Conecte-se agora

A versão cruzeirense de Marcus Viana: apreciador de cafezinho e peladeiro

Publicado

em

A versão cruzeirense do paulista Marcus Viana não é muito diferente daquela que todo mundo conhece em Rio Branco: andarilho, apreciador de cafezinho, proseador e peladeiro.

Há uma semana que o petista está em Cruzeiro do Sul. Alugou uma casa na cidade para cumprir agendas no Juruá. Ele acha que será possível em cerca de dois meses conversar com muita gente e ouvir proposta locais para seu plano de governo.

Marcus anda geralmente com um segurança, um fotógrafo é um assessor, que é seu motorista. Também o acompanhou nesta semana seu vice Emylson Farias e Cesário Braga, secretário de Organização Partidária do PT do Acre.

Os mercados municipais de Cruzeiro do Sul foram os lugares mais frequentados pelo pré-candidato do PT ao governo do Acre. Afinal, para quem quer conhecer tudo sobre uma cidade não há lugar melhor que mercados públicos. Por eles circulam ricos e pobres, fofoqueiros, políticos, jornalistas, advogados, todo mundo.

No mercado, o petista comprou biscoitos de goma e farinha de Cruzeiro do Sul. Para “virar” cruzeirense, após comer o biscoitinho e comer “a melhor farinha do mundo”, precisa tomar banho no igarapé Preto, é o que dizem os moradores da cidade. Marcus ainda não mergulhou nas águas escuras e geladas do igarapé.

Nas reuniões já realizadas em Cruzeiro, Mancio Lima e Rodrigues Alves, Viana costuma lembrar que “ajudou a construir as principais pontes da BR-364” quando era diretor-presidente do Deracre (2007 – 2012) e se gaba sempre da ponte do rio Juruá, a maior em extensão do Acre.

O PT tem como estratégia diminuir a diferença de Marcus para Gladson na região. As pesquisas apontam uma margem de votos considerável entre ambos com Cameli bem na frente.

O pré-candidato do PT já se se reuniu com o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, emedebista, cabo eleitoral de Gladson Cameli.

Marcus espera que o juruaense se convença de que um candidato precisa de um plano específico para a região e critica quem reúne um “conselho de notáveis” e elabora um projeto de governo para o Acre a partir de Rio Branco.

“As regiões tem demandas diferentes. Por muito tempo o Juruá ficou em uma conexão direta pelo rio Juruá com Manaus e o abastecimento não ocorria por conta da estrada que não existia, só no verão dava acesso. Essa realidade mudou depois que essa estrada foi construída. É claro que há dificuldade no acesso, mas hoje é uma realidade diferente. Rodrigues Alves, por exemplo, tem o sonho de ter a ponte (sobre o Juruá) para não ter que atravessar por balsa. Essa é um desafio que vou levar no meu coração. Os jovens de Cruzeiro do Sul esperam por oportunidades. Nós temos também questões corriqueiras como é o caso do TFD, que também ouvi. Tem os desafios de ramais, os acessos dos ribeirinhos. Sobre a produção nós vamos dar continuidade ao trabalho de assistência técnica iniciado pelo governador Tião Viana. O apoio cada vez maior às casas de farinha. Eu estive no porto e vi embarcar toneladas de farinha para Manaus”, diz.

Propaganda

Cotidiano

Acidente entre carro e motocicleta complica trânsito na Estrada Dias Martins

Publicado

em

Um acidente ocorrido na Estrada Dias Martins complicou o trânsito na região no fim da tarde desta segunda-feira (21). Um motociclista foi ´fechado´ por outro veículo e sofreu fratura no antebraço. O Samu foi acionado e prestou os primeiros socorros. A patrulha da Polícia Rodoviária Federal foi acionada e seguia no local até o começo da noite para controlar trânsito, que é de grande intensidade por causa do horário de pico.

Continuar lendo

Cotidiano

Detran/Acre notifica 614 proprietários de veículos retidos no patio do órgão

Publicado

em

Três editais de notificações de veículos retidos na pátio do órgão, em de Rio Branco, foram publicados pelo Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC), nesta segunda- feira, 21, no Diário Oficial. O informe dá prazo de 20 dias para que os proprietário se apresentem.

Segundo o Detran, as notificações são para que os proprietários e instituições financeiras, responsáveis pelos automóveis, façam a retirada de seus bens do pátio de veículos removidos. Os responsáveis podem fazer o resgate dos veículos, mediante ao pagamento de todos os débitos vinculados ao bem.

“Os veículos foram recolhidos pelo departamento por alguma irregularidade, e caso o proprietário não faça o resgate, esses automóveis podem ir a leilão de acordo com resolução 623/2016 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran)”, explica o diretor de operações da autarquia, Isaías Brito.

Para reaver suas propriedades, os donos dos bens devem comparecer ao Pátio de Veículos Removidos do Detran, localizado na Avenida Antônio da Rocha Viana, 2005, Jardim Manoel Julião, em Rio Branco das 8h às 17h.

Continuar lendo

Cotidiano

18 municípios do Acre cortam gastos com saúde; tesourada do Bujari é de quase 35%

Publicado

em

Pelo menos 18 municípios acreanos reduziram seus gastos per capita em saúde entre 2013 e 2017, informou nesta segunda-feira (21) o Conselho Federal de Medicina (CFM). O município de Bujari foi o que mais cortou: -34%. O 2º é Sena Madureira, que saiu de R$ 150,76 em 2013 para R$ 99,59 – uma queda de 33,9% em apenas quatro anos. Já Capixaba, último do ranking da tesoura na saúde, cortou apenas 0,2%.

Dos poucos que não cortaram, Assis Brasil conseguiu ampliar em 2,5% seus investimentos per capita em saúde. Brasil aumentou em 1,2% e Plácido de Castro não forneceu informações.

O problema é ainda maior quando se analisa o cenário nacional: quase metade dos 2.824 municípios brasileiros que constavam do último edital do Programa Mais Médicos (PMM) reduziram seu gasto per capita com recursos próprios em ações e serviços públicos de saúde desde a implantação da iniciativa. “Os dados apontam que essa queda foi registrada entre 2013 (ano de implementação do Programa) e 2017 (anterior ao anúncio de saída do PMM pelo governo cubano). No entanto, essa retração não é o único fenômeno observado na avaliação das contas municipais. Seis em cada dez cidades contempladas pelo último edital do PMM aplicaram valores orçamentários próprios em saúde abaixo da média nacional entre os municípios no ano passado”, diz o CFM.

Veja quanto reduziu cada prefeitura do Acre:

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Leia Também

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.