Conecte-se agora

ENEM 2018: vai solicitar isenção? Saiba como

Candidatos devem realizar o pedido entre 02 e 11 de abril de 2018

Publicado

em

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (21) o edital do Exame Nacional do Ensino Médio e entre as mudanças anunciadas no ENEM 2018 está a alteração em um dos procedimentos de concessão de isenção. Candidatos ausentes nos dois dias de aplicação do ENEM 2017 deverão justificar-se na página do participante, das 10h do dia 02 de abril às 23h59 do dia 11 de abril caso desejem a isenção.

A justificativa deve ser feita mediante apresentação de documentos assinados que tenham motivado a ausência, desde que comprovem motivos de saúde, maternidade ou paternidade, trabalho, casamento, acidente de trânsito, entre outras causas possíveis.

Como solicitar isenção no ENEM 2018?

A solicitação da isenção no ENEM 2018 deve ser feita exclusivamente na página do participante, entre às 10h do dia 02 de abril às 23h59 do dia 11 de abril. Deve ser informado o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e senha, a qual também será usada para a inscrição, acesso ao Cartão de Confirmação da Inscrição e visualização dos resultados do exame.

Como saber se tenho direito à isenção no ENEM 2018?

Participantes inscritos no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal) devem informar o respectivo Número de Identificação Social (NIS) único e válido. Segundo o Ministério da Educação, está isento o participante que:

  1. Esteja cursando a última série do ensino médio em 2018 em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica;
  2. Ao ter participado do Encceja 2017 na modalidade Ensino Médio, tenha alcançado a proficiência que permita a certificação na área de conhecimento em que se inscreveu;
  3. Tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública, ou como bolsista integral na rede privada, e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
  4. Declare estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, e que esteja inscrito no CadÚnico (com renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos)

Segundo o MEC, caso seja constatada a declaração de informações falsas ou inexatas, “tanto ao solicitar isenção da taxa de inscrição quanto ao apresentar justificativa de ausência no Enem 2017 e se inscrever no Exame, ou ainda, que não satisfizer todas as condições estabelecidas neste Edital e/ou nos demais instrumentos normativos, terá cancelada sua inscrição e anulados todos os atos dela decorrentes”.

Bolsas de estudo de até 70%

Os estudantes do ensino médio que não queiram se submeter ao ENEM para ingressar na graduação podem optar por bolsas de estudo de até 70% do Educa Mais Brasil, o maior programa de inclusão educacional do país. Em parceria com o Ac 24 Horas, o Educa Mais dispõe de descontos em mensalidades de cursos como Direito, Administração, Ciências contábeis, Educação Física, entre outros.

Propaganda

Destaque 5

Atendimento da ação de saúde solidária Dr. Baba começou neste sábado no município de Jordão

Publicado

em

Depois de cinco dias de viagem, o barco Raimundo Ferreira ancorou no porto de Jordão,. Cidade aonde inicia os primeiros atendimentos da ação de saúde solidária em homenagem ao médico Dr. Baba ( Rosaldo Firmino), que teve sua vida ceifada no mês de outubro de 2018, na cidade de Feijó. O barco saiu de Tarauacá-AC, no último dia 13 com chegada prevista para esta sexta-feira, dia 18.

Tarauacá no dia 13, com chegada prevista para sexta-feira.

A equipe de saúde é composta por 23 pessoas, sendo que na cidade de Jordão outros se unem à equipe para a execução das atividades na descida do barco e, também no atendimento que será realizado no sábado (19) contando com a presença do médico e deputado estadual Jenilson Leite, que coordena a ação de saúde.

A ação de saúde solidária à população ribeirinha às margens do rio Tarauacá, no percurso entre as duas cidades, foi planejada pelo Dr. Baba e Dr. Jenilson Leite, mas com sua partida para o plano celestial, coube ao deputado e à prefeitura de Jordão, com o apoio de amigos e profissionais da área de saúde dar seguimento ao desejo do amigo de atender as comunidades ribeirinhas.

Na ação de saúde serão oferecidos atendimentos nas áreas de psicologia, odontologia, biomédica (exames), infectologia. Além disso, à equipe realizará cortes de cabelos, distribuição de roupas e torneios esportivos.

Para o deputado Jenilson Leite, a execução da ação de saúde significa cumprir o desejo de um amigo, que quando em vida sempre buscou auxiliar o próximo. “O doutor Baba planejou isso, era sonho, mas não pode executar, contudo, nós decidimos fazer está homenagem”.

Calendário de Atendimento:
Sábado: 19/01/2019

Atendimento no Jordão
Domingo: 20/01/2019

Saída de Jordão
Segunda: 21/01/2019

Atendimento seringal Alagoas
Terça: 22/ 01/2019

Saída de Alagoas
Quarta: 23/01/2019

Atendimento no seringal São Luiz
Quinta: 24/01/2019

Atendimento no seringal União
Sexta: 25/01/2019

Atendimento no seringal Santa Luzia
Sábado: 26/01/2019

A previsão é atender mais de duas mil pessoas.

Continuar lendo

Cotidiano

Cemaden mantém alto de risco de alagação no Rio Acre e põe Rio Madeira no mapa

Publicado

em

O Centro de Monitoramento e Prevenção de Desastres Naturais (Cemaden) mantém nível alto de risco geo-hidrológico para a Bacia do Rio Acre neste sábado (19) ou seja: apesar da Defesa Civil do Acre avaliar que a cheia vem perdendo força (há sinais de vazante nas cabeceiras) o Cemaden não baixou o alerta. A alagação deve aumentar.

O Cemaden incluiu a Bacia do Rio Madeira no mapa de risco mas com classificação “nível baixo”. O nível do Madeira chegou a 14,70 metros e, segundo os informes de Porto Velho, a Defesa Civil de Rondônia avalia a possibilidade de decretar Estado de Alerta na próxima semana segunda-feira (21).

Para determinar os níveis de risco, o órgão usa as cores vermelho (alto), amarelo (baixo) e branco (sem risco). No País há áreas na região Sul que apresentam risco de níveis alto e baixo. Veja o mapa:

Continuar lendo

Cidades

Veto às visitas íntimas é medida extrema que exige ampliação do número de agentes

Publicado

em

O agente penitenciário Janes Peteca, presidente da Associação dos Servidores Públicos e Privados do Estado do Acre, esclarece que não é contra o impedimento de visitas íntimas nos presídios do Acre, mas pondera que antes disso o Iapen precisa reforçar o contingente de servidores para fazer frente à inevitável revolta que a medida acarretará no sistema prisional do Estado.

“É preciso que, antes, o Iapen realize o prometido concurso público para a contratação de novos agentes. Existe uma defasagem de, no mínimo, 800 novos servidores para o sistema, mesmo porque novas unidades prisionais estão para serem inauguradas”, comentou Janes.

De acordo com o agente, se as visitas íntimas forem interrompidas hoje, quem vai ser penalizado são os funcionários do sistema. “Não existe nada mais sagrado para os detentos do que receber a visita íntima. Sua ausência é motivo de fugas e rebeliões. A primeira vítima de tal medida será o agente penitenciário”, argumenta Janes Peteca.

A falta de agentes, segundo ele, está obrigando o Iapen a retirar funcionários que estão de licença médica, com laudo de invalidez, para atuar dentro das prisões, batendo cadeado, como dizem no jargão profissional.

“Existem pavilhões com 700 detentos sendo controlados por apenas dois agentes. Quando o Estado conseguir ampliar o número de servidores e investir mais em sistema de prevenção, como o bloqueio de celulares, podem pensar em um plano de acabar com as visitas íntimas”, afirma Janes.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Leia Também

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.