Conecte-se agora

Em resposta ao Fantástico da Rede Globo, governo diz ter controle de presídios e fala em queda de homicídios no Acre

Publicado

em

Há exatos 20 anos a população acreana vive o dilema entre a realidade vivida no cotidiano e o Acre vendido nas propagandas dos governos petistas, financiadas com recursos do cidadão. A mais recente batalha da publicidade oficial se dá no tema da segurança pública, reforçada após a série de reportagens do programa Fantástico, da rede Globo, mostrando um Estado refém da violência imposta pelas facções criminosas.

Após o “show da vida” do último domingo (9) mostrar que em muitos pavilhões do Complexo Penitenciário Francisco D’Oliveira Conde os agentes já não têm acesso ao seu interior por estarem sob o domínio das facções PCC e Comando Vermelho, o governo Sebastião Viana (PT) produziu reportagem mostrando que o Estado tem o controle total dos presídios.

São exibidas fotos que se opõem às imagens feitas pelo Fantástico com celas superlotadas e onde presos são controlados por um líder da facção. As imagens do governo mostram um pavilhão que faz inveja a qualquer hotel de duas estrelas.

Em resposta aos dados apresentados pelo Fantástico que apontam o Acre e a capital Rio Branco como líderes nacionais nas taxas de homicídios, a agência estatal de notícias produziu matéria afirmando que, há 120 dias, 20% dos municípios acreanos não registram mortes violentas.

Um dos principais problemas nestas estatísticas feitas nos gabinetes do governo é que elas deixam de fora os assassinatos frutos do confronto entre as facções, o que, teoricamente, passa a sensação de que os crimes contra a vida estão sob controle.

Em 2017 o Acre registrou 60 mortes por 100 mil habitantes; em Rio Branco esse índice foi de 80 para cada 100 mil pessoas. A proporção nacional é de 26 por 100 mil habitantes.

Propaganda

Destaque 5

Camarote privado desaba no Festival do Açaí; três ficam feridos, mas sem gravidade

Publicado

em

Um camarote privado desabou na noite deste domingo, dia 12, durante o Festival do Açaí, em Feijó, no interior do Acre. A festa iniciou na sexta-feira, dia 10, e é uma das mais importantes para a economia da pequena cidade acreana.

Segundo apurou o ac24horas, três pessoas foram levadas para o hospital da cidade, onde receberam atendimento médico. Contudo, ninguém ficou gravemente ferido. Imagens registradas pelo portal mostram que até as grades de isolamento do local ficaram amassadas.

O Corpo de Bombeiros não divulgou quem foi o profissional responsável por assinar a parte técnica das estruturas, nem se o camarote possuía autorização do órgão para ser edificado. Também não foi divulgado, ainda, quantas pessoas estavam no local na hora do acidente, e se esse número estava acima do permitido.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Bar do Vaz

Fernando Melo diz que ainda tem jeito, se referindo a segurança pública do Acre

Publicado

em

“Jorge Viana tinha atenção especial com a segurança, por isso na nossa época eram 18 assassinatos por cada 100 mil habitantes… hoje são mais de 60.” A frase, forte, é do ex-secretário de segurança do Acre, Fernando Melo, que nos dois governos de Jorge Viana [PT], combateu a criminalidade. Esta semana ele passou no Bar do Vaz para falar sobre segurança pública. Assista

Continuar lendo

Destaque 5

Acre tem dois casos de sarampo confirmados após 18 anos e governo faz alerta sobre vacinação

Publicado

em

O Acre tem dois casos confirmados de sarampo, informou na tarde desta sexta-feira, 10, durante coletiva, o secretário de Saúde do Estado, Rui Arruda. Trata-se de uma criança de 09 meses que está internada no Hospital da Criança, em Rio Branco, em uma sala isolada recebendo os cuidados médicos; e outra de 13 anos em Capixaba, que está fora de risco. As duas pacientes apresentaram febre persistente, conjuntivite, coriza, e exantema (reação alérgica avermelhada), sintomas do sarampo.

“Há 18 anos não tinha um caso de sarampo no Acre. Nós antecipamos a campanha de vacinação. A nossa parte estamos fazendo. Nosso pedido é que os secretários municipais deem prioridade à vacinação contra o sarampo para evitar essa doença”, alertou o secretário de Saúde.

Campanha de imunização

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo começou na última segunda-feira (6) e segue até 31 de agosto.

O Dia D de mobilização nacional está marcado para o dia 18 (sábado), quando mais de 36 mil postos de saúde estarão abertos no país. No total, 11,2 milhões de crianças devem ser vacinadas.

A meta é imunizar pelo menos 95% do público-alvo, numa tentativa de reduzir a possibilidade de retorno da pólio e a chamada reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no Brasil. O Acre, entretanto,
alcançou 76% desse público-alvo da campanha, lamenta o diretor de Vigilância Epidemiologia, Moisés Viana.

A campanha é direcionada às crianças entre 1e 5 anos de idade.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.