Conecte-se agora

Conta de luz voltará a ter cobrança de taxa extra em maio, diz governo

Publicado

em

A conta de luz voltará a ter cobrança de taxa extra em maio, a chamada bandeira tarifária. A bandeira amarela será acionada devido à menor incidência de chuvas com o final do chamado “período úmido” na região das hidrelétricas, principal fonte de geração do país, disse a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) nesta sexta-feira (27).

O anúncio acaba com uma sequência de quatro meses de bandeira tarifária verde neste ano, que não gera custos adicionais. Com a bandeira amarela, as contas terão um acréscimo de R$ 1 a cada 100 kilowatts-hora consumidos.

Em dezembro, vigorou a bandeira vermelha 1 (ou bandeira rosa), com taxa de R$ 3 a cada 100 kWh.

Pouca chuva, conta mais cara

Quando há pouca chuva, o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas cai, o que diminui a produção de energia. Para compensar essa queda, o governo manda acionar usinas termelétricas, a carvão, que são mais caras. Foi o que aconteceu no país desde 2013.

Foi criado, então, o sistema de bandeiras tarifárias, uma cobrança extra na conta de luz para bancar esses custos maiores na produção de energia, que passaram a valer a partir de janeiro de 2015.

A Aneel pede que os consumidores façam o uso eficiente de energia elétrica e combatam os desperdícios.

Nova metodologia e valores

Em outubro, a Aneel decidiu mudar a metodologia das bandeiras tarifárias. A principal alteração foi em relação aos valores, que passaram a valer a partir de novembro.

A taxa extra da bandeira vermelha nível 2 subiu de R$ 3,50 para R$ 5 a cada 100 kWh consumidos e a bandeira amarela caiu de R$ 2 para R$ 1 a cada 100 kWh. A bandeira vermelha nível 1 permaneceu com cobrança extra de R$ 3.

Além dos novos valores, a agência alterou as regras que ditam qual bandeira será adotada em cada mês. Até então, a definição era feita com base na previsão do custo da termelétrica mais cara acionada para atender à demanda.

Com as novas regras, passa a ser avaliado também o nível de produção das hidrelétricas –com mais chances de acionamento das bandeiras se houver o chamado deficit hídrico (conhecido pelo jargão “GSF”), quando as usinas hidrelétricas geram abaixo de suas garantias, que é o montante de energia que elas podem vender no mercado.

Propaganda

Cotidiano

Funai cria Serviço de Informação ao Cidadão para atendimento à população

Publicado

em

Publicada na edição desta sexta-feira (17) do Diário Oficial da União, a portaria 67, de 10/01/2020 institui o Serviço de Informação ao Cidadão, ficando designado o Ouvidor da Funai como autoridade responsável pelas atribuições do SIC.

Entre outras atribuições esse SIC tem como prerrogativa receber e registrar em sistema próprio os pedidos de informação referentes a esta Fundação e verificar a disponibilidade imediata da informação, respondendo de forma autônoma quando houver, além de fornecer diretamente ao cidadão, resposta ao pedido de informações relativo às unidades da Funai, inclusive em relação aos pedidos encaminhados pelo SIC Central, no Ministério da Justiça.

Saiba mais: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-67-de-10-de-janeiro-de-2020-238612664

Continuar lendo

Cotidiano

Procon do Acre disponibiliza telefone 151 para dúvidas da população na volta às aulas

Publicado

em

O Procon segue a Operação Volta às Aulas e alerta para que pais pesquisem muito bem os itens da lista oferecidos pelos estabelecimentos de ensino. Itens como papel higiênico, creme dental podem não ser necessários ao desenvolvimento pedagógico do estudante.

Nessa operação, pelo menos trinta estabelecimentos estão sendo fiscalizados até o fim do mês de janeiro. Os técnicos visitam os estabelecimentos nas cidades do Acre, começando por Rio Branco, para avaliar qualidade e preço do material escolar que é vendido.

O Procon do Acre disponibiliza o telefone 151 para atender a população em caso de dúvidas sobre relação de consumo.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas