Conecte-se agora

Detran do Acre pode gastar até R$ 499 mil com compra de X-Tudo e refri a R$ 24,00

Publicado

em

Um registro de preço um tanto curioso. Assim pode-se definir o registro de ata com custo total de R$ 499 mil para a compra de kits lanche a serem distribuídos aos funcionários do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC), em Cruzeiro do Sul. Cada um, destaque-se, ao custo de R$ 24,00.

O documento está no Diário Oficial, e é assinado pelo diretor-geral do órgão, Pedro Longo, e pela diretora administrativa e financeira, Alana Laurentino, além de um representante da empresa que registrou os valores junto ao órgão estadual. Ao todo, o registro tem mais de 20 mil sanduiches, sendo 18 mil destes para consumo.

O material foi enviado ao ac24horas por um leitor que se sentiu incomodado e em dúvidas frente aos números que, mais a frente, podem virar débito ao poder público. Segundo o Detran, tudo dentro da lei, e sem concorrência, já que apenas uma empresa quis participar do processo licitatório.

“Mesmo que a quantidade reservada dos itens mencionados seja de estimada em 18.000 para consumo, isso não quer dizer que o Detran/AC irá utilizar aludida reserva, em virtude do processo licitatório ser na modalidade de pregão por registro de preços”, diz nota enviada ao site.

Ainda segundo Detran, os valores estão dentro do estimado, já que em Rio Branco, Capital do estado, os preços são menores. “Por se tratar de uma cidade do interior, esse valor é de acordo com o que é praticado no mercado da região. Este não é o valor praticado na capital, onde é fornecido o mesmo produto, com preço unitário de R$16,89.”

Procurado, o empresário Madson Cordeiro, dono da empresa contratada, diz que o custo do kit lanche é de R$ 24,00 porque o material com que os sanduiches são preparados tem qualidade, o que encarece o produto. Cordeiro também comentou que trabalha com margem de preço, porque o estado demora a pagar.

“Pelo produto que eu forneço, sim [o preço é justo]. Você precisa conhecer o produto para falar da empresa. Eu dei o preço que eu achava que valia. Se eles pediram uma composição diferente, eu vou fazer. A minha carne é diferenciada”, explica.

Propaganda

Destaque 2

Gladson quer entregar “dossiê” da saúde à Moro para apurar suposta corrupção de verbas federais

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

O governador Gladson Cameli disse em Cruzeiro do Sul que está preparando um dossiê que será entregue ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, sobre verbas federais da saúde destinadas ao Acre, que podem ter sido alvo de corrupção. Neste caso, as investigações serão feitas pela Polícia Federal. “Um sistema antigo da saúde tem que ser derrubado”, afirma.

Segundo ele, o levantamento feito, inclui ações e vários procedimentos. “Vou acionar sim o Ministério da Justiça e todos os mecanismos possíveis para desenterrar essa cabeça de burro que está enterrada na saúde. E não me refiro aos que trabalham e sim aos que atrapalham”, afirmou o governador.

Sem citar nomes, Cameli ressaltou que não vai admitir “velhos costumes na saúde” e afirma que já vinha avisando, desde que assumiu, que poria a casa em ordem de qualquer forma. “E agora vamos detalhar tudo para a justiça”, relatou ele, citando que além da saúde, outras áreas também poderão ser vasculhadas pelo ministério da Justiça.

“Fazer licitação é difícil. É tudo difícil, mas não vou me calar, porque são vidas que estão em jogo. E não admitirei corrupção em nenhuma área”, concluiu.

Continuar lendo

Destaque 2

Videomaker do ac24horas conta a história de Dona Delice, “a mulher do bolo”

Publicado

em

É da casa simples de madeira e número fácil de decorar, 076, que vamos mostrar a jeito tão conhecido que o brasileiro encontra para driblar a crise financeira que toma conta do país e consequentemente do Acre. O videomaker Kennedy Santos mostra a história de vida de Dona Delice, que com esse nome não poderia ser ligada a outra coisa que não fosse delícia culinária.

Assim como milhares de brasileiros pouco podem fazer com o pequeno salário, no caso dela, beneficiária, devido um acidente de trânsito, se vêem na obrigação, mesmo beirando os sessenta anos, de encontrar uma maneira de digna de sobreviver.

Sua história é parecida com a de outras 13 milhões de trabalhadores que hoje beiram o desespero por conta da falta de oportunidade no mercado de trabalho.

Ela acorda todos os dias bem mais cedo que a grande maioria dos moradores de sua rua, a Jorge Rivasplata. Seus doces, sacolés, sucos e o famoso bolo de pote, fazem dela uma espécie de celebridade da região. A mulher do bolo, como também é conhecida, fala com todos os moradores da região, que têm mais de cinco bairros.

Além de testemunhar a feitura das guloseimas, o ac24horas andou com ela nas ruas e até empurrou seu carinho, comprado com a venda dos produtos. É um vídeo que pode inspirar pessoas.

video

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.