Conecte-se agora

Conservatório do Juruá: Uma escola de talentos composta por histórias, sonhos e realizações

Publicado

em

Quem mora no Vale do Juruá já ouviu falar ou pôde conferir, de perto, um pouco do talento das crianças do Conservatório Musical do Vale do Juruá – um projeto idealizado e direcionado pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), em parceria com o Exército Brasileiro e o Poder Judiciário.

O conservatório foi inaugurado em 2017, e contava, inicialmente, com 40 crianças. Mas antes mesmo de completar um ano de criação, ganhou força e, hoje, o coral já reúne mais de 400 integrantes.

“São alunos que atuam com a prática instrumental, violinos, violas, coral e teoria musical. Eles estudam aqui no período de segunda a sexta-feira pela manhã e pela tarde, com apresentação da prática instrumental da orquestra aos sábados pela manhã”, explica o maestro do Exército Brasileiro, Alexandre Sérgio, um dos coordenadores do projeto.

O outro coordenador, promotor de Justiça Iverson Bueno, destaca sua importância e verdadeira essência para a comunidade.

“O foco principal é tirar as crianças das ruas, do mundo das drogas e trazer cultura para Cruzeiro do Sul e, com isso, fazer com que a nossa cidade desenvolva outros valores. Nosso objetivo maior é chegar a uma orquestra sinfônica aqui no Vale do Juruá”, relata o coordenador do projeto.

A procuradora-geral de Justiça do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, que esteve em Cruzeiro do Sul na semana passada para promover uma de suas oficinas de planejamento, disse que a gestão do MPAC tem um olhar e atenção especiais para com o projeto.

“O Ministério Público é reconhecido por suas boas práticas e o que vemos com esse projeto em Cruzeiro do Sul é motivo de orgulho para todos nós que fazemos parte da instituição. Se tem algo que nos toca, nos emociona, é ver o talento e o brilho nos olhos dessas crianças que caminham para um futuro que surge por meio dessa ação”, frisou a procuradora-geral.

 

Mais do que aprender a cantar

Yasmin da Silva, Pedro Leite e Evelyn Brito são apenas três das 420 crianças que fazem parte do projeto ‘Musicalizando Pessoas com Amor e Carinho’. Quando arguidos sobre a representatividade do Conservatório Musical em suas vidas, a resposta é unânime:

“Através do projeto, eu descobri que, com a música, eu posso ter uma carreira, seja no instrumental ou no canto. Todo mundo que faz parte do conservatório acaba criando esse sonho”, afirma Evelyn Brito.

Aos 13 anos de idade, a aluna do Conservatório Musical ostenta uma das mais belas vozes do coral. Ela mora com a mãe, a irmã mais nova e os avós no Bairro Cruzeirão, e está no projeto desde o início.

“No inicio era só ela, agora a minha outra filha também entrou para o coral. Aqui em casa, a gente acompanhou a evolução dela e, do início para cá, ela progrediu muito. Sem falar que o projeto reflete também no comportamento da criança, no emocional. É muito gratificante”, destaca a mãe de Evelyn, a professora Cleidiane Brito.

Talento, oportunidade a apoio familiar

São inúmeras as famílias que acompanham de perto o desenvolvimento e o talento musical de seus filhos. Prova disso é a mãe de Pedro Leite, de 12 anos, a dona de casa Marizete Leite. Ela conta que, no Bairro Formoso, o talento de seu filho é conhecido e o projeto, sem dúvida, mudou suas vidas.

“Ele tá no projeto desde o início e lá ele canta e toca cajón. Eu nunca imaginei que o Pedro tinha o talento que tem para cantar. Uma das maiores surpresas que tive na vida. Aqui eu sou ‘pai e mãe’ dele, então, a felicidade vem duas vezes”, conta sorrindo a mãe.

Na casa da Yasmin da Silva, o apoio familiar não é diferente. Filha única, aos 9 anos, ela é uma das alunas mais populares do Conservatório Musical, não só pelo fato de estar desde o início no projeto, mas também por tocar violão brilhantemente e ter uma voz que sempre estremece, é o que destaca a mãe.

“Lá no coral, as crianças não aprendem só sobre música, mas também sobre valores da vida. Para nós, é de extrema importância, pois tira a criança das ruas e dá a elas um aproveitamento muito melhor de seu tempo. Elas adquirem conhecimento para a vida toda. E lá, a gente forma uma família, porque todos se unem como uma família”, finaliza a professora Gleiciane da Silva.

Ana Paula Pojo – Agência de Notícias do MPAC
Fotos: Tiago Teles

Propaganda

Destaque 2

Liminar dá poder a Sebastião e ao BOPE para acabar com protesto de caminhoneiros na AC-40

Publicado

em

A juiza de direito Maria Olivia Ribeiro acatou nesta sexta-feira, 25, um pedido de liminar do governo do Acre ao expedir um mandado de Reintegração de Posse da Estrada AC-40, especificamente no protesto de caminhoneiros com foco principal em frente ao Parque de Exposição Wildy Viana, no Segundo Distrito de Rio Branco.

A rodovia é de posse e responsabilidade do Estado e não do governo federal.  A decisão da magistrada relata que caso haja resistência, o governo poderá usar a tropa de choque da Policia Militar do Acre, no caso o Batalhão de Operação Especiais (BOPE).

Ainda de acordo com liminar, os sindicatos dos Trabalhadores Rodoviários Autonomos de Bens do Estado do Acre, Mototaxistas, Motoboys, Motofretes e Taxistas, responsáveis pelo bloqueio de mercadorias poderão pagar R$ 1 mil de multa por dia, caso descumpram a decisão judicial.

O governo do Acre alega que o movimento estaria obstruindo irregularmente o livre trafego de veiculos, pessoas e mercadorias, causando prejuizos a toda a população.

Até o fechamento desta matéria, o governo ainda não havia cumprido a decisão. Procurada, a secretaria de comunicação, Andrea Zilio, afirmou que a Procuradoria-Geral do Estado estava no aguardo de uma revisão da decisão, mas não deu maiores detalhes.

Ministro do STF autoriza uso de força para desbloqueio de rodovias e impõe multa a quem descumprir decisão

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes concedeu nesta sexta-feira (25) uma liminar (decisão provisória) em que autorizou o uso das forças de segurança pública para o desbloqueio de rodovias ocupadas por caminhoneiros grevistas. A liminar de Moraes atende a um pedido do governo federal.

A pedido do governo, Moraes impôs multa de R$ 100 mil por hora às entidades que atuarem nas interdições de vias, além de multa de R$ 10 mil por dia para motorista que esteja obstuindo a pista.

Na ação, assinada pelo presidente Michel Temer e pela advogada-geral da União, Grace Mendonça, o governo pede que o STF considere a greve ilegal porque, apesar de ter “compromisso democrático” com a livre manifestação, não se pode inviabilizar direitos fundamentais, como a locomoção.

A Advocacia Geral da União apontou ainda risco de “caos social” em razão da falta de combustível e desabastecimento de alimentos.

Continuar lendo

Destaque 2

Se greve dos caminhoneiros continuar, pode faltar cerveja a partir de segunda no Acre

Publicado

em

A greve dos caminhoneiros que já está nos seu quinto dia em todo o país já preocupa empresários acreanos do ramo de postos de combustíveis e de supermercados, devido a possibilidade da falta de alguns itens para ofertar ao consumidor. Mas existe um item que poderá ficar escaço a partir da próxima segunda-feira, 28: a cerveja.

O ac24horas conversou com a gerência de uma das maiores distribuidoras de bebidas do Estado que repassou a informação de que se a greve não terminar em breve, a cerveja poderá ser artigo de luxo a partir da próxima semana.

Dezenas de carretas com destino o Acre estão encostadas entre os Estados de Rondônia e Mato Grosso. “A cerveja latinha tipo periguete já está acabando. O que sempre acontece nesses casos é o aumento da procura, por medo de desabastecimento e a tendência é que a partir dos próximos dias o consumidor já sinta falta daquela gelada”, disse o gerente que pediu para não ter seu nome divulgado.

Caso a paralisação continue, os supermercados serão os primeiros a sentir o efeito da falta de cerveja, já que muitos também tem carretas próprias paradas nas estradas.

Continuar lendo

Destaque 2

Federação Internacional de Futebol divulga música oficial da Copa do Mundo Rússia 2018

Publicado

em

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) divulgou hoje (25), a música oficial da Copa do Mundo da Rússia 2018. A canção Live it Up é interpretada pelo cantor americano Nicky Jam, artista de origem dominicana e porto-riquenha cujas músicas são cantadas em espanhol.

A música também conta com a participação do ator e rapper americano Will Smith e da cantora kosovar de origem albanesa Era Istrefi. Live it Up tem trechos cantados em inglês e em espanhol.

Faltam 20 dias para a Copa do Mundo, que será aberta em 14 de junho, com um jogo entre Rússia e Arábia Saudita, às 12 horas (horário de Brasília), no estádio Luzhniki, em Moscou.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.