Conecte-se agora

Opositores de Tarauacá, Feijó, Manoel Urbano e Sena Madureira apoiam aliança com Gladson Cameli e Major Rocha

Publicado

em

O pré-candidato ao Governo do Estado, senador Gladson Cameli (Progressistas) e o pré-candidato a vice-governador Major Rocha (PSDB), o senador Sérgio Petecão (PSD) e Marcio Bittar (MDB) e os demais candidatos do arco de aliança formado por 12 partidos se apresentaram nas regiões do Tarauacá/Envira e no Iaco.

O roteiro da caravana começou na última sexta-feira (13), na cidade de Feijó. No Espaço da Maçonaria, os pré-candidatos foram recepcionados por centenas de pessoas. Na manhã de sábado (14), o ato se repetiu em Tarauacá e Manoel Urbano e na noite de sábado, foi a vez de Sena Madureira receber as lideranças.

De acordo com o pré-candidato Gladson Cameli, a caravana atende a um pedido da população e de seus líderes políticos. Na cidade de Feijó, o pré-candidato a vice-governador, Major Rocha, ao falar da situação vivida pelo policial militar, dirigiu sua mensagem a servidores.

“É preciso valorizar quem trabalha e quem produz nesse Estado. Sem investimento na nossa educação, nossos jovens continuarão sem perspectivas e terão futuro incerto” acrescentou Rocha.

Em Sena Madureira, onde a caravana encerrou a agenda do fim de semana, a quadra Aurino Brito, da Escola Messias Rodrigues, no bairro da Pista reuniu cerca de mil de pessoas para prestigiar o evento. Ao dar boas-vindas as lideranças políticas, o prefeito Mazinho Serafim apresentou números de emendas individuais liberadas ao município, afirmando que sem apoio do governo “os senadores e deputados federais é quem estão salvando as obras estruturantes nas cidades”.

O senador Sérgio Petecão, chamou atenção para a união das principais lideranças unidas pelo Acre. Diziam que faltavam união, pois estamos aqui, provando que nossas diferenças foram deixadas de lado, ouvimos o clamor das ruas”, frisou Petecão.

Propaganda

Destaque 5

PF apreende 83 quilos de drogas em operação no Rio Juruá

Publicado

em

Durante uma fiscalização de rotina no Rio Juruá, a Polícia Federal avistou um barco tripulado por dois homens, navegando com carga suspeita. A equipe policial decidiu abordar a embarcação, mas no momento em que viram os policiais se aproximarem, seus tripulantes jogaram o barco para a margem do rio e fugiram para a mata.

Dentro do barco foi encontrada grande quantidade de drogas: 55,2 quilos de cocaína; 5,8 quilos de “crack” e 22,5 quilos de maconha. A apreensão ocorreu na manhã desta quinta-feira, 18.

Foram deslocadas equipes para o porto de Cruzeiro do Sul e de Rodrigues Alves. Os suspeitos foram encontrados logo após, à beira do Rio Juruá, nas proximidades da balsa para Rodrigues Alves. Um deles estava armado com uma pistola calibre .380 de fabricação turca com numeração raspada. Ao serem abordados pelos policiais federais, os dois homens não ofereceram resistência.

Os policiais conduziram os presos para a Delegacia de Polícia Federal de Cruzeiro do Sul e ao término dos procedimentos policiais eles serão encaminhados para a Unidade Prisional Manoel Nery.

Continuar lendo

Destaque 5

Governo cancela Jogos Escolares e frustra sonhos de jovens atletas

Publicado

em

A derrota da Frente Popular ultrapassou o cenário político para frustrar o sonho de jovens atletas que estão inscritos nos Jogos Escolares. A “rasteira” dada pelo Governo do Acre foi confirmada nesta quarta-feira, dia 17, através de um ofício endereçado a professores e gestores das unidades escolares da rede pública.

O documento, assinado pela secretária adjunta de Esportes, Shirley Santos, pelo assessor dela, Petronilo Filho [o Pelézinho] e pelo coordenador dos Jogos Escolares, Alan Ferreira, caiu como uma “bomba” entre os profissionais da educação que estavam preparando e incentivando os alunos rumo à vitória nas etapas Regional e Estadual do evento.

Luiz Eduardo, um dos alunos frustrados com a notícia, diz que tem vontade de desistir do esporte e partir apenas para o mercado de trabalho. “Meu professor me disse que eu tenho potencial, mas eu não vou mais ter essa oportunidade, e eu acho melhor deixar para lá e procurar um estágio, que eu ganho mais. O governo aí só brinca com o sonho da gente”, comenta o jovem de 16 anos.

A alegação, ainda sem compreensão por parte dos alunos, atletas e professores, seria o início da transição de governo, que, segundo os gestores do estado, já começou, sendo necessário fazer prestações de contas dos gastos da pasta. Além de informar a suspensão “em caráter definitivo”, os gestores se despedem “com o sentimento de dever cumprido”.

“É o atestado de incompetência, só isso. Esperaram a eleição passar para jogar essa bomba no nosso colo. Já não basta a falta de apoio ao esporte, e ainda temos que conviver com esse cancelamento. Isso vai deixar os nossos alunos, que se preparam o ano todo para as fases dos Jogos, completamente frustrados. É vergonhoso, é ridículo”, avalia um dos professores.

Em junho, durante o lançamento dos Jogos Escolares 2018, o coordenador Alan Ferreira já havia dado sinais de que o estado ficaria de fora da etapa regional que ocorreria em Manaus. Em entrevista à Rede Amazônia, ele citou que um dos motivos seria a “dificuldade logística”, ou, em outras palavras, a falta de dinheiro para levar de ônibus ou avião os quase 200 alunos.

Continuar lendo

Destaque 5

Emerson Jarude lança candidatura à presidência da Câmara

Publicado

em

Com o final do segundo ano de mandato da Legislatura, os vereadores de Rio Branco iniciam as discussões para a eleição da próxima Mesa Diretora da Câmara. Pensando nisso, em tribuna na manhã desta terça-feira, 16, o vereador Emerson Jarude (sem partido) lançou a sua candidatura à presidência da Casa e propôs um debate entre os candidatos ao cargo.

Além da presidência, os vereadores da capital também irão escolher a vice-presidência, primeiro e segundo secretário, e suplente. A eleição ainda não foi marcada, mas ocorrerá antes do recesso parlamentar do final de ano.

As propostas de Jarude incluem licitar e iniciar as obras da sede da Câmara, diminuir os gastos de gabinete, modernização e reestruturação administrativa, atualização do inventário de bens patrimoniais, instituir programa de valorização dos servidores, implantar ouvidoria e convocar concursados.

“Coloco o meu nome à disposição para presidir os trabalhos legislativos pelos próximos dois anos para que possamos juntos fazer transformações de pequeno, médio e longo prazo. Se eleito for, vamos atuar com transparência e eficiência na gestão da Câmara, para devolver ao cidadão um serviço público de qualidade”, afirma o vereador.

Bastidores fervilham

Os bastidores da Câmara de Vereadores começaram a fervilhar em torno da eleição da Mesa Diretora que vai comandar a Casa nos próximos dois anos.

Três candidatos, a priori, se colocam à disposição: Antônio Morais (PT), Emerson Jarude (sem partido) e N. Lima (PSL). Rodrigo Forneck, também do PT, não descarta pôr seu nome na disputa.

O petista Antônio Morais começou a campanha pela presidência há mais tempo. Por isso, no momento, ele estaria em vantagem em relação aos seus adversários. Há quem diga que seria Morais o candidato da prefeita Socorro Neri.

Já N. Lima é o nome até aqui da oposição. Tanto o militar da reserva como Jarude tem apoio dos vereadores oposicionistas da Casa, que são seis dos 17.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.