Conecte-se agora

Plano B do Brasil ganha força na Copa do Mundo e abre leque para Jesus e Neymar

Publicado

em

A vitória sobre o México, na última segunda-feira (2), abriu para a seleção brasileira uma perspectiva de variação tática que a Era Tite, em mais de dois anos, ainda não havia experimentado. Para enfrentar a Bélgica na próxima sexta, e para os dois jogos seguintes caso conquiste a classificação, o Brasil viu se confirmar uma alternativa de um novo sistema.

Para reagir em uma partida em que o controle era dos mexicanos nos 30 minutos iniciais, Tite colocou em prática um novo sistema. Essa mudança já havia sido mencionada de passagem por Thiago Silva na véspera do jogo, mas foi confirmada quando foi ordenada a troca do 4-1-4-1 para uma tática, em tese, mais simples: o 4-4-2.

Um dos pontos do novo sistema é dar maior proteção para a área. Assim, o time passou a ter dois jogadores posicionados, de fato, como volantes. Casemiro, que joga mais recuado, recebeu a companhia de Paulinho. Essa mudança é feita por Tite para controlar momentos de pressão dos adversários e já havia sido colocada em prática contra a Sérvia. Naquele jogo, foi Fernandinho quem entrou para jogar próximo de Casemiro.

Na mexida desta vez, no entanto, Tite trocou ainda mais posicionamentos. Philippe Coutinho saiu do meio para jogar pela ponta esquerda, e assim se formou uma linha com quatro meio-campistas: Willian pela direita, Paulinho e Casemiro como volantes e o próprio Coutinho. Com os quatro defensores e mais quatro jogadores próximos, o Brasil ainda protegeu Fagner e Filipe Luís, até então muito expostos ao mano a mano.

A afirmação dessa nova tática ainda beneficiou Neymar, que com maior liberdade de movimentação construiu os dois gols da vitória. Ele virou atacante de verdade, pelo centro, do lado de Gabriel Jesus. Como o UOL Esporte mostrou no começo da preparação para a Copa, esse já era um plano da comissão técnica como alternativa, mas nunca havia sido tão efetivo e emblemático em um jogo da era Tite como agora.

Nessa dança de peças de uma posição para outra, Gabriel Jesus também reencontrou uma forma de ser útil. Cada vez mais camisa 9, como atua com o Manchester City e com a seleção, ele voltou no segundo tempo a ser ponta esquerda, como foi no Palmeiras e na seleção olímpica. Nesta segunda etapa da alteração tática, Coutinho é que foi jogar próximo de Neymar, e Filipe Luís ganhou um marcador implacável para o ajudar naquele setor.

A comissão técnica do Brasil ainda enxerga nessa mudança a possibilidade de aproveitar o melhor de Firmino. O atacante, que cada vez mais se notabiliza como talismã do time e aspirante à titularidade, é visto como um híbrido de número 10 e número 9. Com uma dupla de jogadores mais avançados como no 4-4-2, ele procura espaços às costas dos volantes rivais e joga sempre próximo da área. Exatamente assim, foi fundamental para furar a retranca de Costa Rica e anotou o segundo gol sobre o México.

Ao deixar o Corinthians no fim de 2013, por opção do próprio clube, Tite diagnosticou que o repertório ofensivo era algo que precisava aprimorar para dar um salto na carreira. Então, no ano seguinte, ele traçou um plano de carreira que tinha dois pontos em especial: buscar aperfeiçoamento no exterior, o que fez com o Real Madrid de Carlo Ancelotti, campeão europeu, como base; acompanhar a Copa 2014 com enorme atenção e se candidatar à seleção brasileira.

Não por acaso, o treinador admite que a escolha da CBF por Dunga para a vaga de Luiz Felipe Scolari após o Mundial no Brasil foi uma decepção grande, só curada quando recebeu o convite dois anos depois. Já familiarizado ao 4-1-4-1 como sistema de jogo, focou o trabalho na seleção inicialmente em afirmar essa ideia, conquistar resultados rápidos e colocar o Brasil próximo da Copa da Rússia.

Com a vaga encaminhada em março do ano passado, deu início a um segundo estágio de seu trabalho a partir de amistosos na Austrália, em junho. Ali, começou a arquitetar Philippe Coutinho como meio-campista, um dos segredos do sucesso brasileiro nesta Copa, e a buscar alternativas como o 4-4-2, que ajudou a mudar a história da partida contra o México.

Anúncios

Acre

Acre tem 100 novos casos e 3 óbitos por Covid-19 nesta terça-feira

Publicado

em

Foto: Júnior Aguiar/Secom

Após dias de queda no registro de novos casos, o Acre voltou a confirmar alto número de pessoas contaminadas em 24 horas. Nesta terça-feira, 20, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), contou 100 novos casos de contaminação pelo coronavírus no estado. Assim, o número de infectados subiu de 29.765 para 29.865.

De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), também foram notificados mais três óbitos por Covid-19 nesta terça-feira, fazendo com que o número oficial de mortes pela doença suba para 682 em todo o estado.

As três vítimas recentes do sexo masculino são: J.G.C., de 72 anos. Morador de Rio Branco, deu entrada no dia 27 de setembro no Hospital Santa Juliana, e veio a óbito no dia 17 de outubro. O outro é O.P.S., de 79 anos. Morador de Rio Branco, deu entrada no dia 10 de setembro no Hospital Santa Juliana e veio a óbito na última segunda-feira, 19 de outubro.

Já a paciente do sexo feminino que faleceu trata-se de N.M.S., de 74 anos. Moradora de Cruzeiro do Sul, deu entrada no dia 6 de setembro no Hospital Regional do Juruá, e veio a óbito neste terça-feira, 20 de outubro.

Até o momento, o Acre registra 78.226 notificações de contaminação pela doença, sendo que 48.346 casos foram descartados, enquanto 15 amostras de RT-PCR estão em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 27.732 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 68 seguem hospitalizadas.

Continuar lendo

Acre

Acre é o 5° estado em Qualidade da Informação Contábil e Fiscal

Publicado

em

Com nota 220, o Acre ocupa o 5° lugar no Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal, uma iniciativa da Secretaria do Tesouro Nacional criada para avaliar a consistência da informação que o Tesouro recebe por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro e, consequentemente, disponibiliza para acesso público.

Pernambuco lidera com 226 pontos. Não há limite de pontuação na escala. O último do Ranking é o Estado de Roraima, com 41,5 pontos.

A intenção do Ranking é fomentar a melhoria da qualidade da informação contábil e fiscal que é utilizada tanto pelo Tesouro Nacional quanto pelos diversos usuários dessa informação.

Os dados foram divulgados recentemente e não trazem os resultados por município em respeito ao período eleitoral.

No Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal de 2020, que analisa os dados de 2019, foram introduzidas várias inovações, como a criação de novas verificações mais complexas, a inclusão da Dimensão I e a introdução do Ranking Municipal. As bases de dados foram extraídas no dia 03/06/2020 e considerou as declarações homologadas até o dia 02/06/2020.

Continuar lendo

Acre

Quase 90% da população acreana não tem coleta de esgoto

Publicado

em

A falta de tratamento dos esgotos e condições adequadas de saneamento pode contribuir para a proliferação de inúmeras doenças parasitárias e infecciosas, além da degradação do corpo da água. A disposição adequada dos esgotos é essencial para a proteção da saúde pública. Essa, infelizmente, é uma política pública distante da grande maioria dos acreanos. É o que mostra um levantamento do Painel Saneamento Brasil divulgado recentemente com referentes ao ano de 2018.

O número de pessoas sem acesso à coleta de esgoto é elevado. São 781.287 pessoas sem acesso a qualquer serviço que deveria ser básico. A quantidade representa 89,9% da população acreana. E não é só com a falta de esgoto que a população acreana é obrigada a conviver. De acordo com o mesmo levantamento, mais da metade das pessoas que moram no Acre não recebem água do Depasa. Isso significa que são mais de 460 mil não têm acesso à água. Soma-se a este número o fato de que em muitos bairros, principalmente de Rio Branco, a água que chega é com abastecimento inconstante e sem força para encher os reservatórios.

A falta de saneamento e água tratada resulta em mais doenças. O DataSus informou que em um ano, o número de internações totais por doenças de veiculação hídrica chegou a 1.257 casos. Doenças de veiculação hídrica são aquelas em que os micro-organismos e substâncias nocivas à saúde são transportados pela água e, portanto, tem relação direta com a falta de tratamento de água e esgoto. As principais são diarreia, cólera, hepatite A, giadíase, amebíase, leptospirose, lombriga e febre tifoide.

Continuar lendo

Acre

Quase 20 mil munições e arma são apreendidas com advogado pela PM

Publicado

em

O Advogado e Auditor de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado do Acre, Jaime Fontes Vasconcelos, de 37 anos, foi preso pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e munição na tarde dessa segunda-feira, 19. A prisão aconteceu no posto de fiscalização do município de Senador Guiomard, na Rodovia AC-40, interior do Acre.

De acordo com a polícia, Jaime estava trafegando com veículo modelo Pagero de cor branca quando foi abordado pelos policiais no posto de fiscalização do município vizinho à capital acreana. Após revista no carro, a polícia encontrou em posse do advogado uma pistola 9 milímetros municiada com 16 munições intactas. Durante a revista no porta-malas do veículo, foi encontrado também oito caixas contendo 14 mil munições de 9mm, 2 mil munições de calibre 380 e 1 mil de calibre não especificado.

Perguntado sobre a arma de fogo e os projéteis, Jaime relatou ser praticante de tiro esportivo e que o estande em que participa fica localizado na zona rural de Senador Guiomard. Segundo a polícia, o condutor apresentou no seu celular o documento comprobatório de porte de trânsito/guia de tráfego com validade até 11 de agosto de 2023, que cuja a finalidade do documento é controlar os produtos e objetos da presente guia autorizando a ser transportado para autorização em treinamento ou competições de tiro desportivo do local de origem para estandes de tiros.

A polícia informou ainda que o veículo foi abordado em um trajeto que não está de acordo com o documento apresentado, pois Jaime alegou se deslocar do município de Epitaciolândia (área de fronteira do Acre-Bolivia), disse que estava em uma propriedade rural de um amigo localizado na BR-317.

Foi informado ainda que as notas fiscais apresentadas para justificar os transportes dos projéteis não conferem com a quantidade e nem as especificações.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao advogado, que foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Senador Guiomard, juntamente com a arma e as munições e o seu veículo para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas