Conecte-se agora

Trabalhadores que tiveram suas casas atingidas pelas chuvas poderão sacar FGTS

Publicado

em

A Caixa Econômica, em parceria com a Prefeitura de Rio Branco, e Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC), anunciou nesta sexta-feira, 20, o cronograma de atendimento e pagamento que beneficiará trabalhadores que tenham saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e tiveram suas casas atingidas pelas chuvas ocorridas nos dias 13 e 14 de fevereiro de 2018 na capital. O pagamento foi anunciado durante coletiva de imprensa concedida pelo Superintendente Regional da Caixa, Marcio Fiodi, com a participação da prefeita Socorro Neri, e do coordenador da COMDEC, Cel. BM George Santos.

O pagamento será realizado no período de 02 a 11 de maio, seguindo as regras de pagamento definidas pela Caixa. O atendimento será com hora marcada. O agendamento poderá ser feito por telefone através dos números (68) 999554163 e 3212-6318, a partir do dia 23 de abril, das 08h às 17h. O atendimento será feito na agência sede da Superintendência da Caixa em Rio Branco, na Estação Experimental. “O objetivo é evitar grande aumento do fluxo de pessoas na agência em busca de informação e ter toda efetividade para garantir o pagamento às famílias que têm direito”, destacou o Superintendente da Caixa, Marcio Fiodi.

Pagamento

Após a solicitação de saque, os clientes da Caixa que têm conta poupança individual terão crédito realizado automaticamente em conta.

Os pagamentos aos trabalhadores sem conta iniciarão no dia 09 de maio. Valores de até R$ 1,5 mil poderão ser sacados no autoatendimento da Caixa. Para valores entre R$1,5 mil e R$ 3 mil será necessário que o trabalhador possua o Cartão do Cidadão e senha para recebimento no autoatendimento.

A consulta de saldo do FGTS poderá ser feita mediante consulta ao APP FGTS, no site caixa.gov.br/fgts ou pelo 080007260207. Ao fazer a consulta, o trabalhador deve ter em mãos seu número do PIS./Pasep.

A liberação do recurso é amparada pelo Decreto Municipal 154/2018, que declarou Situação de Emergência e foi reconhecido pelo Governo Federal pela Portaria 49/2018 do Ministério da Integração Nacional, dando direito ao saque total ou parcial, limitado à R$ 6.220,00 de contas vinculadas do FGTS. A medida deve injetar aproximadamente R$ 2 milhões na economia local, beneficiando mais de 3 mil famílias.

Para ter ao acesso ao recurso trabalhador deverá comprovar residência.

Nos dias 13 e 14 choveu 277mm. 99% da chuva prevista para todo o mês. Aquele momento, a chuva forte provocou enxurrada e o transbordamento de igarapés. “Decretamos a “Situação de Emergência e, com apoio do Governo do Estado, fizemos o trabalho imediato de socorro e assistência às famílias atingidas. Realizado o trabalho de assistência, iniciamos então o levantamento técnico com o objetivo de identificar locais e famílias afetadas. A chuva forte e a enxurrada afetaram 245 logradouros, mais de 3 mil casas”, Lembrou Socorro Neri ao agradecer o apoio da Caixa à acolhida da demanda apresentada à instituição administradora do FGTS, ao Governo e demais parceiros em apoio ao município no atendimento às vítimas da chuva.


O relatório gerado a partir do trabalho de campo que identificou as casas atingidas pela enxurrada foi encaminhado à Caixa. Para ter acesso ao recurso, o trabalhador deve comprovar residência. “Tivemos ocorrência em bairros como Recanto dos Buritis, São Francisco, Areal, Bairro da Paz, o relatório fornecido pela Defesa Civil permitirá ao atendente da Caixa saber se o trabalhador consta ou não da lista dos 3 domicílios afetados. O requerente deve comprovar residência até 120 dias anterior ao Decreto da Situação de Emergência, informou o coordenador da Defesa Civil Municipal, Cel. George Santos.

Documentos necessários

Para solicitar o saque, o trabalhador residente nas áreas afetadas pelas enchentes deverá apresentar a seguinte documentação:

Comprovante de residência em seu nome (conta de luz água, telefone, gás, extratos bancários, carnês de pagamento, entre outros (emitidos após 22/10/2017 e anteriores a 21/02/2018);

Documento de Identidade;

Cartão do Cidadão ou cartão de Inscrição PIS/PASEP/NIT, ou Inscrição de Contribuinte Individual junto ao INSS para o doméstico não cadastrado no PIOS/Pasep;

Carteira de Trabalho.

Destaque 5

Com Acre na pindaíba, turma do ac24horas faz leilão das vacas do governador Sebastião Viana

Publicado

em

Continuar lendo

Destaque 5

Em Rio Branco, vice-presidente nacional do PT diz que nova prisão de José Dirceu é injusta

Publicado

em

O vice-presidente nacional do PT, Luiz Dulci, lamentou há pouco, durante a IV Conferência da Amazônia, no Terra Verde Hotel, em Rio Branco, o novo mandado de prisão contra o ex-ministro chefe da Casa Civil, o petista José Dirceu, expedido pela juíza substituta da 13ª Vara Federal, Gabriela Hardt, ontem.

“É uma demonstração de como nosso País é injusto com nossos líderes. Foi um grande coordenador da campanha do Lula 2002”, disse.

Dirceu tem que se apresentar à Polícia Federal (PF) em Brasília até as 17h desta sexta-feira. Ele pode recorrer. O mandado é referente ao processo em que o ex-ministro responde no âmbito da Operação Lava Jato por corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Ele deve cumprir 30 anos e 09 meses de prisão.

A IV Conferência da Amazônia, promovida pela Fundação Perseu Abramo e o Partido dos Trabalhadores, tem a participação de parlamentares do PT acreano, além de membros de diversas organizações de esquerda.

Continuar lendo

Destaque 5

“Estamos vivendo um momento na Assembleia que parece que tá sem pauta lá”, diz vereador

Publicado

em

Pelo segundo dia consecutivo, vereadores de Rio Branco criticaram a atual legislatura da Assembleia Legislativa, em especial o deputado Eber Machado (PDT), vice-presidente do Legislativo Estadual. Os membros do parlamento mirim consideraram oportunistas as declarações de Machado, repercutidas na imprensa, sobre a passagem de ônibus e as críticas contra a retirada da Câmara do debate sobre o aumento tarifa do transporte coletivo.

Mamed Dankar, do PT, disse que a impressão que se tem é de que não há pautas para debate na Assembleia Legislativa e por isso alguns deputados, por puro oportunismo, se intrometem em assuntos restritos ao Legislativo Municipal. “Estamos vivendo um momento na Assembleia que parece que tá sem pauta lá”, disse o petista.

“O Eber foi infeliz quando diz que os vereadores fugirem do tema”, afirmou Antônio Moraes, também do PT.

“Eu aprendi que na política você tem que ter lado. Essa Câmara tem lado”, elogiou o líder do PT na Casa, Rodrigo Forneck.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.