Conecte-se agora

Jogos Escolares da Juventude será em Natal

Publicado

em

A edição de 2018 de um dos maiores eventos esportivos do país, será na capital do Rio Grande do Norte.

Para quem procura pacotes para Natal no mês de novembro, dos dias 12 a 26 de novembro, encontrará a cidade no maior clima de esporte e atletas de escolas de todo o país estarão na cidade. A etapa regional que contempla a região do nordeste será um mês antes, de 12 a 16 setembro.

A escolha do local foi feita pelo Comitê Olímpico do Brasil e segundo o chefe da Secretária de Estado do Esporte e do Lazer, Cezar Nunes, acredita que o setor turístico ganhará muito com o evento e que mais de 30 mil diárias em hotéis deverão ser preenchidas.

Os Jogos Escolares da Juventude sempre são revelados novos talentos, e entre as  modalidades da competição estão: basquete, handebol, atletismo, luta olímpica, ginástica rítmica, judô, futsal, tênis de mesa, vôlei de praia, xadrez e badminton.

Eventos em cidades turísticas do país valorizam ainda mais os pacotes nacionais, no caso, para quem pretende ir à Natal durante as datas da competição, vale pesquisar e planejar com bastante antecedência para a viagem não sair muito cara.

Propaganda

Destaque 6

MP Eleitoral recomenda que propagandas eleitorais irregulares sejam removidas em 48h

Publicado

em

Acerca do cumprimento do que prevê a Justiça Eleitoral sobre o início da propaganda de candidatos nesta quinta-feira (16), o Ministério Público Eleitoral (MPE), por intermédio da promotora eleitoral Alessandra Garcia Marques, com atribuição perante a 1ª Zona Eleitoral do Estado do Acre, recomendou a remoção de materiais de propaganda eleitoral irregular feita tanto antes como durante o prazo legal e oficial na cidade de Rio Branco.

Por hora, trata-se de três casos especificamente. O presidente do Diretório do Movimento Democrático Brasileiro (MDB/Acre), deputado federal Flaviano Melo, foi notificado para que providencie a remoção do material de propaganda do candidato Éber Machado, e o presidente do Diretório do Partido Democrático Trabalhista (PDT/Acre), deputado estadual José Luis Schafer, para que remova as propagandas do candidato Márcio Bittar.

Também foi notificado, o presidente do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT/Acre), deputado Daniel Zen, para que proceda à remoção de todo o material de propaganda do candidato à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, existente em Rio Branco, em especial, um outdoor localizado na Avenida Ceará, nas proximidades de um supermercado em Rio Branco.

O descumprimento das recomendações no prazo de 48 horas implicará na adoção de medidas judiciais cabíveis por parte do Ministério Público Eleitoral.

André Ricardo – Agência de Notícias do MPAC

Continuar lendo

Acre

Davi Friale desiste de candidatura por causa de ocupações profissionais

Publicado

em

Por suas atividades no site O Tempo Aqui e estudos relacionados ao clima, o pesquisador meteorológico Davi Friale desistiu da candidatura a deputado estadual. A informação é do próprio Friale.

“Eu preciso atualizar constantemente o site, que é uma prestação de serviços à população. Mas estou me organizando para contratar algumas pessoas, formar uma equipe que terá essa atribuição de atualizar o portal na minha ausência. Seria impossível ter que abastecer o site diariamente e cumprir agendas de campanha, conversar, ir aos bairros, visitar pessoas”, diz.

Friale, aliás, chegou a ser contado para compor chapa como vice de Lyra Xapuri, ex-candidato a governador, durante o período pré-eleitoral. Lyra desistiu de concorrer ao governo para apoiar Marcus Viana (PT) e se candidatar a deputado federal. Já Friale preferiu sair da disputa por ocupações profissionais.

Continuar lendo

Notícias

Semipresencial ou EAD?

Publicado

em

Com certeza, você já ouviu falar sobre os cursos EAD. E a modalidade semipresencial, você conhece? Essas novas metodologias surgem para que a educação consiga acompanhar as necessidades dos estudantes, que também vão se transformando com tempo. E apesar dos impactos de um momento econômico com tantas turbulências, as matrículas nas modalidades a distância cresceram e a rentabilidade se manteve estável.

Se você está buscando uma alternativa para fugir da graduação presencial e deseja optar pela educação a distância, saiba que existem dois modelos diferentes: Os cursos EAD ou semipresenciais, também chamados de híbridos. Mas afinal, quais são as diferenças entre essas modalidades?

No ensino EAD, o material é disponibilizado 100% em ambiente on-line. Neste tipo de curso, o contato com os professores e coordenadores também é feito virtualmente, assim como os fóruns para se comunicar com os outros estudantes. Apenas provas, estágios e exames devem ser realizados presencialmente. A frequência desses encontros presenciais e obrigatórios varia conforme o curso, podendo ser mensal ou semestral.

Já no curso semipresencial, as aulas e atividades não são 100% presenciais e nem totalmente a distância. Isso faz dessa metodologia uma alternativa intermediária, composta por matérias ministradas por meio da plataforma EAD e outras na modalidade tradicional, com aulas presenciais. Dessa forma, o estudante tem uma parte da grade curricular com a flexibilidade do curso a distância e outra parte com o contato pessoal com professores e colegas, como na graduação presencial.

E se eu escolher a semipresencial?

No uso da atribuição que confere o artigo 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição, e considerando o disposto no artigo 81 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e no Decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005, um curso só pode ser considerado semipresencial quando oferece até 20% da sua carga horária total para atividades a distância. Essa modalidade pode ser dividida em duas categorias: aqueles que têm origem em cursos presenciais e os de origem em cursos a distância.

A primeira categoria abraça cursos presenciais que possuem uma porcentagem das suas atividades realizadas em ambiente virtual. São recomendados se você procura realizar um curso presencial com mais flexibilidade. Já o segundo tipo engloba cursos a distância que incluem maior frequência de encontros presenciais do que nos EAD. A ideia é de ter a dinâmica do EAD aliada à convivência pessoal com docentes e colegas.

Vitor Arruda, 18 anos, precisa conciliar o seu trabalho em uma oficina mecânica com os seus estudos. Por esse motivo, ele escolheu cursar Engenharia Mecânica na modalidade híbrida e não se arrepende. “Para mim, essa foi a melhor opção porque eu não preciso estar na faculdade todos os dias”, explica. Vitor só vai a faculdade dias de quarta-feira à noite e, aos sábados, quinzenalmente. “Essa modalidade de ensino, me proporciona bastante tempo livre mas também garante contato com os professores e meus colegas de turma”, assegurou.

O estudante está no terceiro semestre e disse utilizar os momentos presenciais para trocar experiência com os outros estudantes e professores. “A minha turma é sempre a mesma, dessa forma, é até melhor porque criamos um vínculo um com o outro, esclarecemos nossas dúvidas e aprendemos ainda mais”, avalia Arruda.

Uma curiosidade: Existem apenas 109 cursos semipresenciais em pós-graduação em comparação com 1.098 cursos totalmente a distância – e o doutorado não conta com oferta semipresencial. É nítida a preferência das instituições e alunos pelos cursos presenciais ou a distância, sem muito espaço para ofertas na modalidade híbrida.

Também existem semelhanças entre EAD e semipresenciais. Em ambos, a tecnologia é amplamente empregada, barreiras geográficas são quebradas, além do diferencial de serem financeiramente mais acessíveis. Ficou tentado a voltar a estudar? Conte com o apoio do Educa Mais Brasil. O programa oferece bolsas de estudo até 70% para você concluir sua graduação, seja ela EAD, semipresencial ou presencial. Não perca tempo, acesse o site do Educa Mais e confira as oportunidades na sua região. É gratuito.

Fonte: Bárbara Maria – Ascom Educa Mais Brasil

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.