Conecte-se agora

Curso de Artes Cênicas oferta cursos livres e de formação para professores

Publicado

em

O Curso de Artes Cênicas: teatro da UFAC ofertará uma programação intensa para toda a comunidade no ano de 2018 com o lançamento do seu Programa de Extensão 2018.

A proposta do Projeto é oportunizar o acesso a bens culturais de qualidade para a população de Rio Branco, por meio da oferta de cursos livres e formação continuada para professores da rede de ensino do Estado.

O mês de abril já começa com a I Mostra de processos do Curso de Artes Cênicas: teatro e II Semana de Recepção dos Discentes do Curso de Artes Cênicas: teatro que traz uma grande variedade de experimentos cênicos e oficinas para o Campus da UFAC em Rio Branco. Para obter mais informações acompanhe nossa página no Facebook www.facebook.com/teatroufacoficial/.

Confira a programação de Abril

18h – Sábados – Mambembe (Écio Cunha/ Flávio Lofêgo e Micael Côrtes – Turma 16)
A peça “O Mambembe”, do dramaturgo brasileiro Arthur de Azevedo, é centrado nas personagens Laudelina, mocinha que deseja ser atriz, e Frazão, o empresário do grupo mambembe. Paródia de melodramas, faz uma crítica contundente ao descaso dos governantes para com a arte dramática.

18h – Domingos – Uma lição Longe Demais (Micael Côrtes – Grupo Candeeiro). A peça do dramaturgo brasileiro Zeno Wilde traz a dura realidade da violência dentro e fora da sala de aula a qual estão expostos alunos e professores.

Curso de Teatro para Crianças e Adolescentes (7 à 12 anos)
Todas as sextas-feiras das 8h30 às 11h30. Gratuito, no Laboratório Teatral 2 do Curso de Artes Cênicas da UFAC. Inscrições de 10 à 15/04/2018 no site:

https://goo.gl/forms/belzP5QvCnxAFJgp1

Grupo de Estudos do Núcleo Embiricica de Investigação Contemporânea de Cenas (adulto).

Todas as quintas-feiras das 8h30 às 11h30, gratuito, no Laboratório Teatral 2 do Curso de Artes Cênicas da UFAC.

12/04 Quinta-feira
10:30|12:00 – Palestra sobre doação de medula ( equipe da PRODGEP/Profa. Lucy)
13:30|14:20 – O Cangaceiro Laboratório Teatral
14:20|16:20 – Oficina Meu Lugar (Nolram Rocha) Laboratório Teatral 2
16:20|16:40 – Intervalo
16:40|17:40 – Oficina de Jogos e Brincadeiras (Turma 2017) – Laboratório Teatral
17:40|18:40 – A farra dos Inimigos do povo (Flávio Lofêgo) – Anfiteatro Garibaldi Brasil
19:00|19:50 – Agreste (Matheus Filgueira) Laboratório Teatral 3
20:00 – II Social do Candeeiro Centro de Convivência UFAC – Antigo RU

13/04 Sexta-feira
13:30|16:30 – Oficina de Jogos Teatrais (Hysnaip Moura) Laboratório Teatral
16:30|17:00 – Intervalo
17:00|18:00 – Sr. Keurner – (Luiz Humberto Garcia/ Turma 2016) Laboratório Teatral
18:00|18:30 – Minha Causa de Morte (Grupo Candeeiro) Laboratório Teatral
19:30 – Ana Morre Hoje ( Humberto Issao e Luiz Humberto Garcia) – Bloco de Artes Cênicas

14/04 Sábado
13:30|16:00 – Apresentação dos curta-metragens /Café Cinema (Lit. Dramática e Cinema) – Bloco de Artes Cênicas
15:30 – A Lenda do Sapo Encantado – Prof Luiz Humberto Garcia(Evento Externo -Educandário)
16:00|17:00 – Programação Surpresa
18:00 – Mambembe – Écio Rogério da Cunha, Flávio Lofêgo e Micael Côrtes – Anfiteatro Garibaldi Brasil
15/04 Domingo
18:00 – Uma Lição Longe Demais – Grupo Candeeiro – Anfiteatro Garibaldi Brasil

Propaganda

Cidades

No Acre, motorista de ônibus conquista passageiros com carisma e simpatia

Publicado

em

Júnior Jaunes. Por nome e sobrenome é provável que quase ninguém reconheça de quem se trata. Mas, se disser que este é “o motora da Ufac”, pode acreditar que é reconhecimento unânime entre os passageiros diários que utilizam a linha de ônibus da Universidade Federal do Acre (Ufac), que perpassa vários bairro de Rio Branco.

Jaunes tem 33 anos e trabalha como motorista na empresa Via Verde Transportes Coletivos. Ele conduziu a linha da Ufac por quatro anos seguidos, mas teve que mudar de rota. No entanto, desde fevereiro de 2018, quando retornou a fazer o trajeto Centro-Ufac, vem fazendo a alegria dos passageiros e ganhando cada vez mais amigos, estudantes em sua maioria.

Com ele, o clássico ‘bom dia’ ou ‘boa tarde’ são acompanhados de boas vindas, cantoria de feliz aniversário e até internet gratuita, o famoso “Wi-fi do Jaunes”. Nas redes sociais, são várias as declarações de carinho emitidas por acadêmicos. Numa página criada por estudantes da Ufac, uma espécie de correio elegante universitário, alunos publicaram um vídeo em homenagem ao motorista.

“O que me motiva a trabalhar assim é fazer o que eu gosto. Trabalho com amor”. Júnior destaca que ser motorista não é fácil, às vezes aparece um passageiro mais estressado, mas ele tem a fórmula mágica para reverter o mau humor: a gentileza. “Tem passageiros que são mais estressados, mas um bom dia, boa tarde e um ‘boa noite’ faz total diferença”, salienta.

Em pelo menos duas ocasiões, o motorista estacionou o veículo dentro da Universidade para cantar o tradicional ‘parabéns’ a alunas que faziam aniversário. “Ele costuma parar o ônibus dentro da Ufac para parabenizar quem está fazendo aniversário. Isso é muito bacana, faz a gente criar um laço de amizade com uma pessoa tão profissional como ele é”, diz Ana Paula Ribeiro, aluna da Ufac.

“Quando isso acontece, vejo que é uma data especial e peço licença para os demais passageiros para cantar o “parabéns”. Todos sempre concordam e fica todo mundo feliz. Um vez uma aluna estava desmotivada e triste, mas saiu do coletivo emocionada depois de ver tanta gente cantando pra ela. Ela ficou muito feliz”, conta o motorista.

Iuri Ferreira é morador do bairro Tucumã e também é passageiro frequente da linha de ônibus. Ele diz que “nunca vi isso aqui na cidade, um motorista ser tão prestativo e tão carinhoso com todo mundo. Dá pra perceber que ele ama o que faz. A gente sente orgulho de ter profissionais assim”, comenta.

Jaunes se diz agradecido pelo reconhecimento dos passageiros e faz questão de exaltar sua profissão através de perfis nas redes sociais. Sempre interagindo com seus seguidores, em suas postagens busca reafirmar seu companheirismo com os passageiros, que ele prefere chamar de colegas.

Continuar lendo

Cidades

Preso que fazia tratamento contra tuberculose foge da UPA do Segundo Distrito

Publicado

em

O presidiário do pavilhão J-17, do sistema penitenciário Francisco d’Oliveira Conde, Clemison Costa Souza, de 22 anos, fugiu na madrugada deste domingo (17) pelo basculante do banheiro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no 2° Distrito em Rio Branco.

De acordo o com diretor do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), Lucas Gomes, o detento estava internado no local de isolamento da Unidade hospitalar desde a madrugada de sábado (16) se tratando de uma Tuberculose, e ao pedir para ir ao banheiro, abriu a janela e fugiu tomando rumo ignorado.

“A Corregedoria do Iapen já está investigando as circunstâncias da fuga, se houve ou não alguma facilitação, já estamos com equipes nas ruas em busca de capturar o foragido”, disse Gomes.

Clemison estava preso desde o dia 02 de janeiro de 2017 por um crime de homicídio.

As forças de segurança já foram comunicadas se alguém souber do paradeiro do detento pode denunciar no número 190.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.