Conecte-se agora

Árbitro de vídeo ajuda, Suécia bate a Coreia do Sul e pressiona a Alemanha

Publicado

em

A Suécia contou com o auxílio do árbitro de vídeo (VAR) para estrear com vitória na Copa do Mundo da Rússia. Nesta segunda-feira, depois de a tecnologia confirmar um pênalti, devidamente convertido pelo zagueiro Granqvist, a seleção europeia derrotou a Coreia do Sul por 1 a 0, em Nizhny Novgorod, e largou na frente com o México na disputa pelas duas vagas do grupo F às oitavas de final da competição.

O resultado positivo do time europeu, consequentemente, pressiona a Alemanha. Os atuais campeões do mundo, que perderam por 1 a 0 para os latinos no último domingo, encaram a Suécia com uma necessidade ainda maior de vitória, já que os suecos agora se colocam em uma posição confortável com o resultado positivo obtido diante dos asiáticos. Uma derrota pode até eliminar Ozil, Müller e companhia do torneio.

Agora com uma possível classificação na mira, a Suécia encara a Alemanha no próximo dia 23, às 15h (de Brasília), em Sochi, com a possibilidade até de assegurar a vaga antecipada às oitavas de final, em caso de vitória. Para este quadro se confirmar, basta o surpreendente México, no mesmo dia, a partir das 12h, derrotar a Coreia do Sul em Rostov.

Quem foi bem: Jo Hyeon-Woo
Apesar de derrotado nesta estreia na Rússia, o goleiro sul-coreano teve papel de destaque. Foram pelo menos duas excelentes defesas que impediam, até então, a derrota dos asiáticos. Jo Hyeon-Woo só não conseguiu parar o pênalti convertido por Granqvist, que decidiu a partida.

Quem foi mal: Berg

Principal referência ofensiva da Suécia, Marcos Berg conseguiu se sobressair em boa parte das disputas corpo a corpo com os defensores suecos. Entretanto, como um centroavante, não poderia desperdiçar tantas chances. O lance mais emblemático que demonstra a infeliz tarde do camisa 9 ocorreu aos 20min da primeira etapa, quando, completamente livre, parou em Jo Hyeon-Woo.

O grande astro do futebol sueco pediu, mas apenas assiste ao Mundial da Rússia. Zlatan Ibrahimovic acabou preterido pela comissão técnica sueca e viu Forsberg usar a “sua” camisa 10 nesta estreia em Nizhny Novgorod. O meia-atacante do Red Bull Salzburg, no entanto, não honrou a fama deixada pelo polêmico centroavante – atuação discreta diante dos sul-coreanos neste primeiro jogo pelo grupo F.

A Suécia retornou melhor para o segundo tempo e dominava a partida, mas pecava sempre diante do goleiro Jo Syeon-Woo. Para sorte dos suecos, o árbitro de vídeo existe na Rússia. Claesson foi derrubado dentro da área por Kim Min-Woo, mas a arbitragem só confirmou a penalidade segundos depois, quando a bola estava já na área comandada por Olsen. A marcação com o auxílio do VAR foi bem aproveitada por Granqvist, que converteu a penalidade e abriu o marcador aos 20min.

Zagueiro quebra jejum sueco
O gol de estreia da Suécia na Copa do Mundo da Rússia serviu para quebrar um longo jejum da equipe vice-campeã em 1958. A cobrança convertida por Granqvist representou a primeira bola na rede a favor do time europeu desde 2006, quando Henrik Larsson deixou a sua marca no empate por 2 a 2 contra a Inglaterra, no Mundial da Alemanha. Lembrando que o país ficou fora das edições de 2010 (África do Sul) e 2014 (Brasil).

Coreia do Sul perde peça importante

Os sul-coreanos jogavam na base da velocidade e exploravam bastante o lado esquerdo com Son Heung-Min e Park Jo-Hoo. A sustentação do setor, no entanto, se perdeu com a saída de Jo-Hoo, que sentiu lesão muscular e deixou o jogo ainda no primeiro tempo. Kim Min-Woo, o substituto, cometeu o pênalti que colocou o time asiático em desvantagem, e precisou se consolado pelos companheiros depois da confirmação do VAR.

Suecos se impõem fisicamente
A Suécia se impôs fisicamente durante a partida desta segunda-feira. O jogo se concentrava na dupla de atacantes Berg e Toivonen, que ganharam constantes disputas com a defesa adversária. Berg, o camisa 9, perdeu chance incrível de abrir o placar ainda no primeiro tempo. A vantagem neste quesito fez a diferença para a equipe da Escandinava.

Velocidade coreana leva perigo
Embora a Suécia tenha controlado mais o jogo e impondo o seu ritmo, a Coreia do Sul levou perigo com o jogo de velocidade pelas pontas, local por onde os asiáticos tentaram explorar o ataque. Entretanto, dependendo muito da ligação direta, os sul-coreanos pouco ameaçaram o gol de Olsen; mesmo com Son Heung-Min, destaque na Inglaterra com Tottenham, o time finalizou apenas uma vez contra a meta sueca.

FICHA TÉCNICA
SUÉCIA 1 x 0 COREIA DO SUL
Local: Nizhny Novgorod Stadium, em Nizhny Novgorod (Rússia)
Data: 18 de junho de 2018 (segunda-feira)
Horário: 9h (de Brasília)
Árbitro: Joel Aguilar (El Salvador)
Assistentes: Juan Zumba (El Salvador) e Juan Carlos Mora Araya (Costa Rica)
Cartões Amarelos: Claesson (Suécia); Kim Shin-Wook, Hwang Hee-Chan (Coreia do Sul)

Gols:
SUÉCIA: Granqvist, aos 20min do 2º tempo

SUÉCIA: Olsen; Augustinsson, Granqvist, Jansson e Lustig; Claesson, Larsson (Svensson), Ekdal (Hiljemark) e Forsberg; Berg e Toivonen (Thelin).
Técnico: Janne Andersson.

COREIA DO SUL: Jo Hyeon-Woo; Lee Yong, Jang Hyun-Soo, Kim Young-Gwon e Park Joo-Ho (Kim Min-Woo); Lee Jae-Sung, Ki Sung-Yueng e Koo Ja-Cheol (Lee Seung-Woo); Hwang Hee-Chan, Kim Shin-Wook (Jung Woo-Young) e Son Heung-Min.
Técnico: Shin Tae-Yong.

Propaganda

Cidades

Prefeitura de Xapuri transfere gabinete para área de eventos durante Festa de São Sebastião

Publicado

em

A praça São Gabriel, no entorno da igreja de São Sebastião, na área de eventos de Xapuri, se transformou no centro comercial e administrativo da cidade durante os festejos do santo padroeiro da cidade. Além de toda a estrutura que concentra parques infantis, feiras de artesanato e restaurantes, a praça recebeu também o aparato do gabinete do prefeito e secretarias municipais.

Desde o último dia 17, o prefeito da cidade, Ubiracy Vasconcelos, e os secretários municipais despacham no local com uma programação de atividades que envolvem atendimento ao público, exposição de informações gerais sobre as ações da administração e prestação de contas, além de outras interações com a população que demonstrou ter aprovado a iniciativa da municipalidade.

O gestor municipal diz que a ideia surgiu da necessidade de a administração estar mais perto das pessoas da cidade e dos visitantes durante o período dos festejos. De acordo com ele, é preciso que os munícipes e turistas vejam que o poder público está presente, seja por meio da prefeitura ou pelos órgãos do estado, como a segurança pública e a estrutura que lhe acompanha.

“Esse momento é muito especial, toda essa movimentação de pessoas, as atividades desenvolvidas, o comércio, a programação da igreja e da prefeitura, tudo acontece aqui nesse entorno, e é aqui que nós também vamos estar, coordenando, acompanhando a organização, recebendo e conversando com as pessoas que estão aqui para abrilhantar ainda mais a nossa festa”, disse o prefeito.

Em plena atividade também está o Shopping Popular, que é o espaço dedicado aos comerciantes formais e informais que, nesta época do ano, se transformam nos tradicionais marreteiros. Há gente de todos os lugares do Acre e de outros estados da federação apostando nas vendas de todos os tipos de produtos, calçados, roupas e confecções, bijuterias e artesanatos.

Programação em andamento

Neste domingo, 19, a grande atração da programação cultural vai ser a apresentação da Banda de Música da Polícia Militar do Acre, a Furiosa, no período da tarde. Na segunda-feira, 20, dia procissão e ponto alto da festa, a banda volta a se apresentar fazendo uma alvorada musical em frente à igreja de São Sebastião. Ainda hoje, ocorre o Bingão de São Sebastião com 40 cabeças de gado.

Na programação deste dia 20, haverá a celebração de um terço às 6h30 da manhã em frente à igreja com duas missas, às 7h e às 10h. Às 14h30 haverá a apresentação do coral infanto-juvenil da paróquia com um musical sobre a vida e a morte de São Sebastião. A Missa Solene será celebrada às 16 horas. A esperada procissão será logo em seguida.

Continuar lendo

Cidades

Diplomacia brasileira incentivará Peru a comprar carne suína do Acre

Publicado

em

A diplomacia brasileira no Peru está orientada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária a incentivar o comércio de suínos com o Estado do Acre.

A diplomata Ângela Pimenta Peres tomou posse como adida agrícola do Brasil em Lima, no Peru, com essa orientação, feita diretamente pela ministra da Agricultura, Teresa Cristina.

Um dos papeis do adido é identificar as oportunidades, os desafios e as possibilidades de comércio, investimentos e cooperação para o agronegócio brasileiro.

“A orientação da ministra é que eles mergulhem de cabeça nessa experiência e que possam engrandecer a missão de levar nosso agronegócio para o mundo e diversificar a pauta exportadora”, relata o secretário-adjunto de Comércio e Relações Internacionais (SCRI) do Mapa, Flávio Bettarello, sobre o encontro da ministra com os adidos na primeira semana de janeiro.

Em janeiro e fevereiro deste ano, os novos adidos agrícolas se apresentarão nos seguintes países: China, Reino Unido, Singapura, Itália (sede da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação – FAO), Rússia, Estados Unidos, Japão, Bélgica (sede da Comissão Europeia) e Peru. (Com Mapa)

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas