Conecte-se agora

Trabalhadores que tiveram suas casas atingidas pelas chuvas poderão sacar FGTS

Publicado

em

A Caixa Econômica, em parceria com a Prefeitura de Rio Branco, e Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC), anunciou nesta sexta-feira, 20, o cronograma de atendimento e pagamento que beneficiará trabalhadores que tenham saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e tiveram suas casas atingidas pelas chuvas ocorridas nos dias 13 e 14 de fevereiro de 2018 na capital. O pagamento foi anunciado durante coletiva de imprensa concedida pelo Superintendente Regional da Caixa, Marcio Fiodi, com a participação da prefeita Socorro Neri, e do coordenador da COMDEC, Cel. BM George Santos.

O pagamento será realizado no período de 02 a 11 de maio, seguindo as regras de pagamento definidas pela Caixa. O atendimento será com hora marcada. O agendamento poderá ser feito por telefone através dos números (68) 999554163 e 3212-6318, a partir do dia 23 de abril, das 08h às 17h. O atendimento será feito na agência sede da Superintendência da Caixa em Rio Branco, na Estação Experimental. “O objetivo é evitar grande aumento do fluxo de pessoas na agência em busca de informação e ter toda efetividade para garantir o pagamento às famílias que têm direito”, destacou o Superintendente da Caixa, Marcio Fiodi.

Pagamento

Após a solicitação de saque, os clientes da Caixa que têm conta poupança individual terão crédito realizado automaticamente em conta.

Os pagamentos aos trabalhadores sem conta iniciarão no dia 09 de maio. Valores de até R$ 1,5 mil poderão ser sacados no autoatendimento da Caixa. Para valores entre R$1,5 mil e R$ 3 mil será necessário que o trabalhador possua o Cartão do Cidadão e senha para recebimento no autoatendimento.

A consulta de saldo do FGTS poderá ser feita mediante consulta ao APP FGTS, no site caixa.gov.br/fgts ou pelo 080007260207. Ao fazer a consulta, o trabalhador deve ter em mãos seu número do PIS./Pasep.

A liberação do recurso é amparada pelo Decreto Municipal 154/2018, que declarou Situação de Emergência e foi reconhecido pelo Governo Federal pela Portaria 49/2018 do Ministério da Integração Nacional, dando direito ao saque total ou parcial, limitado à R$ 6.220,00 de contas vinculadas do FGTS. A medida deve injetar aproximadamente R$ 2 milhões na economia local, beneficiando mais de 3 mil famílias.

Para ter ao acesso ao recurso trabalhador deverá comprovar residência.

Nos dias 13 e 14 choveu 277mm. 99% da chuva prevista para todo o mês. Aquele momento, a chuva forte provocou enxurrada e o transbordamento de igarapés. “Decretamos a “Situação de Emergência e, com apoio do Governo do Estado, fizemos o trabalho imediato de socorro e assistência às famílias atingidas. Realizado o trabalho de assistência, iniciamos então o levantamento técnico com o objetivo de identificar locais e famílias afetadas. A chuva forte e a enxurrada afetaram 245 logradouros, mais de 3 mil casas”, Lembrou Socorro Neri ao agradecer o apoio da Caixa à acolhida da demanda apresentada à instituição administradora do FGTS, ao Governo e demais parceiros em apoio ao município no atendimento às vítimas da chuva.


O relatório gerado a partir do trabalho de campo que identificou as casas atingidas pela enxurrada foi encaminhado à Caixa. Para ter acesso ao recurso, o trabalhador deve comprovar residência. “Tivemos ocorrência em bairros como Recanto dos Buritis, São Francisco, Areal, Bairro da Paz, o relatório fornecido pela Defesa Civil permitirá ao atendente da Caixa saber se o trabalhador consta ou não da lista dos 3 domicílios afetados. O requerente deve comprovar residência até 120 dias anterior ao Decreto da Situação de Emergência, informou o coordenador da Defesa Civil Municipal, Cel. George Santos.

Documentos necessários

Para solicitar o saque, o trabalhador residente nas áreas afetadas pelas enchentes deverá apresentar a seguinte documentação:

Comprovante de residência em seu nome (conta de luz água, telefone, gás, extratos bancários, carnês de pagamento, entre outros (emitidos após 22/10/2017 e anteriores a 21/02/2018);

Documento de Identidade;

Cartão do Cidadão ou cartão de Inscrição PIS/PASEP/NIT, ou Inscrição de Contribuinte Individual junto ao INSS para o doméstico não cadastrado no PIOS/Pasep;

Carteira de Trabalho.

Propaganda

Destaque 5

No Papo Informal, Brunno Damasceno fala sobre rodas de samba no Acre e explica diferença entre samba e pagode

Publicado

em

O sambista acreano Brunno Damasceno foi o entrevistado do Papo Informal, com Luciano Tavares, no ac24horas, nesta quarta-feira, 18. No papo, Brunno fala das diferenças entre samba e pagode, suas agendas e trabalho.

Continuar lendo

Destaque 5

Em visita a Lula, Jorge Viana presenteou o ex-presidente com livro do escritor Paulo Coelho

Publicado

em

Na visita que fez a Lula na cela da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) nesta terça-feira, 17, Jorge Viana deu de presente ao seu líder petista o livro Hippie, de Paulo Coelho, lançado em maio passado.

O livro tem 296 páginas. Escrito na terceira pessoa, a obra é o primeiro registro autobiográfico de Paulo Coelho e têm relatos das prisões do escritor pela ditadura militar brasileira, viagens por várias partes do mundo e ainda registros sobre o espírito hippie dos anos 1970.

“Foi um gesto de carinho ao presidente Lula, a quem conheço e sou amigo há mais de 30 anos”, disse Viana, que afirmou que Lula está “em boas condições e clama por justiça”.

Jorge Viana visitou Lula acompanhado dos senadores emedebistas Renan Calheiros, Edison Lobão e Roberto Requião;
e Armando Monteiro, do PTB.

Continuar lendo

Destaque 5

Jorge Viana e integrantes da CCJ fazem visita a Lula na sede da Polícia Federal em Curitiba

Publicado

em

O senador Jorge Viana (PT-AC) e integrantes da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, incluindo o presidente Edson Lobão (PMDB-MA) bem como os senadores Roberto Requião (PMDB-PR), Renan Calheiros (PMDB-AL) e Armando Monteiro Neto (PTB-PE) estiveram reunidos na tarde desta terça-feira, 17 de julho, durante mais de uma hora com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

Os parlamentares foram designados pela CCJ para fazer uma inspeção nas condições da detenção de Lula e de outros presos na sede da PF em Curitiba. A comissão é suprapartidária e, de acordo com os senadores, a visita foi uma demonstração de respeito pelo líder político, detido há mais de cem dias. Lula disse a eles que abre mão até do direito à liberdade, mas vai seguir lutando para provar sua inocência.

Segundo relatos dos senadores, Lula mantém a esperança de que os recursos encaminhados às instâncias superiores da Justiça sejam examinados e sua condenação seja revertida pelo Supremo Tribunal Federal. “O presidente Lula está em boas condições, mantém-se esperançoso de que sua inocência seja reconhecida”, disse Viana. “Ele clama por Justiça, não quer nenhum tipo de concessão e apenas espera um julgamento justo em respeito a sua história”.

De acordo com Viana, autor do requerimento de inspeção aprovado pela CCJ do Senado, Lula está indignado com a sua prisão, tendo em vista que o processo que o condenou ainda não transitou em julgado e que a Constituição estabelece a presunção de inocência como garantia de todos. “Ele está indignado por sofrer uma injustiça, mas também tem a paciência de quem espera por Justiça”, disse Jorge Viana.

O senador presenteou Lula com a obra “Hippie”, do escritor Paulo Coelho, que fala dos sonhos da geração de jovens dos anos 60 que buscou transformar a sociedade com um ideário pacifista e transformador. “Foi um gesto de carinho ao presidente Lula, a quem conheço e sou amigo há mais de 30 anos”, comentou o parlamentar.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.