Conecte-se agora

Pensamento Pragmático

Publicado

em

Gilberto Siqueira foi o motor do programa econômico e principal assessor dos dois governos de Jorge Viana. Viana chegou até sugerir uma estátua em sua homenagem pela liberação de verbas da BR-364, no trecho para Cruzeiro do Sul. Bem relacionado em Brasília, extremamente competente, Siqueira também é muito ligado ao prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre. Caiu em desgraça nos dois governos do Tião Viana, que não lhe deu a guarida que tinha anteriormente. A declaração do candidato Gladson Cameli (PP) de que, num eventual governo seu poderia lhe aproveitar na área de consultoria econômica, indica que faria uma administração pragmática, voltada mais para os resultados no quesito desenvolvimento, do que simplesmente escolher seus assessores pelo critério exclusivamente político. Quando disse que não teria problema de colocar um petista competente num governo seu mostra desprendimento. Achei a entrevista dele no BAR DO VAZ, no AC24horas, lúcida e fluente. Neste Estado, ou se busca pessoas competentes para gerir as diversas áreas e varre a politicagem para baixo do tapete ou não vejo luz no fim do túnel, para quem ganhar o governo, seja do PT ou da oposição. Rondônia está aí como exemplo de pujança econômica.

EXEMPLO QUE DEU CERTO
Por qual razão o primeiro governo do então presidente Lula deu certo? Por buscar centralizar a sua administração em quadros petistas? Negativo! Por aproveitar toda a equipe econômica do governo de Fernando Henrique Cardoso. Na gestão, ou se é competente ou medíocre.

REAÇÃO IMEDIATA
Ontem, nas redes sociais já houve manifestação imediata contra com a citação de Gilberto Siqueira, como consultor econômico num eventual governo de Gladson Cameli (PP), por ele ter o carimbo do PT na testa. Nada mais natural, política é debate, não é algo estático.

POLICIAL E NÃO POLÍTICO
Não sou eleitor do Coronel Ulisses Araújo e nem integro sua equipe de assessores, mas é despropositado se querer vincular um funcionário da sua empresa de vigilância, preso com drogas, ao seu lado político. O caso é policial. E assim deve ser tratador no rigor da lei.

FORA DO DEM
O ex-prefeito Tião Bocalon anunciou ontem à coluna que conversou com o presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia, e o comunicou que, em vista da troca da presidência, não continuará no partido, porque sob a direção do deputado federal Alan Rick, o DEM apoiará a candidatura do senador Gladson Cameli (PP). “Foi uma saída sem trauma”, diz Bocalon.

CONVERSA FRANCA
Tião Bocalon revelou à coluna que teve, também, uma conversa franca, mas cordial com o deputado federal Alan Rick (DEM)  a quem reforçou a sua decisão de vir a apoiar a candidatura do Coronel Ulisses Araújo ao governo. “Respeito sua decisão de não nos acompanhar”, afirmou.

SEM NENHUM TEMOR
Para Tião Bocalom, a subida do candidato ao governo, Coronel Ulisses Araújo, para dois dígitos nas pesquisas, o deixa em condições de igualdade na disputa com os outros candidatos a governador. E descartou qualquer possibilidade de Ulisses desistir de postular o governo.

PMDB PRESSIONARÁ
A coluna tem a informação segura que há uma decisão interna da cúpula do MDB para que seja reforçada uma pressão para que o vice na chapa de Gladson Cameli (PP) não saia do PSDB, mas que seja o deputado federal Alan Rick (DEM). É martelo batido dentro do MDB.

A QUE MAIS CONGREGA
Há varias candidaturas de menor potencial para deputado federal no colégio eleitoral de Sena Madureira, a que mostra um maior poder de congregação é a da publicitária Charlene Lima (PTB), desde que venha a cumprir as parcerias políticas pré-acertadas para a sua campanha.

TESE COM SENTIDO, MAS COM BARREIRAS
A tese defendida pelo deputado Daniel Zen (PT) e pelo deputado Jenilson Lopes (PCdoB), de um chapão para estadual com todos os deputados da FPA e secretários municipais e estaduais que são candidatos é uma fórmula que faz sentido, mas se mostra na prática muito inviável.

“Espero que nos respeitem!”
O dirigente do PRB, Diego Rodrigues, cujo partido tem a deputada Juliana Rodrigues (PRB) e o deputado André da Farmácia (PRB), considera a proposta com o objetivo de liquidar os pequenos partidos, que teriam que enfrentar candidatos montados na máquina do governo. “Espero que nos respeitem”, não contem com o PRB para este chapão que o PT e PCdoB estão propondo,disse Diego.

ALIANÇA TRABALHADA
Diego Rodrigues diz que o PRB está trabalhando uma coligação com o PODEMOS e o PROS, que além dos seis deputados: Heitor Junior, Raimundinho da Saúde, André da Farmácia, Josa da Farmácia, Maria Antonia e Juliana Rodrigues, terá outros nomes para completar a legenda.

AVISO DURO
Diego deixou ontem em conversa com este colunista, a seguinte advertência à cúpula do PT e ao candidato ao governo Marcus Alexandre (PT): “o PRB só ficará na coligação da FPA até o momento em que tiver suas posições respeitadas, fora isso procuraremos novos caminhos”.

REAÇÃO IRÔNICA
O deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS) teve ontem uma reação irônica à proposta do PT e PCdoB a um chapão: “nos vamos à coligação para o PT nos derrotar e os secretários Pedro Longo e Gemil Junior, por exemplo, disputando a eleição da ALEAC em coligações pequenas. Brincadeira!”. Pensando bem, o Raimundinho está certo.

COMPLETAMENTE CONTRA
O deputado Heitor Junior, que deixará a partir de hoje o PDT para se filiar ao PODEMOS, é outro que rechaça participar de um chapa com PT-PSB-PCdoB.  “Não iremos de jeito nenhum, nossa coligação está pronta e será com o PROS e PRB”, avisou Heitor.

SONHO SE ESVAINDO
Por tudo o que foi dito sobre um chapão com todos os secretários e deputados da FPA para estadual, ainda que atraente, não deve vigorar pela forte reação dos partidos pequenos.

JANELA ABERTA
A partir de hoje a janela para deputados e senadores mudarem de partido ficará aberta até o dia 7 de abril, período em que se poderá trocar de siglas sem problema jurídico. A única mudança confirmada na ALEAC é a saída do deputado Heitor Junior do PDT para o PODEMOS.

NÃO ADIANTA CRIARAM FACTÓIDES
Conheço poucas políticas éticas como a deputada Leila Galvão (PT), sempre muito franca, não é de futrica. Incapaz de mover uma pedra para tirar candidatos do seu partido do caminho, porque a sua votação em Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolância e Xapuri é pessoal e fruto de um trabalho por estes municípios. No caso de Epitaciolândia, o candidato do PT não lhe atrapalha.

SEM GOELA ABAIXO
Outro ponto a se destacar na entrevista do senador Gladson Cameli (PP), no BAR DO VAZ, foi a sua afirmação sobre a escolha do vice: “ninguém vai me empurrar um vice de goela abaixo, quero um vice que me ajude a governar se for eleito e não apenas para fotos”.

QUE BELO EXEMPLO!
Ontem, encontrei com uma antiga amiga ex-lavadeira sexagenária que, entusiasmada, me disse que tinha sido alfabetizada e agora sabia ler e escrever. Foi uma manifestação de como alguém ganhar na MEGA-SENA. Este programa de alfabetização “Quero Ler”, do governo Tião Viana, é algo que deu certo.

LIÇÃO AOS NOVOS
É uma lição aos mais novos de que nunca é tarde para se estudar e se alfabetizar.

“DR. MULTA”
É como o diretor do DETRAN, Pedro Longo,é tratado pelos deputados da oposição, que batem pesado na tribuna da ALEAC e chamam o órgão de “indústria de multas”. O mais incisivo nas críticas é o deputado Jairo Carvalho (PSD).

PAISAGEM LUNAR
Ontem sobrou para o DNIT na ALEAC, com vários deputados da oposição batendo forte na inércia do órgão em não recuperar o trecho Rio Branco-Sena Madureira, com sua aparência lunar tantas são as crateras. Atribuem a buraqueira, que já causou vítimas, ao descaso do DNIT na conservação da estrada. É bom lembrar que foram críticas vindas de deputados da oposição. O DNIT está nas mãos de dirigentes ligados à oposição. Thiago Caetano, com a palavra.

NÃO PODIA SER UM FANTOCHE
Não tenho ligações com o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, e nem quero ter. Estou bem no meu papel de jornalista independente. Mas tenho que dizer que, tem certa dose de razão ao não querer ser mais fantoche do ex-prefeito Vagner Sales e mudar a cara da gestão.

SEM SENTIDO
Porque caso continuasse o panorama dele sendo prefeito de Cruzeiro do Sul, mas quem governava de fato era o ex-prefeito Vagner Sales, com a maioria dos secretários do seu grupo, ia virar uma banana. Acho que o Ilderlei Cordeiro deu o seu grito de liberdade.

ATÉ A OPOSIÇÃO COMEU A PIZZA
Não foi só a CPI da Venda de Casas que terminou em pizza na Assembléia Legislativa. Não conheço uma cujo resultado foi prático e tenha rendido algo palpável. Todas foram na verdade, patuscadas. E esta última tinha deputado da oposição. Todos comeram a pizza.

DERROTAS SEGUIDAS
O ex-presidente Lula vem sofrendo derrotas seguidas, a última foi ontem, quando teve um Habeas-Corpus Preventivo para não se preso, negado pelo STJ. Lula sabe que a sua candidatura ao governo a cada dia esfumaça cada vez mais por causa da sua condição jurídica.

CULPA DA CIA?
Culpa do imperialismo americano e da CIA (sic), não é deputado federal Sibá Machado (PT)?

UMA GUERRA BEM INTERESSANTE
O que chama mais a atenção na eleição deste ano para o Senado não é só a grande quantidade dos postulantes às duas vagas que estarão em disputa, mas principalmente a qualidade de cada um. Não temos entre as candidaturas alguma que possa ser vista como cômica, são todas qualificadas, seja no campo da política, empresarial, da gestão pública, da atividade jurídica, o que é muito bom para a democracia. Jorge Viana (PT), Ney Amorim (PT), Sérgio Petecão (PSD), Sanderson Moura (PTC), Márcio Bittar (MDB), Fernando Lage, Minoru Kinpara e o nome pendente de Mara Rocha (PSDB). Não me lembro de outra chapa tão repleta de qualidades.

Propaganda

Blog do Crica

O MP é o Porto Seguro

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Crica

Até tu, Flaviano Melo!

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Crica

A difícil arte da liderança

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.