Conecte-se agora

No Amazonas, FDN e CV rompem acordo e iniciam disputa entre facções

Publicado

em

As facções criminosas Família do Norte (FDN) e Comando Vermelho (CV) romperam a relação que mantinham desde 2015 no Amazonas e uma onda de assassinatos se espalha pelas ruas de Manaus. O motivo do desentendimento teria sido uma possível traição de um dos líderes do CV, desagradando a cúpula da FDN.

Com isso, a guerra entre estes grupos criminosos se acirra, podendo ter reflexo direto nos demais estados da região. Desde 2016 o Acre também se tornou território fértil para a atuação destas facções, com execuções de rivais dentro e fora dos presídios.

A posição do Acre e do Amazonas na fronteira com os maiores produtores de drogas do mundo fazem os dois estados se tornarem alvo das facções. O domínio da rota do tráfico é essencial para garantir o lucro destes grupos, que têm no tráfico de drogas sua principal fonte de sobrevivência.

No Acre, até o momento, não se tem informações sobre a organização da FDN, centrada mais no Amazonas. Por aqui a guerra é entre CV e a paulista Primeiro Comando da Capital (PCC). A rivalidade entre as duas tem deixado a população acreana no meio do fogo cruzado. O governo Sebastião Viana (PT) tem usado essa disputa como a principal causa para a atual crise da violência no estado.

Em 48 horas, sete execuções com uso de arma de fogo foram registradas em Rio Branco. A polícia diz que são fruto da guerra entre as facções. Ainda não se sabe se há relação com o desentendimento surgido em Manaus.

Propaganda

Destaque 2

OPERAÇÃO SANTINHOS: Pastor Manuel Marcos e Doutora Juliana são alvos de operação da PF

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, dia 11, em Rio Branco, uma mega operação para apurar o desvio de recursos do Fundo Eleitoral utilizado em financiamento de campanhas esse ano. Na lista dos presos estão o vereador Manuel Marcos e a deputada estadual Dr. Juliana Rodrigues, ambos do PRB.

Manuel Marcus, pastor da Igreja Universal e atual presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, foi eleito deputado federal com pouco mais de 7 mil votos. Juliana Rodrigues, que já é deputada estadual, foi reeleita para o cargo no Parlamento Acreano. Os dois receberam cedo a visita dos agentes da PF.

Segundo apurou ac24horas, um total de 17 mandados de busca e apreensão são cumpridos desde as primeiras horas do dia. Além dos dois deputados eleitos, os mais de 100 policiais cumprem mandados judiciais na Câmara Municipal, Assembleia Legislativa, e em outros órgãos públicos. Gabinetes de políticos também são alvo.

Ainda segundo a Polícia Federal, os agentes executam um total de oito mandados de prisão. Os nomes dos alvos, contudo, ainda não foram divulgados oficialmente pela instituição devido ao sigilo do processo de investigação.

As sedes do Procon, PRB e Assembleia Legislativa do Acre e uma gráfica da capital também foram alvos de busca e apreensão.

Continuar lendo

Destaque 2

Polícia Federal deflagra operação contra políticos do Acre

Publicado

em

A Polícia Federal do Acre deflagrou, na manhã desta terça-feira, dia 11, uma operação que mira políticos eleitores e correligionários. Os agentes da polícia judiciária federal entraram em campo antes das 6 horas, e tinham como alvos alguns bairros da Capital.

As primeiras informações, ainda extraoficiais, tratam que eleitores foram alvos de mandados de prisão. Também teriam sido presos membros de um partido que têm ligação pessoal com dois dos políticos alvos da ação policial.

A Polícia Federal, procurada, confirmou a ação, mas não revelou detalhes sobre a operação, nem os nomes dos alvos.

Uma equipe da PF foi flagrada por internautas no Condominio Castanheira, fazendo uma busca e apreensão na residência do presidente da Câmara de Rio Branco, pastor Manuel Marcos (PRB), que foi eleito deputado federal nas eleições deste ano. Outro alvo da operação, segundo informações, seria a deputada estadual Doutora Juliana, também do PRB, que foi reeleita este ano.

Mais informações a qualquer momento.

Continuar lendo

Destaque 2

Governo de Sebastião Viana ainda não sabe se vai pagar o 13º

Publicado

em

O governo do Acre ainda não sabe se será possível pagar o 13º salário neste mês, porém informa que trabalha para efetuar o pagamento aos 45 mil servidores públicos estaduais até o dia 31 de dezembro.

A previsão é de que a primeira parcela do Fundo de Participação dos Estados (FPE) seja paga nesta segunda-feira, 10. A segunda deve ser paga em 20 de dezembro. São repasses que reforçam os cofres do Estado.

O atraso seria inédito nos governos da Frente Popular. O governo de Sebastião Viana tenta manter a tradição das gestões petistas que sempre se gabaram em sua propagandas de pagar em dia.

Nesta segunda, a assessoria de Sebastião Viana, ao ser procurada por ac24horas, deu o tom da dificuldade para cumprir a meta de pagar os salários do mês de dezembro e o 13º ao informar que “o governo continua trabalhando no sentido de fechar cumprindo a sua previsão de honrar com o compromisso do pagamento do salário e décimo. Assim que tivermos a definição, faremos o anúncio”, informou.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.