Conecte-se agora

Facebook retira do ar páginas de apoiadores de Jair Bolsonaro

Publicado

em

Pelo menos duas páginas no Facebook de apoiadores do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) saíram do ar esta semana.

Uma delas, a “Jair Bolsonaro presidente 2018”, tinha 845.610 seguidores. A outra, “Jair Bolsonaro presidente 2.0”, contava com 71.445.

A Coluna acessou essas duas páginas na última segunda-feira. Nesta sexta, no entanto, a mensagem que aparece é “Esta Página não está disponível” e que “O link que você seguiu pode estar quebrado ou a página pode ter sido removida”.

Segundo o professor Pablo Ortellado, da USP, “as páginas eram usadas para disseminar o ecossistema de sites de notícias ultra-engajadas do Bolsonaro, como AconteceuAi, HojeNoticias e PlantaoNews”.

Procurado, o Facebook não comentou o assunto. A assessoria de Bolsonaro também não se manifestou. (Isadora Peron)

Anúncios

Acre 01

Após pesquisa, prefeituráveis ressaltam que a campanha está apenas começando

Publicado

em

A divulgação da pesquisa de intenção de votos do Instituto Real Time Big Data, contratado pela TV Gazeta, foi o principal assunto das rodas políticas na capital. Com os números postos, os candidatos a prefeitura de Rio Branco comentaram o levantamento registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Acre que na simulação estimulada coloca Minoru Kinpara (PSDB), Socorro Neri (PSB) e Roberto Duarte (MDB) empatados tecnicamente.

Na frente nas intenções de voto da pesquisa com 23%, o ex-reitor da Ufac, Minoru Kinpara (PSDB) se disse feliz com o resultado. “Fiquei muito feliz com o resultado da pesquisa e lutarei com todas as minhas forças para honrar e dignificar a confiança da nossa população se for eleito prefeito. irei cuidar da nossa cidade e da nossa gente”.

Na segunda colocação com 20%, mas empatada tecnicamente com o candidato tucano, Socorro afirmou que o estudo retrata um momento. “Uma pesquisa retrata um momento. Estamos no começo da campanha e a pesquisa é positiva. Recebo os resultados com tranquilidade e gratidão”.

Apontado como o terceiro colocado com 16%, o emedebista Roberto Duarte diz que não briga com números. “Eu sempre disse que eu não brigo com números. Eu fico contente sobre essa pesquisa. Nós estamos em crescimento desde o início da nossa pré-campanha e eu acredito que agora na campanha nós vamos crescer muito mais porque a população está entendendo que nós somos a verdadeira mudança”.

Na quarta posição, com 9%, Bocalom foi mais ácido no comentário afirmando que só podia rir do levantamento e relembrou que já foi vítima de pesquisa. “A impressão que eu tenho dessa pesquisa é rir. Como eu já fui vítima de pesquisas muitas vezes, quem não se lembra em 2010, no sábado o IBOPE colocou o Tião Viana com 63% e eu com 37%. E o que que deu? Quando abriu as urnas deu 49,5% para o Bocalom. Ai quando foi em 2012, ai colocaram o Marcus Alexandre com 57% e o Tião Bocalom com 43%. Quando abriu as urnas, deu 49,5% de novo. Essas pesquisas na verdade não tem nenhuma credibilidade. A pesquisa que eu gosto é a pesquisa de rua, quando eu saio na rua, eu sinto isso. Eu ouço as pessoas, até os candidatos a vereadores de Rio Branco falam para gente que o nosso nome é o melhor nome”.

Na quinta colocação, com apenas 3%, Zen diz que respeita a pesquisa e enfatiza que a campanha iniciou agora. “Respeito a pesquisa. Não brigo com ela. A campanha começou agora. E nós vamos seguir fazendo uma campanha alegre, defendendo nossas ideias, junto dos moradores da nossa Rio Branco. No final, vai valer a vontade do povo, que para mim é soberana”.

Na penúltima colocação com 2%, o candidato do PSC, Jamyl Asfury, afirmou que a pesquisa não condiz com a realidade, mas que respeita o resultado. “Nós respeitamos qualquer decisão que seja do TRE e se essa pesquisa foi homologada por lá então tudo bem. Agora o que nós estamos vendo na rua é outra coisa. Os nomes que aparecem da pessoa que assumiu a dianteira, quando nós vamos para o dia a dia, olhando, falando com as pessoas, isso é bem diferente, mas o que vale para nós agora é caminhar, conversar com as pessoas. Deus tem nos abençoado muito, novas lideranças tem aderido a nossa proposta de mudança aqui para a cidade de Rio Branco. Eu tenho dito que quero ser prefeito para que Deus governo através da minha vida e é isso que nós temos feito”.

A reportagem tentou durante toda a tarde falar com o candidato Jarbas Soster, que aparece na pesquisa com apenas 1%, mas não obteve retorno da assessoria.

A pesquisa Real Time Big Data entrevistou 800 pessoas e foi realizada no período de 23 a 25 de setembro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95% e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Acre sob o número: AC-03815/2020.

Continuar lendo

Acre

MPAC divulga premiação da 11ª edição do Prêmio de Jornalismo

Publicado

em

A 11ª edição do Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) acontecerá de forma virtual em 2020. A Diretoria de Comunicação, que coordena a execução do concurso, divulgou nesta segunda-feira, 28, os valores das premiações.

Os prêmios variam de R$ 5 mil a R$ 3 mil para profissionais, e pela primeira vez, acadêmicos de Jornalismo, como também de Publicidade, que antes ganhavam troféu e certificado, também irão receber prêmios em dinheiro, no valor de R$ 1 mil.

O concurso, que este ano tem como tema “O papel do MP no combate ao coronavírus” contemplará trabalhos veiculados por web sites, jornais e emissoras de rádio e televisão e também nas mídias sociais, de 17 de março a 30 de novembro de 2020. Podem participar profissionais e acadêmicos de comunicação.

As inscrições vão até o dia 30 de novembro, e podem ser feitas no site premiodejornalismo.mpac.mp.br. Cada profissional poderá inscrever até três trabalhos cujas pautas estejam relacionadas com a defesa dos interesses da sociedade e que envolvam a Instituição.

Além da inclusão de novas mídias, como podcasts e trabalhos publicados em redes sociais, outra novidade desta edição é a premiação em dinheiro para os destaques acadêmicos.

O 11º de Jornalismo do MPAC é realizado pela Associação do Ministério Público do Acre (Ampac), Associação dos Servidores do MP do Acre (Assempac), e conta o patrocínio do Banco Cooperativo Sicoob, Assembleia Legislativa do Acre, Lab Norte, Top Mídia e Unimed Rio Branco.

Veja os valores das premiações:

1° Lugar – R$ 5.000,00

2° Lugar – R$ 4.000,00

3° Lugar – R$ 3.000,00

Destaque acadêmico em jornalismo – R$ 1.000,00

Destaque acadêmico em publicidade – R$ 1.000,00

Continuar lendo

Cotidiano

Sem mudanças apesar das críticas, Bittar apresenta nesta quarta o Renda Cidadã

Publicado

em

O relator do Orçamento de 2021, senador Márcio Bittar afirmou nesta terça-feira (29) que o valor do benefício do programa Renda Cidadã ainda não foi definido, mas deve ficar acima de R$ 200 e abaixo de R$ 300, pelo menos no primeiro ano.

Ele também rebateu críticas à fonte de financiamento do Renda Cidadã, em entrevista a diferentes veículos de comunicação.

Apesar da enxurrada de críticas de parlamentares, especialistas e de operadores do mercado sobre a proposta de financiamento do Renda Cidadã, programa que vai substituir o Bolsa Família, usando recursos de dívidas com precatórios, dívidas judiciais do governo, e com parte dos repasses adicionais da União para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o senador do Acre garantiu que não vai recuar. “O texto irá como o combinado”, afirmou Bittar, em entrevista ao Correio Braziliense.

Bittar disse que manterá a proposta como anunciou ontem e reforçou que vai apresentá-la nesta quarta-feira (30) mas não soube precisar o horário.

Para ele, impor um limite de 2% na Receita Corrente Líquida (RCL) para o pagamento de precatório não é calote, “mas definir uma prioridade nas despesas”.

“O Orçamento está muito enxuto e precisamos achar espaço para respeitar o teto de gastos sem criar novas despesas e essa foi a única saída”, defendeu.

(Com CB/GN)

Continuar lendo

Acre 01

Ventania derruba três árvores em rua, carro, padaria e deixa nove em situação de risco

Publicado

em

A chuva e o vento forte que atingiu a capital acreana na tarde desta terça-feira, 29, derrubou ao menos três árvores e deixou outras 9 árvores em situação de risco a moradores. A informação é do Corpo de Bombeiros do Acre, que até às 15h40 recebeu nove acionamentos para vistorias de árvores em possível situação de risco e três acionamentos para corte de árvores que caíram devido à ventania.

Ninguém ficou ferido nas ocorrências. Em Rio Branco, o vento derrubou uma árvore sobre um carro no bairro Vila Ivonete, próximo ao horto Florestal. Outra atingiu uma padaria no bairro Irineu Serra. A terceira caiu no meio da rua, Loteamento Novo Horizonte.

O Corpo de Bombeiros garantiu que as equipes acionadas foram prontamente deslocadas para os locais das ocorrências.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas