Conecte-se agora

Procuradora-geral de Justiça realiza oficina de gestão para discutir planejamento estratégico no Vale do Juruá

Publicado

em

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo, esteve no sábado, 28, em Cruzeiro do Sul, para realizar mais uma etapa das agendas de planejamento regional de sua gestão. A reunião de nivelamento conceitual e metodológico sobre seu plano de gestão teve a presença de membros e servidores do MPAC que atuam em toda a região do Juruá.

A oficina foi direcionada pelos servidores da Diretoria de Planejamento e Gestão Estratégica e teve a presença de diretores do órgão e do corregedor-geral do MPAC, Celso Jerônimo de Souza.

“Tivemos uma agenda muito positiva no Vale do Juruá, pois ouvimos nossos membros e servidores em relação às suas necessidades locais. Isso nos permite alinhar as ações do Ministério Público das regionais e compensar as ações necessárias à resolução das problemáticas locais”, destacou Kátia Rejane.

O Plano de Atuação do MPAC foi construído por meio de um processo onde se buscou ouvir o cidadão, por meio de audiências públicas e outros instrumentos que possibilitaram à instituição conhecer as necessidades da sociedade e pensar de que forma o Ministério Público, dentro de suas atribuições funcionais, pode atendê-las.

“Essa foi uma agenda de suma importância para as promotorias da nossa regional, para alinhar os pensamentos, buscar as peculiaridades locais, o senso crítico, as soluções. Acredito que esse debate afina um resultado eficiente”, frisou a promotora de Justiça Bianca Bernardes.

As oficinas de Gestão já foram realizadas nas regiões do Alto Acre, Purus e Juruá. As próximas agendas serão em Tarauacá/Envira e Baixo Acre.

“Aqui, pudemos tratar de assuntos internos e externos com a Administração Superior. Muito positiva essa interiorização do Planejamento Estratégico. Sem dúvida é uma agenda que só nos faz avançar para, cada vez mais, atender a justiça e a população”, frisou o servidor Cordolino Mota de Araújo.

Agência de Notícias do MPAC.

Propaganda

Destaque 7

Prefeitura de Brasiléia realiza manutenção em ramais para garantir programas governamentais

Publicado

em

Aproveitando a estiagem da chuva, a Prefeitura de Brasiléia através da Secretaria Municipal de Obras tem dado continuidade aos trabalhos de recuperação e manutenção dos ramais, limpeza de bueiros e manutenção de pontes do quilometro 13, 18 e 19.

Os trabalhos estão sendo aplicados principalmente nos pontos mais críticos, próximo aos rios, canais e pontes. A ação é realizada também como prevenção ao período chuvoso que se aproxima.

O Secretário de Obras, Carlinhos do Pelado, falou a respeito dos trabalhos realizados.

“Nós estamos com três equipes, uma em cada ramal, realizando os trabalhos necessários para beneficiar a comunidade. Entre ela a limpeza das laterais dos ramais que irão beneficiar os moradores com o programa Luz para Todos, limpeza de bueiros, manutenção de pontes entre outros. Dessa forma o trabalho continua tanto na área urbana quanto na rural”, explicou Carlinhos.

Esses ramais são importantes pela posição estratégica e para o escoamento da produção sendo a principal ligação com as comunidades da região.

Continuar lendo

Destaque 7

Videomaker do ac24horas mostra as pessoas que sobrevivem do trânsito de Rio Branco

Publicado

em

Limpador de parabrisa, malabarista, vendedor e locutor. O videomaker do ac24horas, Kennedy Santos, passou dias afinco em busca de retratar o trabalho informal de dezenas de pessoas que vivem do movimento do trânsito na capital do Acre. A maioria sobrevive com menos de um salário minimo e mesmo correndo atrás do sustento ainda são vitimas dos mais variados tipos de preconceito. Confira a reportagem sob um olhar diferenciado e humano.

Continuar lendo

Destaque 7

Reações em adolescentes pós-vacinação contra o HPV serão investigadas no Acre

Publicado

em

Nas ultimas semanas, várias adolescentes relataram aos pais reações anormais pós-vacinação contra o vírus HPV. A vacina é distribuída pelo poder público às garotas com idades entre 11 e 13 anos, como forma de prevenção. No Acre, uma garota chegou a ser internada após desmaios e perda dos controles motores do corpo.

O caso chamou a atenção as autoridades do setor de saúde, que já iniciaram a investigação das reações. Uma equipe do Comitê de Famacovigilância em Vacinas, de Manaus (AM), está no Acre para iniciar pesquisas sobre os problemas relatados pelas menores. Ao todo, 10 garotas tiveram problemas no Acre.

O coordenador de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), Maiséis Viana, confirma que há indícios de mais de 10 casos, mas oficialmente apenas 10 estão sendo investigados. Há inclusive casos de mortes pós-vacinação, mas a pasta alerta que não houve relação com a vacina.

“O que temos a dizer é que estamos iniciando uma investigação, e ela ainda leva um tempo, até porque são casos complexos que merecem ser estudados. É interesse nossos que fechemos esses casos e tenhamos um resultado. Na próxima semana o Ministério da Saúde vai estar enviando o relatório dessa visita”, explica.

O que pode acontecer com quem toma a vacina?

Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), os eventos adversos mais comuns relacionados à vacina de HPV são dor, inchaço e vermelhidão no local da aplicação. Febre, mal estar e dor de cabeça também são reações relatadas por parte dos vacinados.

Podem ocorrer ainda desmaios nos primeiros 15 minutos após a vacinação. Segundo os especialistas, essas reações são benignas, sem gravidade e não deixam sequelas. Os desmaios não são reações específicas à vacina de HPV e que estão relacionados a fatores emocionais.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.