Conecte-se agora

Presidente da Petrobrás pede demissão

Publicado

em

A Petrobrás anuncia a demissão do presidente Pedro Parente na manhã desta sexta-feira, 1º. O executivo está em reunião com o presidente da República Michel Temer no Palácio do Planalto. O encontro ocorre após o governo lançar medidas com custo de R$ 13,5 bilhões para baixar o preço do diesel e ajudar a encerrar a greve dos caminhoneiros.

Em fato relevante, a companhia informa que a nomeação de um CEO interino será examinada pelo Conselho de Administração ao longo desta sexta-feira, e que a composição dos demais membros da diretoria executiva não sofrerá qualquer alteração.

Parente assumiu o comando da estatal em maio de 2016 no lugar de Ademir Bendine. Pedro Parente iniciou a carreira no setor público no Banco do Brasil, em 1971. Dois anos depois, foi transferido para o Banco Central (BC). Parente foi ainda consultor do Fundo Monetário Internacional (FMI) e de instituições públicas brasileiras, bem como da Assembleia Nacional Constituinte, em 1988. Ele foi ministro durante todo o segundo mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1999-2002). Ocupou a Casa Civil até 2001 e, depois, o Planejamento.

Na última sexta-feira, 25, presidente da Petrobrás negou que tenha tido qualquer intenção de entregar o cargo. O executivo mantém o mesmo posicionamento frente à necessidade de continuidade da atual política de preços dos combustíveis da estatal.

Na berlinda desde o início da greve dos caminhoneiros, a Petrobras saiu em defesa de sua política de preços de derivados para os próprios funcionários. Em uma série de vídeos, o agora ex-presidente Pedro Parente e executivos de médio escalão de várias áreas da companhia falam sobre estratégia de refino, formação de preço, endividamento e justificam os reajustes diários. Na prática, também rebateram alegações da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e pediam “reflexão aos funcionários” sobre os movimentos recentes de caminhoneiros e petroleiros.

Anúncios

Acre

Gladson anuncia visita de ministro às obras da ponte do Madeira

Publicado

em

O governador Gladson Cameli anunciou nesta terça-feira (29) que o ministro Tarcísio Freitas, da Infraestrutura, realizará uma visita às obras da ponte sobre o Rio Madeira, em Abunã (RO), nesta sexta-feira (2), por volta das 13h.

“Desde quando exerci mandatos na Câmara dos Deputados Federais e no Senado da República defendo a construção desta ponte como a maior e mais importante obra de infraestrutura para o Acre e a região Norte”, disse o governador.

Ele acredita que em breve o presidente Jair Bolsonaro irá inaugurar a obra.

“Obrigada a todos que nos acompanham nesta luta, pois o Acre está próximo de sair do isolamento, e certamente o caminho para o desenvolvimento social e econômico está sedimentado”, completou o governador.

Continuar lendo

Cotidiano

Alan Lima, que estaria em racha com Ícaro, diz sofrer ameaça e extorsão no presídio

Publicado

em

O estudante Alan Araújo de Lima, que conduzia um carro modelo New Beetle ao lado da BMW que atropelou e matou Jonhliane de Souza, de 30 anos, no último dia 6 de agosto, alega estar sofrendo ameaça e extorsão por outros detentos do Complexo Penitenciário Francisco D’ Oliveira Conde, em Rio Branco, onde ele se encontra preso, e por esse motivo solicitou transferência para o Batalhão Ambiental. Ele se encontra detido pela acusação de promover um racha com o fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto.

O juiz Alesson Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, recebeu o pedido de transferência por meio de um ofício assinado pelo diretor da unidade de regime fechado 1 (URF-1), Leandro do Nascimento, nessa segunda-feira (28). O G1/Acre informou que o preso alega ameaça e que presos o estão extorquindo para garantir sua segurança na cela.

A Câmara Criminal de Rio Branco voltou a negar, por unanimidade, um pedido do habeas corpus de Alan Araújo de Lima, no último dia 17 de setembro. Na decisão, o desembargador-relator, Samoel Evangelista, destacou que as provas apresentadas para a prisão preventiva comprovam a ‘materialidade e são indícios suficientes de autoria já, inclusive, denúncia formulada pelo Ministério Público Estadual contra o réu’.

Continuar lendo

Acre

Gladson Cameli grava material de campanha com Socorro e Eduardo

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) participou na tarde desta terça-feira, 29, de uma sessão de fotos com a prefeita Socorro Neri (PSB) e Eduardo Ribeiro (PDT) candidato a vice prefeito na chapa de Neri.

O momento foi compartilhado pela prefeita Socorro Neri (PSB), em suas redes sociais.

“União por Rio Branco. Sessão de fotos para nossa campanha com o meu candidato a vice-prefeito, Eduardo Ribeiro, e o nosso governador Gladson Cameli.”, escreveu Neri.

 

Continuar lendo

Cotidiano

Detento escapa da morte ao levar tiro de raspão e faltar bala na arma do criminoso

Publicado

em

O detento monitorado por tornozeleira eletrônica Willison Melo da Silva, de 25 anos, se livrou da morte após ser atingido com um tiro de raspão na cabeça na tarde desta terça-feira, 29, dentro de um apartamento localizado na rua Lagoinha, situada no bairro Bahia Nova, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

A polícia informou que Willison estava na frente do seu apartamento quando dois homens chegaram em um veículo modelo Fiesta de cor prata, pararam e um dos criminosos efetuou tiros. Para não morrer, a vítima correu para dentro de seu apartamento e trancou a porta, o criminoso o perseguiu, quebrou a porta e adentrou no quarto.

Willison novamente correu, foi até ao banheiro, trancou a porta na tentativa de inibir o ataque do criminoso, mas não adiantou, o bandido conseguiu entrar e efetuou um tiro, que atingiu a cabeça da vítima de raspão. Após descarregar a arma de fogo e ter acertado um tiro na vítima, o bandido correu até o carro e fugiu com seu comparsa.

Ao verem Willison ferido, populares o conduziram até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde ele recebeu os primeiros atendimentos e em seguida foi encaminhado por uma ambulância do SAMU ao pronto-socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

A Polícia Militar esteve no local e após colher as características dos criminosos. Mesmo com patrulhamento na região, ninguém foi preso. O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas