Conecte-se agora

A convite de Isaac Lima, Jéssica Sales participa do início da entrega de grupos geradores nas comunidades do rio Môa

Publicado

em

A convite do prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima (PT), a deputada federal Jéssica Sales (MDB) participou no último final de semana, nas comunidades ribeirinhas do rio Môa, dos eventos que marcaram o início do projeto que pretende entregar 40 grupos geradores de energia — no valor de R$ 300 mil — adquiridos através de uma emenda de sua autoria, junto ao Programa Calha Norte, que é coordenado pelo Ministério da Defesa. Ela destaca que após a entrega e instalação dos equipamentos que deverá ser finaliza pela prefeitura, centenas de pessoas serão beneficiadas com energia elétrica. Parte da população da zona rural do município ainda não dispõe de energia elétrica em suas casas, mas aos poucos a realidade dos moradores vem mudando. Os vereadores Renan, Mazinho, Zeca do Pentecostes e secretários municipais participaram da programação.

“Quero agradecer o carinho e o respeito que o prefeito Isaac Lima sempre destina a mim. Ele fez questão da minha presença na entrega dos equipamentos, pois assim como eu, ele sabe que a verdadeira política é feita sem cores partidárias, porque servir a população é o nosso maior compromisso. Não foi possível fazermos a entrega de todos os geradores, mas em breve a prefeitura irá concluir toda a distribuição, contemplando todas as 40 comunidades divulgadas, no projeto aprovado pelo Ministério da Defesa, que por usa vez deverá vistoriar a instalação e uso de cada equipamento nas referidas comunidades. A seleção das famílias é feita com total autonomia da Prefeitura. Assim cumpro mais um compromisso que assumi com a população ribeirinha”, diz Jéssica Sales.

Além de atender as escolas, os geradores servirão também para a população das comunidades ribeirinhas. Jéssica Sales destaca que é preciso um esforço muito grande de todos os representantes públicos do Acre para mudar a realidade das localidades que não foram atendidas pelo Programa Luz Para Todos, como é o caso das comunidades ribeirinhas do interior do Estado, onde as longas distâncias e a dificuldade de acesso tornam quase impossível a instalação de redes elétricas convencionais. “Nesses lugares a energia não existe, todos usam velas, lamparinas e são poucas as famílias que têm condições de comprar um gerador. É preciso fazer um mandato junto ao povo como fazemos para saber a da realidades e das verdadeiras necessidades dos ribeirinhos”, enfatiza Jéssica.


As cerimônias de entrega dos geradores foram realizadas na Escola Gezuilo Eudes, comunidade Socó; Escola Pedro de Moraes, comunidade São Salvador; Entrega na Escola 07 DE Setembro, comunidade Conceição; Escola estadual Hermilio Generoso de Oliveira, comunidade Meia Dúzia; Escola Josefa de Queiroz, comunidade Pé da Serra; Escola Francisco Militao, comunidade Zumira; Escola Pedro de Moraes , terra Indígena Nukini; Escola Estadual Adelia Costa, comunidade Indígena Naua. “A chegada destes equipamentos oferecerá comodidade às famílias, proporcionando-lhes um pouco de conforto nas suas residências, como iluminação noturna, refrigeração para conservação de alimentos, captação de água para uso doméstico”, finaliza Jéssica Sales.

Abaixo, o quadro com todos os benefícios que o mandato da deputada federal Jéssica Sales ajudou a conquistar para o município de Mâncio Lima. O volume de recursos de apadrinhamento de emendas apresentadas por deputados da legislatura anterior ultrapassa R$ 1,2 milhão. Enquanto as indicações de autoria da parlamentar emedebista superam a casa dos R$ 7,5 milhões. Nos primeiros três anos de mandato, os recursos destinados por Jéssica Sales para Mâncio Lima chegam a mais de R$ 8,7 milhões, o que pode ser visto como uma demonstração que a parlamentar desempenha um trabalho que leva recursos para todas as administrações municipais, independente das cores partidárias dos gestores dos municípios:

Propaganda

Destaque 2

Secretário de Sebastião leva murro na cara ao sair de boate em Rio Branco: “me chamaram de petralha”

Publicado

em

O controlador-geral do Estado, Giordano Simplicio Jordão, 39 anos, que desde segunda-feira, 22, responde também como Diretor-Presidente do Iteracre, após a Polícia Federal prender o então gestor da pasta Nil Figueiredo por compra de votos na última eleição, foi agredido na madrugada do último domingo, 21, ao sair de uma boate em Rio Branco. Uma foto de Simplício começou a circular nesta terça em vários grupos de whatsapp e causou uma alvoroço nas redes sociais por se tratar de um membro do primeiro escalão do governo Sebastião Viana.

Por telefone, Giordano esclareceu ao ac24horas que estava com amigos na Boate Xerife 68, localizada na Avenida Getúlio Vargas, e que ao deixar o recinto foi agredido por um homem com um murro no olho. “Eu nem sei quem é este rapaz. Do nada ele chegou em mim e deu um murro. Não sei o que motivou ele a fazer isso, mas só lembro que ele me chamou de petralha, mas acredito que isso não tenha nenhum envolvimento com política não”, explicou.

O chefe da CGE e Iteracre afirmou que foi ao Pronto-Socorro e apenas constatou-se um corte superficial no rosto, sem sequelas. “Foi tudo tranquilo. Eu apenas fui no Pronto Socorro para me certificar e nem ao mesmo registrei Boletim de Ocorrência. Eu não sei quem é a pessoa. Para mim é caso encerrado”.

Nas redes sociais, circulou uma história que horas antes da agressão, Giordano havia se desentendido com uma pessoa na Casa Noturna A Tardezinha, que fica na Avenida Ceará, próxima a FAAO, mas ele esclarece que foi apenas uma pequena discussão que não tem nada a ver com ocorrido na Xerife. “Foi um desentendimento bobo. Estávamos em amigos. Tanto que a pessoa ficou lá com a gente. Acredito que a agressão não tenha partido disso ai não”, disse.

BRIGA GENERALIZADA

Um video ganhou as redes sociais logo após a matéria de ac24horas ser publicada narrando o ocorrido com Giordano Jordão. Nas imagens, é possivel verificar que várias pessoas iniciam uma briga generalizada em frente a Boate Xerife 68, mais precisamente em frente a Fecomercio. No episódio, vários homens agridem o responsável por agredir o secretário, Na cena ainda é possivel constatar que o próprio Giordano agride o rapaz.

“De fato, sou eu no video mesmo. Eu agi pelo calor da emoção. Fui revidar, tirar satisfação das agressões, ai tinha muita gente lá que acabou vendo toda a situação e começou a agredir o rapaz também. Eu agi apenas no calor da emoção. Não é do meu perfil fazer isso”, explicou o secretário.

Continuar lendo

Destaque 2

Detran abre edital de leilão de veículos no município de Cruzeiro do Sul; saiba mais

Publicado

em

O Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Acre (Detran/Ac) publicou na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira, 23, edital de leilão público de 55 veículos, entre motocicletas e automóveis.

O leilão será realizado no dia 07 de Novembro de 2018, às 09h,nas dependências do Teatro do Náuas, situado na Rua Purus,479, Bairro João Alves, Cruzeiro do Sul – AC.

Os veículos estarão expostos para visitação no Depósito de Veículos Removidos da 1ª CIRETRAN – Cruzeiro do Sul, situado na Av. Copacabana, 658 – Floresta, CEP: 69.980-000, do dia 29/10 a 01/11 e de 05 a 06/11/2018, no horário de 08h às 12h e das 14h às 16h.

As visitas aos veículos, só serão possíveis após o cadastramento do visitante, mediante apresentação de documento de identificação oficial com foto.

O cadastro dos interessados em participar do leilão estará disponível no local de visitação ou via internet no site da Leiloeira Oficial www.saleiloes.com.br, no período de 24/10 a 06/11/2018.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Destaque 2

Considerado de linha dura, coronel Mário César é convidado para ser o comandante da PM do Acre

Publicado

em

O coronel Mário César, atualmente na reserva, foi convidado pelo Major Rocha (PSDB), vice-governador eleito, a quem Gladson Cameli deu total autonomia para comandar as indicações da segurança pública do Acre, para ser o comandante da Polícia Militar.

“Fiz o convite. Ele [Mário César] ficou de me dar a resposta. É claro que eu ainda preciso do aval do governador”, diz Major Rocha.

Mário César é considerado de linha dura. Por isso a escolha de Rocha. “Não vamos dar trégua para a bandidagem”, afirma.

O Coronel foi nomeado em 2014 pelo governador Sebastião Viana (PT) para ser subcomandante da Policia Militar, onde ocupou o cargo por dois anos.

Outro indicado de Rocha é o procurador João Pires, do Ministério Público Estadual, para a Secretaria de Segurança Pública do Acre.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.