, desaparecida desde a noite de domingo do último dia 5, continuam.Questionado sobre o andamento das investigações, ele informou que já tem uma linha traçada a seguir, mas não poderá dar maiores detalhes para não atrapalhar os rumos do processo.

“Por enquanto não poderemos divulgar maiores informações sobre o que já temos para não atrapalhar no andar das investigações. Quanto às buscas, nós fizemos diligências durante a semana em três pontos onde foram realizadas denúncias e nesta semana seguiremos procurando. Pedimos até o apoio da população para que nos ajude caso tenha informações relevantes que possam levar ao seu paradeiro viva ou morta”, disse o delegado.

Entenda o caso

Amanda Gomes, de 13 anos, desapareceu na noite de domingo (05) quando do saiu de casa na companhia dos amigos Isabelle Lima, 14 anos, e Vitor Hugo, de 18 anos, todos moradores do bairro Taquari, dizendo que iriam para a Expoacre. Na terça-feira (7), após denúncia anônima o corpo de Vitor Hugo foi encontrado, no Taquari com as mãos e os pés amarrados, morto a golpes de arma branca, jogado dentro de um poço. Já na quarta-feira (08), Isabelle Lima também foi encontrada morta por arma branca, jogada no meio de um matagal também no mesmo bairro.

Buscas foram realizadas pelas forças de segurança ainda na região por Amanda, mas a jovem não foi localizada. A família, observando a falta de comprometimento da polícia também passou a fazer buscas por conta, mas até a manhã desta segunda-feira (13), nenhuma novidade veio à tona.

Continuar lendo

Destaque 2

O Festival do Açaí de Feijó e a dança “proibida” para menores; assista o vídeo

Publicado

em

Durante três dias, Feijó realizou seu mais famoso evento, o Festival do Açaí. Durante a festa foi escolhida a Garota Açaí e várias bandas e cantores se apresentaram.

Uma imagem que circula nas redes sociais e no WhatsApp, entretanto, mostra um pouco da animação no palco. Enquanto o forró toca e o cantor anima as pessoas presentes, no palco um casal se apresenta ao público com uma dança pouco convencional, “proibida” para menores de 18 anos. Assista:

Continuar lendo

Destaque 2

Quinze presidiários fazem buraco na parede e fogem de presídio improvisado em Feijó

Publicado

em

A fuga de 15 presidiários foi registrada pelas autoridades de segurança neste domingo. Eles fizeram um buraco na parede do presídio que funciona de forma improvisada e fugiram da unidade prisional por volta de 01h30m. Dois foram capturados pela polícia e 13 permanecem foragidos. Há informação que seis dos 13 presos que não foram capturamos são de alta periculosidade.

Segundo informações de servidores do sistema prisional que não quiseram se identificar, o presídio há muito tempo vem sendo alvo de denúncias e criticado pela população, já que fica no centro da cidade e ocupou parte do quartel da Polícia Militar. O local não oferece segurança e estrutura adequada para funcionar como presídio.

Os servidores destacam que em caso de fuga, se o presidiário conseguir sair da cela, já sai do prédio que não tem nenhuma proteção ou vigilância. O único obstáculo que separa os presos da rua é um muro. O fato de o presídio funcionar junto com o quartel da PM estaria atrapalhando os trabalhos dos policiais e causando constrangimento aos militares.

Além de prender os criminosos, os policiais militares estariam sendo obrigados a conviver com a presença dos infratores. Recentemente, um caso de expulsão de um PM foi registrado por suposto envolvimento com presos que integram facções criminosas que protagonizam uma guerra pelo controle dos pontos de vendas de drogas nos 22 municípios acreanos.

Segue abaixo a relação dos que se encontram foragidos:

Jonas de Oliveira Ferreira – “Jonas do Pascoal”

Alexandre Tavares Leone

Antonio Araújo Firmino

José Francisco Lima da Silva

Elieuson Melo de Sousa

Junior Pereira da Silva

Rangel Ranny Ferreira de Souza

Salomão Santos de Albuquerque

Juan Lima Cordeiro

Ailton Aguiar do Nascimento

André Moura da Silva

Fábio Sousa e Sousa

Castro Sousa e Sousa

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.