Conecte-se agora

Estudo da Universidade Federal de São Carlos aponta final da Copa entre Brasil e Alemanha

Publicado

em

Brasil e Alemanha é a final mais provável na Copa do Mundo da Rússia de 2018, segundo o projeto “Previsão Esportiva” do Departamento de Estatística (DEs), da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A Alemanha, atual campeã, é a favorita para vencer a competição com 16,93% de chances.

Com base em um modelo estatístico, que usa dados do ranking da Federação Internacional de Futebol (Fifa) e opiniões de especialistas em futebol, as chances das duas equipes se enfrentarem no dia 15 de junho, no estádio Luzhniki, em Moscou, é de 4,8%.

As outras finais com chances de ocorrer são:

  • Brasil x Espanha: 4,3%
  • Espanha x Portugual: 3,56%
  • Alemanha x Espanha: 3,06%

Probabilidades

Segundo um dos criadores do projeto, o professor Luis Ernesto Salazar, a característica principal do modelo é apontar as chances probabilísticas dos favoritos antes de a competição começar.

– Calculamos as incertezas do evento associadas a cada jogo e simulamos os placares com aproximações. Usamos as opiniões de especialistas de futebol sobre os placares junto com o ranking da Fifa e, ao final, cruzamos com base em um modelo matemático – disse Salazar.

Histórico

Brasil e Alemanha são os maiores campeões mundiais, com cinco e quatro títulos respectivamente. São 23 confrontos na história, com 13 vitórias para a seleção brasileira, incluindo 2 a 0 na final da Copa de 2002, cinco empates e cinco vitórias dos germânicos.

A lembrança mais recente porém, é o 7 a 1 na Copa de 2014, na qual os alemães venceram na semifinal, no estádio do Mineirão. Segundo Salazar, partidas como essas são impossíveis de se prever.

Favoritos

De acordo com a previsão, a Alemanha, atual campeã, é a favorita para vencer a Copa na Rússia com 16,93% de chances. Em segundo vem a Espanha com 15,95%, e em terceiro Brasil, com 12,80% de probabilidade.

Na sequência, a Bélgica aparece com 11,57%, França 7,53%, Argentina 7,04%, Portugal 6,99%, Inglaterra 6,17%. A Colômbia com 3,89% e Uruguai com 2,4%, fecham o ranking das 10 seleções com maiores probabilidades de serem campeãs, segundo os estatísticos.

Desde sua criação em 2006, o site tem sido certeiro em relação aos favoritos nas últimas edições do torneio. Os estatísticos acertaram a Alemanha e Argentina como duas das três seleções com mais chances de vencer, com 25,26% e 9,87%.

– Na Copa de 2010, nosso modelo apontou Espanha e Holanda como as duas seleções com mais chances de vencer, o que de fato se confirmou naquele ano. Já em 2006, a Itália não figurava entre as favoritas, porém a França, que chegou até a final, era a segunda com mais chance, com 11,1% – disse o professor.

O projeto também acertou o campeão do torneio de 2010 (Espanha). Na Copa de 2014, apontava a final entre Brasil e Argentina, com a seleção brasileira erguendo a taça, mas só acertou um finalista (Argentina), que acabou perdendo para a Alemanha.

Projeto

O site é administrado por oito pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), campus São Carlos, Universidade Federal da Bahia (UFBA), além da UFSCar. O projeto tem objetivo acadêmico de disseminar o conceito de probabilidade, utilizando como atrativo o maior evento esportivo do mundo.

Mesmo apontando as seleções com maiores probabilidades de serem campeãs, Salazar ressalta que todas as equipes têm alguma chance de vencer e que os cálculos foram feitos antes da primeira rodada da fase de grupo, e que ao longo do torneio, as chances dos times vão alterando.

Outros projetos

Outro projeto da UFSCar também criou um modelo parecido para simular os jogos da Copa do Mundo. O Fifa Experts é criação do professor Marcio Alves Diniz e possibilita que os internautas palpitem sobre os resultados das partidas usando a probabilidade.

– A ideia é que as pessoas façam as suas previsões indicando a porcentagem do resultado da partida. Depois de cada jogo as previsões receberão uma pontuação de acordo com as regras e será elaborado um ranking de pontuação dos participantes. O melhor previsor será aquele com a maior pontuação depois dos 64 jogos da Copa – explica o professor Marcio Diniz.

Após o término da Copa, os dados inseridos pelos participantes serão analisados e usados para outras pesquisas e projetos ligados ao Departamento de Estatística da UFSCar.

Propaganda

Destaque 2

Delegado mantém mistério sobre linha de investigação de estudante que continua desaparecida

Publicado

em

O Delegado da Delegacia de Homicídios, Rêmulo Diniz, informou nesta segunda-feira, 13, que as diligências que possam levar ao paradeiro da estudante Amanda Gomes, desaparecida desde a noite de domingo do último dia 5, continuam.Questionado sobre o andamento das investigações, ele informou que já tem uma linha traçada a seguir, mas não poderá dar maiores detalhes para não atrapalhar os rumos do processo.

“Por enquanto não poderemos divulgar maiores informações sobre o que já temos para não atrapalhar no andar das investigações. Quanto às buscas, nós fizemos diligências durante a semana em três pontos onde foram realizadas denúncias e nesta semana seguiremos procurando. Pedimos até o apoio da população para que nos ajude caso tenha informações relevantes que possam levar ao seu paradeiro viva ou morta”, disse o delegado.

Entenda o caso

Amanda Gomes, de 13 anos, desapareceu na noite de domingo (05) quando do saiu de casa na companhia dos amigos Isabelle Lima, 14 anos, e Vitor Hugo, de 18 anos, todos moradores do bairro Taquari, dizendo que iriam para a Expoacre. Na terça-feira (7), após denúncia anônima o corpo de Vitor Hugo foi encontrado, no Taquari com as mãos e os pés amarrados, morto a golpes de arma branca, jogado dentro de um poço. Já na quarta-feira (08), Isabelle Lima também foi encontrada morta por arma branca, jogada no meio de um matagal também no mesmo bairro.

Buscas foram realizadas pelas forças de segurança ainda na região por Amanda, mas a jovem não foi localizada. A família, observando a falta de comprometimento da polícia também passou a fazer buscas por conta, mas até a manhã desta segunda-feira (13), nenhuma novidade veio à tona.

Continuar lendo

Destaque 2

O Festival do Açaí de Feijó e a dança “proibida” para menores; assista o vídeo

Publicado

em

Durante três dias, Feijó realizou seu mais famoso evento, o Festival do Açaí. Durante a festa foi escolhida a Garota Açaí e várias bandas e cantores se apresentaram.

Uma imagem que circula nas redes sociais e no WhatsApp, entretanto, mostra um pouco da animação no palco. Enquanto o forró toca e o cantor anima as pessoas presentes, no palco um casal se apresenta ao público com uma dança pouco convencional, “proibida” para menores de 18 anos. Assista:

Continuar lendo

Destaque 2

Quinze presidiários fazem buraco na parede e fogem de presídio improvisado em Feijó

Publicado

em

A fuga de 15 presidiários foi registrada pelas autoridades de segurança neste domingo. Eles fizeram um buraco na parede do presídio que funciona de forma improvisada e fugiram da unidade prisional por volta de 01h30m. Dois foram capturados pela polícia e 13 permanecem foragidos. Há informação que seis dos 13 presos que não foram capturamos são de alta periculosidade.

Segundo informações de servidores do sistema prisional que não quiseram se identificar, o presídio há muito tempo vem sendo alvo de denúncias e criticado pela população, já que fica no centro da cidade e ocupou parte do quartel da Polícia Militar. O local não oferece segurança e estrutura adequada para funcionar como presídio.

Os servidores destacam que em caso de fuga, se o presidiário conseguir sair da cela, já sai do prédio que não tem nenhuma proteção ou vigilância. O único obstáculo que separa os presos da rua é um muro. O fato de o presídio funcionar junto com o quartel da PM estaria atrapalhando os trabalhos dos policiais e causando constrangimento aos militares.

Além de prender os criminosos, os policiais militares estariam sendo obrigados a conviver com a presença dos infratores. Recentemente, um caso de expulsão de um PM foi registrado por suposto envolvimento com presos que integram facções criminosas que protagonizam uma guerra pelo controle dos pontos de vendas de drogas nos 22 municípios acreanos.

Segue abaixo a relação dos que se encontram foragidos:

Jonas de Oliveira Ferreira – “Jonas do Pascoal”

Alexandre Tavares Leone

Antonio Araújo Firmino

José Francisco Lima da Silva

Elieuson Melo de Sousa

Junior Pereira da Silva

Rangel Ranny Ferreira de Souza

Salomão Santos de Albuquerque

Juan Lima Cordeiro

Ailton Aguiar do Nascimento

André Moura da Silva

Fábio Sousa e Sousa

Castro Sousa e Sousa

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.