Conecte-se agora

Há um ano no Acre, Sicredi tem 1,2 mil associados e libera R$ 18 milhões em crédito

Publicado

em

A cooperativa Sicredi Noroeste MT e Acre comemora os resultados alcançados no primeiro ano de atuação em solo acreano. O ano de 2017 foi marcado pela expansão da cooperativa para o Estado do Acre, com o desafio de levar o cooperativismo de crédito a um número maior de pessoas, agregar renda e melhorar a qualidade de vida dos novos associados, o que consequentemente movimenta a economia e promove o desenvolvimento local. Em maio fez um ano da inauguração da agência de Acrelândia e este mês completa um ano da abertura da agência de Rio Branco.

De acordo com o presidente da Cooperativa, Eduardo Ferreira, a boa recepção no Acre facilitou para o progresso das atividades. “Quando fizemos nossa primeira visita ao Estado do Acre pudemos ver a grande oportunidade que tínhamos conquistado, mas o que nos surpreendeu foi a maneira como o povo acreano nos recebeu em todas as cidades que visitamos.”

Os números alcançados surpreendem. O diretor-executivo da cooperativa, Ediano José Neves, comenta que as metas traçadas para o primeiro ano de atuação foram alcançadas antes do previsto. Já são 1,2 mil associados no Estado, com uma movimentação de R$ 18 milhões em crédito para o fomento de negócios que geram desenvolvimento, emprego e renda.

“É mais dinheiro em circulação na economia dessas cidades. Estamos contribuindo tanto do ponto de vista econômico quanto social, e nosso desafio é reforçar, com o passar do tempo, o nosso compromisso de fomentar o desenvolvimento local”, afirma ele.

O público atendido pelo Sicredi no Acre não diferencia tanto em relação aos associados que a cooperativa possui em Mato Grosso. Segundo Neves são pessoas físicas urbanas, servidores públicos, pequenos, médios e grandes produtores rurais e empresas de diferentes portes.

O interessante, destaca ele, é que as pessoas que se associam à cooperativa trazem outras para participar, o que gera boas expectativas quanto ao crescimento na base de associados e nas movimentações financeiras realizadas pela cooperativa, o que reflete diretamente na captação e na oferta de crédito aos associados, ou seja, nos ativos administrados por ela.

Os bons resultados registrados até agora sustentam os planos de expansão traçados pela cooperativa em território acreano. No próximo ano está programada a inauguração da segunda agência em Rio Branco, e nos próximos cinco anos quatro novas agências serão abertas no Estado, em quatro municípios diferentes.

“Estamos monitorando 10 municípios e já temos demanda de três deles. Vale lembrar que o Sicredi vai para os municípios que desejam a presença da instituição financeira cooperativa. A vontade da comunidade é primordial na decisão de abrirmos uma agência”, comenta Uelligton Júlio da Silva, gerente regional de Desenvolvimento da Cooperativa Sicredi Noroeste MT e Acre.

Ele ressalta que, além do portfólio de produtos e serviços financeiros oferecidos pelo Sicredi, que compete em igualdade com os bancos tradicionais, a instituição financeira cooperativa oferece diferenciais como o relacionamento simples, próximo e ativo junto aos seus associados.

Outra vantagem é a distribuição das sobras, ou seja, receber de volta parte do lucro obtido pela cooperativa ao fim do exercício, cujo valor é proporcional às movimentações financeiras feitas na cooperativa.

“Além de oferecer produtos e serviços, orientamos nossos associados a tomar a melhor decisão na hora de contratar um crédito ou investir. Primamos pela educação financeira e consumo consciente, em uma estratégia em que todos ganham. Porque se nosso associado ganha, nossa cooperativa se fortalece”.

Uma das pessoas que acredita no propósito do Sicredi é o empresário Antônio Anastácio de Jesus, que tem um escritório de consultoria rural. Ele foi um dos primeiros associados da cooperativa em Acrelândia e seu empenho foi fundamental na prospecção de novos associados.

Seu envolvimento com a cooperativa e a demonstração de que acredita nos ideais do cooperativismo de crédito o levaram a ser eleito coordenador de núcleo da cooperativa no Acre.

“A cooperativa Sicredi veio para o Acre, em Acrelândia e Rio Branco, para trazer o progresso, para melhorar nossas cidades. Ela abriu as portas para o pequeno e grande agricultor e para o pequeno e grande comerciante, além do servidor público, que agora tem a opção de fazer suas movimentações financeiras em uma cooperativa de crédito”, pontua, ao complementar que tem orgulho de participar do trabalho que o Sicredi faz no Estado.

“Agora, completando um ano da implantação do Sicredi no Acre, temos que parabenizar e agradecer a todos os que acreditaram e se envolveram no desenvolvimento deste projeto de expansão da nossa cooperativa para este rico Estado, tanto aos associados quanto aos colaboradores”, ressalta o presidente da cooperativa, Eduardo Ferreira.

Propaganda

Acre

Bombeiros resgatam corpo de homem que se afogou no Riozinho do Rôla, na capital

Publicado

em

O corpo de um senhor identificado apenas como “Lucimar” foi resgatado por uma equipe dos Bombeiros na tarde deste domingo (15), dentro do Riozinho do Rôla, na Estrada do Amapá, após ter sido visto sendo levado pela correnteza por testemunhas.

A informação era de que ele teria ingerido bebidas alcoólicas e estava subindo e descendo o rio quando ao entrar no remanso, não conseguiu controlar o próprio corpo e acabou sendo levado pela correnteza.

Ele foi encontrado 18 minutos depois por populares que o puxaram para a margem e aguardaram a chegada da guarnição de salvamento do segundo Batalhão dos Bombeiros para o resgate. O corpo foi deixado no Instituto Médico Legal (IML).

Continuar lendo

Acre

França domina Croácia, consagra nova geração e é bicampeã mundial da Copa

Publicado

em

Por

Assim como em 1998, a França venceu a Copa do Mundo com a força na bola parada como protagonista. Neste domingo (15), com novamente precisão cirúrgica nesse tipo de lance e um segundo tempo de autoridade, os franceses bateram a Croácia por 4 a 2, no Luzhniki Stadium, em Moscou, para se juntar ao seleto clube das seleções com dois ou mais títulos mundiais.

Mandzukic (contra) e Griezmann, na etapa inicial, fizeram para a França, que ainda contou com gols de Pogba e da sensação Mbappé em uma final cheia de bolas na rede. Perisic e o mesmo Mandzukic, agora a favor, anotaram para os vice-campeões.

Diante de 78 mil torcedores, a França de Didier Deschamps, campeão como treinador e jogador, conquistou o título para referendar a quantidade enorme de bons jogadores que revelou para o mundo após uma década que começou turbulenta com Raymond Domenech e que teve a frustração de perder uma Eurocopa em casa há dois anos.

Continuar lendo

Acre

Câmara de Rio Branco entra em recesso após debates intensos e polêmicos

Publicado

em

Em um contexto de polêmica sobre o aumento da passagem de ônibus de Rio Branco e debates intensos sobre temas como a regulamentação dos aplicativos de transportes de passageiros, lei aprovada na última quinta-feira, a Câmara de Rio Branco entrou no chamado recesso do meio do ano.

A atual legislatura completa um ano e meio. E apesar do desgaste que enfrenta a classe política nos quatro cantos do país, os vereadores de Rio Branco conseguem arrancar elogios de parte da opinião pública e da imprensa. Isso se deve muito a atuação de uma oposição barulhenta que incomoda e a condução dos debates pela presidência da Casa.

Dos 17 vereadores, seis, pelo menos em tese, são de oposição, mas só quatro atuam na política anti-Socorro Neri: Roberto Duarte (MDB), Emerson Jarude (sem partido), Lene Petecão (PSD) e N. Lima (PSL).

No bloco dos parlamentares de situação, as defesas comumente são feitas naturalmente pelo líder da prefeita, o comunista Eduardo Farias, e o líder do PT, Rodrigo Forneck.

“Estamos tendo uma legislatura muito produtiva, são dezessete vereadores que estão atentos nas ruas atendendo a nossa população, pois esse é nosso maior compromisso, com o povo. Tivemos grande temas que foram debatidos nas audiências, dentre eles a prestação de contas da saúde, código de obras, combate a violência contra a mulher, prevenção ao suicídio, combate a discriminação racial, discussão da lei orçamentária do município, foram alguns temas que estivemos debatendo”, avalia o presidente da Câmara, Manuel Marcos (PRB).

As audiências públicas e parceria com instituições do Estado e prefeitura, principalmente, são outros dois destaques da atual legislatura, lembra Manuel Marcos.

Neste ano, seguindo a tendência da informatização, a Casa passou a disponibilizar em seu site institucional a leis aprovadas nos últimos 16 anos.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.