Conecte-se agora

Cuidado, hoje é dia dos Namorados!

Publicado

em

O texto abaixo tem três anos, mas segue atual. É verídico e tenho Ana Cristina Silveira como testemunha.

Serve, porém, como alerta aos desavisados que vão aos restaurantes no dia dos namorados achando que é apenas mais um dia comum em que, entre a correria do trabalho e o meio dia, a gente vai a um lugar tranquilo apenas para alimentar o estômago. Não se engane. Hoje não é dia para você fazer isso.

Se fizer, cuidado!

Podes cair nessa cilada que caí e conto a seguir:

Você só queria almoçar. Estava cansada, cheia de serviço para terminar e um bom bocado de comida boa iria revigorar seu resto do dia. Ah, você é dessas pessoas incapaz de sentar sozinha para almoçar ou jantar? Deixe disso! É só comida, gente. Só sentar, comer, pagar, levantar e ir embora, certo? Depende do dia.

Voltemos um pouco no tempo

12 de junho de 2015. Meio dia e trinta.

Aí você vai almoçar S-O-Z-I-N-H-A em um badalado restaurante L-O-T-A-D-O de casais felizes, afinal hoje é o nosso Valentine’s Day. Tudo errado? Que nada!

Você olha, olha de novo e de novo e acha uma bela mesa à disposição. Ocorre que ela tem quatro lugares e você está só. Fazer o quê, né? A fome é maior e a vontade de saborear o carré de cordeiro é maior que a disputa dos casais felizes por espaço.

Já sentada, percebe a entrada de dois casais que, obviamente, não tem mais onde almoçar, afinal o restaurante está lotado. A loira ao lado do rapaz te olha com olhos de vespa como a dizer: quem é você que está aí encalhada ocupando esse espaço que é meu?

Você faz sua melhor cara de simpática, dar a primeira garfada e segue adiante. Capaz de levantar para a loira aguada sentar, hein?

É nesse momento que Papai do Céu – que gosta de ser brincalhão de vez em quando – olha lá de cima e parece dizer: bora começar a diversão.

Ali sentada na imensa mesa sozinha, não percebe que entra no recinto um belíssimo rapaz – assim meio mouro, sabe? 1,90m e sozinho. Ah, Papai!!! As mulheres bem acompanhadas logo descartam seus pobres namorados e deixam de saborear seus pratos para admirar o gajo (você tem fome de quê? Heheheheh).

O Mouro parece alheio aos olhares. Vai ao buffet, se serve, mira o salão, faz mais de meia dúzia de moças suspirar e, Rá… Chega na sua (minhaaaaa!!!) mesa e diz: posso almoçar com você?

Imagina qual foi a resposta?

Exato!!!

À vontade. Por favor, sente-se!

Saboreamos delicadamente cada pedacinho do carré de cordeiro com feijão – sim escolhemos a mesma carne no buffet, não é fofo? e tivemos uma linda e silenciosa conversa sobre esse dia forever alone. Antes de sairmos deixamos os pratos limpos, para alegria do Procon, MPE e Vigilância Sanitária.

Pode rir. Eu mesma gargalhei da situação.

E não, isso não é história da carochinha. Há testemunha, né Ana Cristina Silveira??

Bom dia, boa tarde, boa noite!!!

Divirtam-se!!

A vida é breve!!!

Rarrararrarrrarrrarrarra

Propaganda

Charlene Carvalho

Você sabe como vai aquele seu amigo em dificuldades?

Publicado

em

Continuar lendo

Charlene Carvalho

As delícias das cozinheiras do Novo Mercado Velho

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.