Conecte-se agora

Procuradora-geral de Justiça realiza oficina de gestão para discutir planejamento estratégico no Vale do Juruá

Publicado

em

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo, esteve no sábado, 28, em Cruzeiro do Sul, para realizar mais uma etapa das agendas de planejamento regional de sua gestão. A reunião de nivelamento conceitual e metodológico sobre seu plano de gestão teve a presença de membros e servidores do MPAC que atuam em toda a região do Juruá.

A oficina foi direcionada pelos servidores da Diretoria de Planejamento e Gestão Estratégica e teve a presença de diretores do órgão e do corregedor-geral do MPAC, Celso Jerônimo de Souza.

“Tivemos uma agenda muito positiva no Vale do Juruá, pois ouvimos nossos membros e servidores em relação às suas necessidades locais. Isso nos permite alinhar as ações do Ministério Público das regionais e compensar as ações necessárias à resolução das problemáticas locais”, destacou Kátia Rejane.

O Plano de Atuação do MPAC foi construído por meio de um processo onde se buscou ouvir o cidadão, por meio de audiências públicas e outros instrumentos que possibilitaram à instituição conhecer as necessidades da sociedade e pensar de que forma o Ministério Público, dentro de suas atribuições funcionais, pode atendê-las.

“Essa foi uma agenda de suma importância para as promotorias da nossa regional, para alinhar os pensamentos, buscar as peculiaridades locais, o senso crítico, as soluções. Acredito que esse debate afina um resultado eficiente”, frisou a promotora de Justiça Bianca Bernardes.

As oficinas de Gestão já foram realizadas nas regiões do Alto Acre, Purus e Juruá. As próximas agendas serão em Tarauacá/Envira e Baixo Acre.

“Aqui, pudemos tratar de assuntos internos e externos com a Administração Superior. Muito positiva essa interiorização do Planejamento Estratégico. Sem dúvida é uma agenda que só nos faz avançar para, cada vez mais, atender a justiça e a população”, frisou o servidor Cordolino Mota de Araújo.

Agência de Notícias do MPAC.

Propaganda

Destaque 7

Rio Acre sai da cota de alerta, mas volume de água exige atenção

Publicado

em

O nível do Rio Acre saiu da cota de alerta na tarde desta segunda-feira (21), marcando 13,47 metros na medição das 16h. A cota de alerta é de 13,50m e a de transbordamento, 14m. No entanto, a atenção da Defesa Civil permanece porque é grande o volume de água e, caso o rio volte a subir, as cotas de alerta e transbordamento poderão ser alcançadas bem mais rapidamente.

De seu lado, o Centro Nacional de Monitoramento de Desastres Naturais (Cemaden) retirou os alertas que havia emitido no fim de semana para o rios Acre e Madeira.

Continuar lendo

Destaque 7

Rio Acre alcançou 14,43m e Prefeitura manteve equipes de plantão todo o final de semana

Defesa Civil vai funcionar no Parque de Exposições até o fim do inverno amazônico

Publicado

em

Por determinação da prefeita Socorro Neri, durante todo o final de semana, as equipes da Defesa Civil, Zeladoria da Cidade, EMURB e Secretaria de Ação Social, ficaram de plantão no Parque de Exposições Wildy Viana para o caso de retirada, transporte e acolhimento de famílias que eventualmente tenham suas casas atingidas pela cheia do Rio Acre, que no sábado à tarde alcançou 14.43 metros.

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) contou com 8 militares e civis. Zeladoria e EMURB mantiveram 16 pessoas no plantão, além de 4 equipamentos. A Secretaria de Assistência Social manteve 13 pessoas, entre técnicos e assistentes sociais, no Parque.

A Defesa Civil passou a funcionar no Parque de Exposições, onde permanecerá até o fim do inverno Amazônico. Nesta segunda-feira, 21, na medição das 9 horas da manhã, o Rio Acre já estava com 13.63 metros, mas segundo o coordenador da COMDEC, Cel. George Santos, “a determinação da prefeita Socorro Neri é que toda a estrutura já montada com 94 boxes, lavanderia, cozinha e unidade de saúde, permaneça da forma que está, para o caso de necessidade. E nós do CONDEC, permaneceremos aqui até abril, quando acaba o período chuvoso e o risco de enchentes. A decisão da prefeita leva em conta a agilidade na resposta da estrutura da Prefeitura”, cita o militar.

Na sexta-feira e no sábado, a Prefeitura retirou 5 famílias dos bairros Ayrton Senna e Baixada da Habitasa, que foram levadas para a casa de parentes, e quando quiserem, serão transportadas de volta para as residências.

A secretária adjunta de Assistência Social, Dora Araújo, cita que nenhuma das famílias precisou de benefícios eventuais, como ocorreu na enxurrada dos igarapés no último dia 13, quando a secretaria levou água mineral para várias famílias. “Estamos a postos para agir em qualquer dia e hora”, cita.

A COMDEC segue monitorando o Rio Acre desde Assis Brasil, bem como como o Riozinho do Rôla e demais mananciais da região.

Continuar lendo

Destaque 7

Rio Acre apresenta vazante e sai da cota de transbordamento

Publicado

em

O nível do Rio Acre vazou substancialmente nas últimas 24 horas, marcando 13,70 metros na medição das 6h desta segunda-feira (21) -58cm a menos que na medição anterior. E a tendência é de vazante. O Rio Acre chegou a 14,43m no fim de semana mas nenhuma família de Rio Branco precisou de recorrer aos abrigos públicos. No entanto, cinco delas pediram ajuda da Defesa Civil para deixarem suas casas e irem morar temporamente com parentes. As autoridades mantém o nível de alerta.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Leia Também

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.