Conecte-se agora

Sem Fred, seleção brasileira faz treino para 4 mil pessoas com invasão e histeria por Neymar

Publicado

em

A seleção brasileira fez seu primeiro treino em solo russo. Para 4 mil pessoas nas arquibancadas por uma imposição da Fifa, o time de Tite trabalhou no CT em Sochi nesta terça-feira (12) pela manhã e viu uma histeria por Neymar e até mesmo uma invasão de um torcedor em busca de uma selfie.

Dentro de campo, os atletas fizeram uma rotina mais física do que técnica e coletiva. Se reapresentando depois de um dia de folga após a vitória contra a Áustria, o elenco não teve a presença de Fred. Afastado desde o dia 7 após uma entrada de Casemiro, o volante fez trabalho à parte com os fisioterapeutas. Sua volta ainda é incerta.

O Brasil volta a treinar nesta quarta-feira, desta vez, sem a presença de torcida e com pouca abertura para a imprensa. No domingo (17), o time estreia no Mundial, às 15h (de Brasília), contra a Suíça, em Rostov.

Durante toda atividade, Neymar foi o mais ovacionado pela torcida. Em alguns momentos, o público se revezava e gritava também os nomes de Marcelo, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus. Mas a estrela do PSG era o jogador mais visado, inclusive, pela imprensa estrangeira.

Em determinado momento, um torcedor pulou o alambrado e foi em direção dos jogadores. Contido pelos seguranças, ele foi retirado sob aplausos dos torcedores e não desistiu em momento algum de uma selfie ao lado dos atletas. No final, outros também tentaram a “sorte”.

Fagner e Philippe Coutinho receberam a tradicional “ovada” de seus companheiros por terem feito aniversário. O lateral comemorou na última segunda, enquanto o meia comemora nesta terça. Na brincadeira, sobrou para Neymar, que também foi atingido por um ovo vindo de Thiago Silva.

Os 4 mil ingressos foram distribuídos principalmente a crianças de escolas da região, mas também pararam na mão de brasileiros que moram no país. A forma com que eles conseguiram ainda é um mistério.

O certo é que eles deram o tom de brasilidade às atividades, com alguns gritos, bandeiras e uma “escola de samba” improvisada com tambores e pandeiros. No banco de reservas, Edu Gaspar, coordenador de seleções, e Rogério Caboclo, futuro presidente da CBF, acompanharam tudo.

Os que ficaram de fora deram um jeito de acompanhar de perto. Um viaduto que não conta nem com calçada, no entorno do estádio, ficou tomado por torcedores. Sob o sol que fazia os termômetros baterem quase 30ºC, eles não arredaram pé até o término das atividades. Os que ficaram até o fim e estavam nas arquibancadas foram presenteados com autógrafos e fotos dos ídolos. O mascote Canarinho Pistola, como já tem sido costume, também virou astro.

Propaganda

Destaque 2

Conselheiro do B13 é executado com 15 tiros por trair a facção

Publicado

em

A onda de violência não cessa e a vigésima segunda morte foi registrada nos primeiros 16 dias do ano no Acre. O Conselheiro do Bonde dos 13, Antônio José de Oliveira, vulgo “Japonês” foi executado com 15 tiros na noite desta quinta-feira (16) na porta de entrada da UPA da Cidade do Povo, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, “Japonês” teria ido deixar um amigo para receber atendimento na UPA, ao chegar na frente da unidade de saúde, membros da própria facção Bonde dos 13, o abordaram e de posse de armas de fogo efetuaram vários tiros. Antônio foi atingido pelo projeteis na região do peito, abdômen, braço e nas costas. No momento da ação dos criminosos a porta da unidade de saúde foi quebrada e várias pessoas que estavam na recepção do hospital entraram em desespero e correram ao escutar os tiros. Nenhum paciente saiu ferido no ataque dos faccionários.

Populares ao verem o homem ferido, levaram a vítima para dentro da Unidade de Saúde para receber atendimentos. A ambulância do Samu foi acionada, mas quando os paramédicos ao chegaram ao local, Antônio já se encontrava morto.

Segundo informações repassadas a reportagem do ac24horas, “Japonês” era conselheiro da facção responsável de recolher as taxas que os comerciantes pagam a organização criminosa, ele teria se apropriado do dinheiro e não repassou aos outros líderes da facção. O conselho geral do B13 se reuniu e decidiu que “Japonês” seria executado por trair a organização.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos dos peritos em criminalística. O corpo de “Japonês” foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciaram as investigações em busca de identificar os autores do crime.

Continuar lendo

Destaque 2

Após criticas, Sinhasique desiste de construir Dinossauros na entrada de Rio Branco

Publicado

em

O deputado federal e presidente estadual do MDB, Flaviano Melo (MDB) criticou a ideia de se construir dois dinossauros gigantes como pórtico do Estado.

Ao colunista político do ac24horas Luís Carlos Moreira Jorge, Flaviano afirmou não concordar com a polêmica ideia. “Nada a ver com a besteira. Destinei uma emenda parlamentar para alavancar o turismo, não para fazer pórtico com estátuas de dinossauros. Quem é que vai vir ao Acre para ver replicas de dinossauros?”

Consultada sobre a crítica, Eliane Sinhasique claramente preferiu a diplomacia e foi leve ao responder a alfinetada de Flaviano. A “pequena”, garantiu que apesar de muita gente ter visto com bons olhos a ideia, os dinossauros, no caso do pórtico, morreram antes de nascer.

“Acho que o deputado Flaviano, como muitas outras pessoas, não entendeu que fizemos uma pergunta para a população para ver o que achava da sugestão dada pela equipe da Seinfra. Ele não precisa se irritar com isso. Para esclarecer, mais uma vez, nós vamos fazer um pórtico com Plácido de Castro guerreando em seu cavalo. Na placa vai ser escrito: Bem-vindo ao Acre – Único Estado que lutou para ser brasileiro. A equipe entendeu que apenas 24 horas de enquete não tem base científica e nem participação popular suficiente para mudar meu projeto original”, disse Eliane.

Apesar de ter sido vereadora e deputada estadual pelo MDB, a relação de Sinhasique com Flaviano não é boa desde que o partido, que é comandado pelo parlamentar, afirmou que a escolha de Eliane como secretária de empreendedorismo e turismo foi uma escolha pessoal de Gladson e o por isso o partido não se sente contemplado na gestão estadual.

A postura da executiva fez com que Eliane pedisse afastamento do partido em outubro do ano passado.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas