Conecte-se agora

Oposição caminha a passos largos para garantir mais um pacote de viagem para Manacapuru

Publicado

em

Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

Atenção senhores passageiros oposicionistas. Está na hora de renovar o passaporte. Porque por maior que seja o desgaste do PT e da Frente Popular, os líderes de oposição trabalham fortemente para garantir mais um pacote de viagem na balsa para Manacapuru. A disputa vai ser grande entre Bocalom, Gladson Cameli, Coronel Ulysses e Lyra Xapuri para saber quem será o capitão da embarcação. Entre rasteiras e cangapés, Bocalom e Flaviano Melo indicam que deixaram de pensar na unidade. Bocalom quer vingança contra seus ex-aliados em eleições anteriores e dispara: “se me querem como inimigo, preparem-se”. A pendenga toda é porque o ex-prefeito de Acrelândia quer um Democratas para chamar de seu. Enquanto o deputado federal Alan Rick sonha com a composição com Gladson Cameli, mas Flaviano Melo entrou na onda do salve-se quem puder.

A falta de comando na oposição vai muito além da pulverização de candidaturas de partidos sem o mínimo de estrutura que acreditam que bater o PT será uma tarefa fácil. Coronel Ulysses, que há poucos meses era figura carimbada na cozinha do governador, chegando a defender “os avanços” do sistema de segurança pública durante audiência na Assembleia Legislativa, agora posa de autêntico oposicionista. Ele esteve na cúpula de segurança em plena crise, mas não apresentou grandes propostas para os problemas, mesmo assim, promete transformar o Acre no paraíso na terra. Para Gladson Cameli falta pulso e palavra para indicar um nome para vice na sua chapa, prolongando a sangria desnecessária. Atitude que leva ao desgaste e falta de credibilidade de sua candidatura, a única que tem condições de bater de frente com o PT.

Calma, já sei, meus três leitores estavam pensando que esqueci do Lyra Xapuri, né? (Na na Ni na Não). Ele é um dos poucos entre muitos que se intitulam oposicionistas que tem que ralar e muito para sobreviver anunciando as promoções do Formigão. Lyra é um jovem idealista, mas deveria perceber que não há estrutura por parte de seu partido para bancar uma candidatura majoritária. A melhor alternativa seria procurar uma aliança para tentar uma candidatura proporcional. Desta forma, ele sairia do imprensado que é a briga entre o eterno candidato Bocalom, seu afilhado Coronel Ulysses e o abonado Gladson Cameli. Resumindo, falta união, humildade e bom senso. O perigo é que a balsa partir sem comando rumo a Manacapuru e possa naufragar deixando como vítimas os eleitores que ainda acreditam na alternância de poder no Acre.

O ‘glorioso MDB’ manipulado por um estreante


O mais interessante de se ver nessa guerra na oposição é o ‘glorioso MDB’ ser manipulado por um estreante na política. Coronel Ulysses entrou ontem na política, mas já colocou a esposa na presidência do Patriotas, seduziu Bocalom e parte do DEM com o clamor da população por segurança. Agora, ele conquista a admiração da deputada Eliane Sinhasique (MDB) e alguns dirigentes que sonham com os pomposos cargos na administração estadual. Coronel Ulysses pode não ganhar a eleição, mas vem demonstrando um poder de manipulação que impressiona e servirá de lição para os cabeças brancas emedebistas e dirigentes de legenda oposicionistas. O militar das medalhas merece mais uma por engabelar com perfeição parte da combalida oposição. O prato do almoço de confraternização de Ulysses e MDB foi peixe. Assim não vão estranhar as refeições na balsa que poderá levar mais uma vez a oposição para Manacapuru. Sebastião Viana deve estar orgulhoso!

Assistindo de camarote…

Um futuro secretário de Estado
Estava quase terminando a atualização do blog quando o telefone toca. “Alô, meu amigo Ray, aqui é o Roxim, tudo bem? Olha, eu estou ligando para questionar seu posicionamento sobre a situação da oposição. Eu, particularmente acredito que o senador Gladson vai vencer essa disputa, com ou sem o MDB. Outra coisa, estamos trabalhando muito para garantir a vitória do nosso candidato de ponta a ponta no Estado. Faz uma notinha pra mim”. Pronto, atendido seu pedido meu amigo Roxim. Eu acredito que você será um grande secretário de Estado na administração Cameli. Estou torcendo por sua nomeação no primeiro escalão do possível governo Cameli. Seu talento tem que ser aproveitado.

 

Anúncios

Blog do Ray

Quase uma briga de casal no exercício do poder

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Vagner Sales acredita que não haverá disputa no voto para escolher dirigentes da Aleac

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Daniel se mantém Zen e deputado mesmo sem os votos de Nil Figueiredo

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Da terra do amendoim para o centro do poder do Brasil

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas