Conecte-se agora

OCAs de Rio Branco e Xapuri atendem em novo horário a partir desta segunda-feira

Publicado

em

A Central de Serviço Público (OCA) de Rio Branco e em Xapuri terão modificações nos horários dos atendimentos ofertados à população, que passará a funcionar das 7h30 às 13h30, a partir desta segunda-feira, dia 16.

De acordo com a Secretária da Gestão Administrativa, o novo horário de funcionamento será de seis horas ininterruptas e não irá interferir na qualidade e eficácia dos atendimentos. Um levantamento apontou que esse é o horário em que a OCA é mais procurada.

Os serviços de atendimento ao público têm uma resolutividade de mais de 90%, garantindo assim o compromisso com qualidade ao cidadão. A medida é por conta de uma contenção de custos que o governo tem colocado em prática desde o ano passado, evitando demissões.

Propaganda

Destaque 2

Militar do Exército Brasileiro é preso acusado de estuprar jovem de 22 anos na Cidade do Povo

Publicado

em

Agentes da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) prenderam na noite desta segunda-feira (18) na Vila Albert Sampaio, na BR-364, o Recruta do Sétimo Batalhão de Engenharia e Construção, João Victor Silva Costa, de 22 anos. Ele é acusado de estupro. A apresentação do preso aconteceu na manhã desta terça-feira (19) na Deam no 2° Distrito de Rio Branco.

De acordo com a Delegada Juliana de Angelis Carvalho, responsável pela investigação, na tarde desta segunda-feira (18) João Victor, em posse de uma arma de fogo rendeu uma mulher de 22 anos, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo e a estuprou.

A Delegada disse ainda, que no sábado (16), o recruta tentou sequestrar uma adolescente de 16 anos que caminhava em via pública com uma criança de 4 anos, no Conjunto Procon no bairro Vila Ivonete.

Silva está a disposição da justiça e responderá pelos crimes de estupro, porte ilegal de arma de fogo e tentativa de sequestro.

Continuar lendo

Destaque 2

Gladson já estuda fazer reforma administrativa: “não está vendo resultados!”

Publicado

em

O governador Gladson Cameli voltou para o Acre e está disposto, segundo assessores, a fazer mudanças na equipe que colocou para cuidar do estado ao lado dele desde 1º de janeiro. Cameli não está satisfeito com os resultados das pastas e quer “retomar” o comando do governo após as várias viagens que fez.

Segundo um assessor palaciano, o governador ficou estressado com as críticas de que por conta das viagens perdeu “voz e voto” dentro do Palácio Rio Branco. De tanto “determinar”, o governador agora vai exonerar aqueles que não obedecem às ordens dadas por ele. Cameli quer resultados, e rápido.

“O chefe não está feliz com tanto protesto, tanta crítica, tanta reclamação. E o pior é que nem a imprensa consegue mostrar as coisas que estão dando certo, porque isso não sai do governo, não sai das secretarias. O Gladson não tem muita paciência, não bate muita cabeça. Ele quer mexer e já está estudando isso desde Brasília”, revela a fonte.

Um dos problemas que mais tem deixado Gladson estressado é a questão dos professores que já foram várias vezes à frente da Casa Civil fazer protesto. Com a imagem da gestão desgastada, Cameli tomou a frente há duas semanas, e mandou que todos os professores foram contratados sem a exigência de uma declaração até então exigida pela pasta.

“O Gladson não está vendo resultado em muitas áreas. Essa é a verdade! O Ribamar não está conseguindo articular tudo, é problema na Fazenda, é problema sem solução na Educação, risco de rebelião no presídio, e ainda tem a saúde que vai de mal a pior. Ele levou o Alysson em Brasília para articular saídas, e parece que estão conseguindo. Mas ele quer ação, e já!”, completa o assessor palaciano.

No sábado, dia 16, o governador Gladson Cameli exonerou o então porta-voz do Palácio Rio Branco, Rogério Wenceslau alegando as primeiras adequações no âmbito da Secretaria de Comunicação. Nesta segunda-feira, dia 18, Cameli cumpre agenda interna com equipe de governo para alinhar ações.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.