Conecte-se agora

Árbitro de vídeo ajuda, Suécia bate a Coreia do Sul e pressiona a Alemanha

Publicado

em

A Suécia contou com o auxílio do árbitro de vídeo (VAR) para estrear com vitória na Copa do Mundo da Rússia. Nesta segunda-feira, depois de a tecnologia confirmar um pênalti, devidamente convertido pelo zagueiro Granqvist, a seleção europeia derrotou a Coreia do Sul por 1 a 0, em Nizhny Novgorod, e largou na frente com o México na disputa pelas duas vagas do grupo F às oitavas de final da competição.

O resultado positivo do time europeu, consequentemente, pressiona a Alemanha. Os atuais campeões do mundo, que perderam por 1 a 0 para os latinos no último domingo, encaram a Suécia com uma necessidade ainda maior de vitória, já que os suecos agora se colocam em uma posição confortável com o resultado positivo obtido diante dos asiáticos. Uma derrota pode até eliminar Ozil, Müller e companhia do torneio.

Agora com uma possível classificação na mira, a Suécia encara a Alemanha no próximo dia 23, às 15h (de Brasília), em Sochi, com a possibilidade até de assegurar a vaga antecipada às oitavas de final, em caso de vitória. Para este quadro se confirmar, basta o surpreendente México, no mesmo dia, a partir das 12h, derrotar a Coreia do Sul em Rostov.

Quem foi bem: Jo Hyeon-Woo
Apesar de derrotado nesta estreia na Rússia, o goleiro sul-coreano teve papel de destaque. Foram pelo menos duas excelentes defesas que impediam, até então, a derrota dos asiáticos. Jo Hyeon-Woo só não conseguiu parar o pênalti convertido por Granqvist, que decidiu a partida.

Quem foi mal: Berg

Principal referência ofensiva da Suécia, Marcos Berg conseguiu se sobressair em boa parte das disputas corpo a corpo com os defensores suecos. Entretanto, como um centroavante, não poderia desperdiçar tantas chances. O lance mais emblemático que demonstra a infeliz tarde do camisa 9 ocorreu aos 20min da primeira etapa, quando, completamente livre, parou em Jo Hyeon-Woo.

O grande astro do futebol sueco pediu, mas apenas assiste ao Mundial da Rússia. Zlatan Ibrahimovic acabou preterido pela comissão técnica sueca e viu Forsberg usar a “sua” camisa 10 nesta estreia em Nizhny Novgorod. O meia-atacante do Red Bull Salzburg, no entanto, não honrou a fama deixada pelo polêmico centroavante – atuação discreta diante dos sul-coreanos neste primeiro jogo pelo grupo F.

A Suécia retornou melhor para o segundo tempo e dominava a partida, mas pecava sempre diante do goleiro Jo Syeon-Woo. Para sorte dos suecos, o árbitro de vídeo existe na Rússia. Claesson foi derrubado dentro da área por Kim Min-Woo, mas a arbitragem só confirmou a penalidade segundos depois, quando a bola estava já na área comandada por Olsen. A marcação com o auxílio do VAR foi bem aproveitada por Granqvist, que converteu a penalidade e abriu o marcador aos 20min.

Zagueiro quebra jejum sueco
O gol de estreia da Suécia na Copa do Mundo da Rússia serviu para quebrar um longo jejum da equipe vice-campeã em 1958. A cobrança convertida por Granqvist representou a primeira bola na rede a favor do time europeu desde 2006, quando Henrik Larsson deixou a sua marca no empate por 2 a 2 contra a Inglaterra, no Mundial da Alemanha. Lembrando que o país ficou fora das edições de 2010 (África do Sul) e 2014 (Brasil).

Coreia do Sul perde peça importante

Os sul-coreanos jogavam na base da velocidade e exploravam bastante o lado esquerdo com Son Heung-Min e Park Jo-Hoo. A sustentação do setor, no entanto, se perdeu com a saída de Jo-Hoo, que sentiu lesão muscular e deixou o jogo ainda no primeiro tempo. Kim Min-Woo, o substituto, cometeu o pênalti que colocou o time asiático em desvantagem, e precisou se consolado pelos companheiros depois da confirmação do VAR.

Suecos se impõem fisicamente
A Suécia se impôs fisicamente durante a partida desta segunda-feira. O jogo se concentrava na dupla de atacantes Berg e Toivonen, que ganharam constantes disputas com a defesa adversária. Berg, o camisa 9, perdeu chance incrível de abrir o placar ainda no primeiro tempo. A vantagem neste quesito fez a diferença para a equipe da Escandinava.

Velocidade coreana leva perigo
Embora a Suécia tenha controlado mais o jogo e impondo o seu ritmo, a Coreia do Sul levou perigo com o jogo de velocidade pelas pontas, local por onde os asiáticos tentaram explorar o ataque. Entretanto, dependendo muito da ligação direta, os sul-coreanos pouco ameaçaram o gol de Olsen; mesmo com Son Heung-Min, destaque na Inglaterra com Tottenham, o time finalizou apenas uma vez contra a meta sueca.

FICHA TÉCNICA
SUÉCIA 1 x 0 COREIA DO SUL
Local: Nizhny Novgorod Stadium, em Nizhny Novgorod (Rússia)
Data: 18 de junho de 2018 (segunda-feira)
Horário: 9h (de Brasília)
Árbitro: Joel Aguilar (El Salvador)
Assistentes: Juan Zumba (El Salvador) e Juan Carlos Mora Araya (Costa Rica)
Cartões Amarelos: Claesson (Suécia); Kim Shin-Wook, Hwang Hee-Chan (Coreia do Sul)

Gols:
SUÉCIA: Granqvist, aos 20min do 2º tempo

SUÉCIA: Olsen; Augustinsson, Granqvist, Jansson e Lustig; Claesson, Larsson (Svensson), Ekdal (Hiljemark) e Forsberg; Berg e Toivonen (Thelin).
Técnico: Janne Andersson.

COREIA DO SUL: Jo Hyeon-Woo; Lee Yong, Jang Hyun-Soo, Kim Young-Gwon e Park Joo-Ho (Kim Min-Woo); Lee Jae-Sung, Ki Sung-Yueng e Koo Ja-Cheol (Lee Seung-Woo); Hwang Hee-Chan, Kim Shin-Wook (Jung Woo-Young) e Son Heung-Min.
Técnico: Shin Tae-Yong.

Anúncios

Cidades

Saúde de Sena Madureira testou mais de 300 moradores na campanha Julho Amarelo

Publicado

em

A campanha do Julho Amarelo, ocorrida em prol da prevenção e tratamento de hepatites virais em Sena Madureira, encerrou com sucesso atingindo o público-alvo e realizando testes rápidos. Houve blitz em barreiras, distribuição de panfletos, álcool em gel, preservativos, entre outras ações. A secretaria municipal de saúde destacou que, mesmo diante de uma pandemia, os moradores não podem se descuidar das outras doenças.

“As hepatites virais, infelizmente, estão presentes em nossa região e temos que fazer esse combate, a prevenção e o tratamento”, explica a gestora da pasta, Nildete Lira. Segundo a secretária, a campanha atuou em locais estratégicos, atendendo empresas, órgãos públicos, comércio. “Foi uma ação bem intensificada. Tomamos todo o cuidado, estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) evitando aglomeração, mantendo distanciamento e higienização das mãos”.

A campanha deu certo e a secretaria agradeceu o empenho da equipe de vigilância em saúde. “O mês de julho foi de grande proveito, conseguimos passar por várias instituições privadas e públicas, alcançamos nosso público-alvo, policiais militares e civis, bombeiros, trabalhadores do ramo moveleiros, que são trabalhadores braçais que vivem distante da cidade e não têm tanta oportunidade de ir às unidades de saúde. Atendemos também profissionais da secretaria municipal de serviços urbanos (Semsur)”, diz a coordenadora de saúde Wendy Carolina.

Carolina ressalta que foram feitos testes rápidos, distribuição de kits de higiene, máscaras, preservativos, e panfletos com orientações de prevenção. “Queremos prevenir a doença antes de ela contaminar as pessoas. Porém, no caso de a pessoa já estar contaminada, também atendemos na Atenção Primária de Saúde. Testamos 140 trabalhadores e 560 testes, alcançamos a zona rural, na comunidade Cazumbá/Iracema, no Rio Caeté, onde mais de 200 testes foram feitos”, afirma.

A secretaria de saúde vê a ação como um grande alcance por, em plena pandemia, conseguir tamanha abrangência da campanha Julho Amarelo. “Foram feitas ainda algumas notificações de Hepatite B, C e sífilis. Agora, vamos procurar seguir com o tratamento dessas pessoas para que elas possam viver melhor”, conclui a coordenadora.

Continuar lendo

Cidades

Prefeitura de Brasiléia retira site oficial e redes sociais do ar a partir do dia 14 de agosto

Publicado

em

Visando atender as medidas da legislação eleitoral, a prefeitura de Brasiléia irá retirar do ar, a partir do dia 14 de agosto, todas as redes sociais e site oficial da gestão. A administração continuará realizando seus trabalhos porém toda e qualquer notícia e divulgação dos mesmos não estarão sendo publicados no site oficial e nas redes sociais. 

A secretaria de comunicação continuará realizando seu trabalho, atendendo e a disposição dos demais meios de comunicação do município e estado para assuntos de utilidade pública. 

A prefeita Fernanda Hassem, do Partido dos Trabalhadores, poderá ser candidata a reeleição. 

Continuar lendo

Cidades

Corpo carbonizado encontrado em Feijó será examinado no IML de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Será feita nesta quarta-feira, 12, no Instituto Médico legal de Cruzeiro do Sul, a necropsia no corpo que seria de José Lima, 27 anos. O cadáver foi encontrado queimado e em estado de decomposição na área da aldeia Morada Nova, em Feijó, nesta terça-feira 11.

O exame deverá confirmar a identidade e revelar a causa da morte do homem. Segundo a polícia de Feijó, que investiga o caso , Raimunda Evarista Lima, afirma que o corpo é do filho dela, que estava desaparecido desde o último domingo. Ela confirmou que o homem usava entorpecente e bebida alcoólica. No dia em que desapareceu teria sido visto gritando na mata próximo do local onde o corpo foi encontrado.

Continuar lendo

Cidades

Xapuri vai reunir instituições locais para rediscutir enfrentamento à pandemia

Publicado

em

Com média móvel de 14 novos casos diários de Covid-19 nos últimos 7 dias e um acumulado de 134 confirmações nesse período, totalizando 605 diagnósticos do novo coronavírus desde o começo da pandemia, a prefeitura de Xapuri vai realizar nesta quarta-feira, 12, um encontro com as várias instituições locais para discutir novas estratégias de combate à disseminação do vírus.

Depois de apresentar dados que indicavam a estabilização da curva de contágios no mês de julho, o município voltou a registrar elevações que culminaram com números recordes de novos casos no começo de agosto. O novo aumento de infecções atingiu de maneira contundente os profissionais de saúde em atuação no hospital e nas unidades de saúde locais.

Outras duas consequências do avanço da pandemia foi a infecção de um número maior de idosos e o aumento das internações hospitalares. Fatores esses, entre outros, que levaram a gestão municipal a propor um novo ajuste no enfrentamento à crise de saúde. O relaxamento da população e a ocorrência de constantes aglomerações têm sido alguns dos desafios que a cidade enfrenta.

Há cerca de uma semana, o prefeito de Xapuri, Ubiracy Vasconcelos, havia feito um apelo à população e a todas as instituições locais para enfrentar o que ele chamou de “o pior momento da pandemia no município”. Segundo o gestor municipal, a prefeitura mais do nunca está precisando da ajuda de todos para combater a Covid-19.

“Precisamos nos unir novamente em torno dessa situação e eu, como prefeito, vou continuar fazendo isso, como sempre fiz. Vou convidar todas as instituições de Xapuri, do delegado ao juiz, Polícia Militar e quem mais puder, para que a gente discuta de forma clara como é que as instituições podem se ajudar a combater a pandemia em nossa cidade”, afirmou.

Outro dado negativo para o município é o referente à incidência da doença. Nos últimos boletins divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Xapuri vem subindo nesse quesito e já é o 6º colocado no estado com uma taxa de 2.970,6 casos por grupo de 100 mil habitantes. Assis Brasil e Brasiléia, com 5.285,2 e 3.459,2 casos por 100 mil/hab, respectivamente, são os dois municípios com maior incidência de Covid-19 no Acre.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas