Conecte-se agora

Médico acreano de 36 anos morre em acidente em rodovia no interior de São Paulo

Publicado

em

O médico Jerson Meireles Neto, de 36 anos, morreu e outras cinco pessoas ficaram feridas, após o capotamento de camionete na rodovia Dom Pedro, neste sábado (12), em Igaratá, no interior do Estado de São Paulo.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) o acidente foi por volta das 5h30 no km 18 da rodovia, quando o motorista perdeu o controle e capotou. A família do médico é do município de Brasileia. O Pai da vítima funcionário do Ibama.

Os familiares que residem no Acre souberam da notícia nas primeiras horas da manhã de hoje. O carro ficou completamente destruído. O condutor não resistiu aos ferimentos e morreu no local do capotamento na rodovia federal.

De acordo com jornais da região onde aconteceu o acidente, outras quatro pessoas tiveram ferimentos graves e foram lavadas para hospitais da Vila, em São José dos Campos, e Santa Casa de Jacareí. Uma outra teve ferimentos leves.

A família do médico deve viajar para Igaratá, para tratar do translado do corpo que será velado na cidade de Brasiléia, onde moram sua família. A previsão de chegada do corpo é a partir da próxima segunda-feira, dia 14.

Segundo ainda a PRF, não houve congestionamento no local do acidente que vitimou o médico acreano. Apenas o acostamento no trecho foi interditado porque a polícia aguardava a retirada do veículo.

Propaganda

Destaque 5

No Papo Informal, Brunno Damasceno fala sobre rodas de samba no Acre e explica diferença entre samba e pagode

Publicado

em

O sambista acreano Brunno Damasceno foi o entrevistado do Papo Informal, com Luciano Tavares, no ac24horas, nesta quarta-feira, 18. No papo, Brunno fala das diferenças entre samba e pagode, suas agendas e trabalho.

Continuar lendo

Destaque 5

Em visita a Lula, Jorge Viana presenteou o ex-presidente com livro do escritor Paulo Coelho

Publicado

em

Na visita que fez a Lula na cela da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) nesta terça-feira, 17, Jorge Viana deu de presente ao seu líder petista o livro Hippie, de Paulo Coelho, lançado em maio passado.

O livro tem 296 páginas. Escrito na terceira pessoa, a obra é o primeiro registro autobiográfico de Paulo Coelho e têm relatos das prisões do escritor pela ditadura militar brasileira, viagens por várias partes do mundo e ainda registros sobre o espírito hippie dos anos 1970.

“Foi um gesto de carinho ao presidente Lula, a quem conheço e sou amigo há mais de 30 anos”, disse Viana, que afirmou que Lula está “em boas condições e clama por justiça”.

Jorge Viana visitou Lula acompanhado dos senadores emedebistas Renan Calheiros, Edison Lobão e Roberto Requião;
e Armando Monteiro, do PTB.

Continuar lendo

Destaque 5

Jorge Viana e integrantes da CCJ fazem visita a Lula na sede da Polícia Federal em Curitiba

Publicado

em

O senador Jorge Viana (PT-AC) e integrantes da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, incluindo o presidente Edson Lobão (PMDB-MA) bem como os senadores Roberto Requião (PMDB-PR), Renan Calheiros (PMDB-AL) e Armando Monteiro Neto (PTB-PE) estiveram reunidos na tarde desta terça-feira, 17 de julho, durante mais de uma hora com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

Os parlamentares foram designados pela CCJ para fazer uma inspeção nas condições da detenção de Lula e de outros presos na sede da PF em Curitiba. A comissão é suprapartidária e, de acordo com os senadores, a visita foi uma demonstração de respeito pelo líder político, detido há mais de cem dias. Lula disse a eles que abre mão até do direito à liberdade, mas vai seguir lutando para provar sua inocência.

Segundo relatos dos senadores, Lula mantém a esperança de que os recursos encaminhados às instâncias superiores da Justiça sejam examinados e sua condenação seja revertida pelo Supremo Tribunal Federal. “O presidente Lula está em boas condições, mantém-se esperançoso de que sua inocência seja reconhecida”, disse Viana. “Ele clama por Justiça, não quer nenhum tipo de concessão e apenas espera um julgamento justo em respeito a sua história”.

De acordo com Viana, autor do requerimento de inspeção aprovado pela CCJ do Senado, Lula está indignado com a sua prisão, tendo em vista que o processo que o condenou ainda não transitou em julgado e que a Constituição estabelece a presunção de inocência como garantia de todos. “Ele está indignado por sofrer uma injustiça, mas também tem a paciência de quem espera por Justiça”, disse Jorge Viana.

O senador presenteou Lula com a obra “Hippie”, do escritor Paulo Coelho, que fala dos sonhos da geração de jovens dos anos 60 que buscou transformar a sociedade com um ideário pacifista e transformador. “Foi um gesto de carinho ao presidente Lula, a quem conheço e sou amigo há mais de 30 anos”, comentou o parlamentar.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.