Conecte-se agora

Concurso Polícia Federal: Edital para 500 vagas sairá pelo Cebraspe

Publicado

em

Agora é oficial: sai nos próximos dias o edital do novo concurso público da Polícia Federal em 2018 (concurso PF 2018). Por meio do Diário Oficial da União de 08 de junho, o Departamento da PF divulgou extrato de dispensa de licitação contratando o Cebraspe para coordenar o novo concurso para 500 vagas. Serão 150 vagas para Delegado, 60 para Perito Criminal Federal, 80 para Escrivão, 30 para Papiloscopista Policial Federal e 180 de Agente de Polícia Federal. O edital de abertura do concurso sairá em junho, segundo o diretor-geral da PF, Rogério Galloro.

A nova pasta do Ministério Extraordinário da Segurança Pública reúne a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária e a Secretaria Nacional de Segurança Pública, todos os órgãos antes vinculados ao Ministério da Justiça.

O Cebraspe vinha sendo o mais cotado para coordenar a seleção, informação confirmada no Diário Oficial de 08/06 – veja abaixo.

Concursos PF e PRF
Na Polícia Federal, Raul Jungmann anunciou que o número de agentes em fronteiras será dobrado. Segundo o ministro, o combate à corrupção e ao crime organizado serão considerados prioritários, “não sendo excludentes”. Questionado sobre a operação Lava Jato, afirmou que ela terá “todo o apoio em todas as suas necessidades”.

Na Polícia Rodoviária Federal, onde mais 500 vagas serão ofertadas em breve, será fortalecido o programa Alerta Brasil, que funciona com videomonitoramento. Até o fim do ano a promessa é que os postos cheguem a 330. No Rio de Janeiro, o intento é multiplicar por seis os postos atuais.

Em janeiro, a Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF) entrou em contato com a diretoria-geral, ainda sob o comando de Fernando Segóvia, pedindo mais esclarecimentos sobre a distribuição das vagas e sobre o cargo de escrivão, que não seria contemplado no futuro certame. A diretoria informou na ocasião que aguardava a unificação dos cargos de escrivão e de agente, já que o pedido faz parte do plano de reestruturação da carreira. Como isso não aconteceu até o momento, o cargo de Escrivão foi confirmado neste novo concurso. Assim, as 500 vagas foram distribuídas, agora oficialmente, entre os seguintes cargos:

– 180 para Agente de Polícia Federal
– 150 para Delegado de Polícia Federal
– 30 para Papiloscopista Policial Federal
– 60 para Perito Criminal Federal
– 80 para Escrivão de Polícia Federal

Ainda segundo Luís Antônio Boudens, presidente da Fenapef, que esteve reunido com Rogério Galloro, o edital será antecipado e sairá até o fim deste semestre.

Carreiras na PF
A carreira na Polícia Federal possui duas áreas de atuação: Policial e Administrativa. Este novo concurso servirá para provimento de cargos na área policial, sabendo que a última seleção da área administrativa tem vigência até 2018 e pode nomear ainda os aprovados do último certame realizado. Todas as últimas seleções da área policial já não têm mais validade e o último certame aconteceu em 2014 para o cargo de Agente.

Para o cargo de Delegado de Polícia Federal é necessário possuir diploma de curso de graduação de nível superior de bacharel em Direito, e as atribuições envolvem: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais, participar do planejamento de operações de segurança e investigações, entre outras funções do tipo. O salário do cargo em início de carreira é de R$ 22.672,48 e chegará a R$ 23.692,74 no início de 2019.

Já o cargo de Perito Criminal Federal tem exigência também de escolaridade de nível superior, com as especialidades alternando de acordo com a área de cada função. Os servidores deste cargo executarão funções pertinentes à sua especialização, que pode ser nas áreas de Engenharia, Física, Geologia, Farmácia, Ciências Contábeis, Biomedicina, Medicina, Odontologia, entre outras – são 18 no total – que devem ser reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Assim como para Delegados, o salário inicial de um Perito da PF é de R$ 22.672,48, passando para R$ 23.692,74 em 2019, após aprovação do projeto que reajusta as remunerações da carreira.

O Agente de Polícia Federal deve possuir formação superior em qualquer área reconhecida pelo MEC e irá atuar em investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirigir veículos policiais, cumprir medidas de segurança orgânica, entre outros. A remuneração do cargo é de R$ 11.983,26, passando para R$ 12.522,50 em 2019.

O Escrivão de Polícia Federal também deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. Os empossados atuam no cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais, dirigir veículos policiais; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas. A remuneração inicial também é de R$ 11.983,26.

Além do salário básico, todos ainda recebem o auxílio alimentação de R$ 458,00 e têm plano de carreira envolvendo diversas classes. Os Delegados e Peritos, por exemplo, assumem o cargo na terceira categoria e podem alcançar a classe especial, que tem salário fixado em R$ 30.936,91. Já os Agentes e Escrivães da classe especial têm vencimentos de R$ 17.848,60.

Fonte: Ache Concursos

Propaganda

Cidades

Polícia Civil deflagra Operação “Ícaro” e cumpre 12 mandados em Rio Branco

Publicado

em

A Delegacia de Combate à Roubos e Extorsões da Polícia Civil (DCORE), deflagrou na tarde desta sexta-feira,10, a Operação “Ícaro” em cumprimento de 10 mandados de busca e apreensão em bairros da capital.

A operação tem como principal foco a apreensão de armas de fogo, drogas e pessoas com envolvimento em organização criminosa.

Durante a incursão da Polícia, foram apreendidas 214 trouxas de pasta à base de cocaína, R$ 2.999,00 reais em espécie, além de três pessoas presas sob acusação de tráfico de drogas. Além dos ilícitos, durante ação também foram apreendidos celulares que serão encaminhados à perícia criminal e dois veículos que foram adquiridos com recursos oriundos da venda de entorpecentes.

Dois delegados coordenam 50 agentes de Polícia Civil e seis escrivães no uso de 15 viaturas que auxiliaram no cumprimento dos mandados

Continuar lendo

Cidades

Bittar “prega” sobre Deus e Petecão não acredita em projetos mirabolantes

Publicado

em

No encontro com empresários locais no auditório da Fecomércio, em Rio Branco, nesta sexta-feira, 10, para falar sobre economia, o candidato a senador pelo MDB, Márcio Bittar, atacou a esquerda brasileira e com um discurso importado do presidenciável Jair Bolsonaro disse que a solução para o empresariado local está em se libertar do projeto de florestania implantado no Acre há 20 anos pela Frente Popular.

Márcio disse que o Brasil é vítima em parte do comunismo, e com um discurso com aparência de piedade afirmou: “Não há saída sem Deus”. O candidato emedebista citou Deus e valores cristãos repetidas vezes em seu discurso.

Já Petecão (PSD), candidato à releeição, afirmou que já será uma grande ajuda se em seu eventual governo, Gladson Cameli não impor exageradas regras aos empresários como faz a atual gestão petista de Sebastião Viana.

“O Gladson não vai resolver tudo. Eu sinceramente tenho medo desses planos de governo em que se resolve tudo. Não tem uma fórmula fechada, mas acredito que é possível fazer melhor do que o que é feito atualmente e o Gladson vai fazer”, salientou.

Na oportunidade, o candidato a governador do Progressistas, Gladson Cameli, recebeu o documento “Por um Acre Mais Produtivo”, elaborado por entidades que representam os pecuaristas e agricultores, empresários e comerciantes locais.

Continuar lendo

Cidades

Prefeitura de Tarauacá terá que pagar R$ 10 mil para ciclista que caiu em buraco

Publicado

em

O Juízo da Vara Cível de Tarauacá garantiu que um ciclista receba R$ 10 mil pelos danos morais sofridos após cair em buraco por falta de sinalização. A sentença foi publicada na edição n°6.171 do Diário da Justiça Eletrônico, de quarta-feira (8).

“A deterioração da camada asfáltica ou a proliferação de buracos, irregularidades, reentrâncias, bueiros abertos ou salientes e outras irregularidades nas vias públicas de passagem de veículos e de pedestres caracterizam omissão desidiosa do Poder Público, que responderá pelos danos que ocorram em razão dessas irregularidades”, registrou o juiz de Direito Guilherme Fraga.

Em outubro de 2014, a autora Processo n°0700516-45.2014.8.01.0014 vinha pela BR 364 e alegou que por falta de sinalização e iluminação caiu em uma cratera, oriunda de desbarrancamento na ponte sobre o Rio Tarauacá. Segundo a autora, por causa do acidente tem dificuldades na movimentação de um dos braços e sofre de fortes dores de cabeça.

Sentença

Na sentença, o juiz de Direito Guilherme Fraga, que estava respondendo pela unidade judiciária, constatou a responsabilidade tanto do Departamento de Estrada de Rodagem, Infra-estrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre (Deracre) quanto do Estado do Acre pelo ocorrido, o primeiro pela má prestação do serviço na manutenção da ponte e o segundo por não fiscalizar a realização do serviço.

“Destarte, houve omissão culposa do requerido em não conservar a ponte em condições adequadas de uso e segurança, e, por conta dessa negligência, a demandante suportou, além de lesão física, danos psicológicos. Dessa forma, presentes os elementos caracterizadores da responsabilidade civil, quais sejam o ato ilícito (omissivo), o dano e o nexo causal, além da culpa, impõe-se ao ente público reparar o dano sofrido”, escreveu o magistrado.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.