Conecte-se agora

Salgueiro usa ‘black face’ em integrantes da escola e provoca polêmica na internet

Publicado

em

O Salgueiro, quarta escola no Grupo Especial do desfile de segunda-feira, entrou na Avenida com o enredo “Senhoras do Ventre do Mundo” para celebrar a história da mulher negra. Um quesito, porém, pode colocar a agremiação no centro de uma polêmica: a “black face”. Integrantes da bateria e da comissão de frente entraram na Marquês de Sapucaí maquiados para que todos se pareçam negros, uma prática usada no século XIX por atores brancos para representar negros, que eram proibidos de participar de peças teatrais, e que hoje é reconhecido como racismo.

“É impossível que não tenha tido uma pessoa com bom senso no Salgueiro para dizer que ‘bom talvez não seja uma boa ideia a gente fazer black face'”, afirmou um internauta sobre a polêmica.

A caracterização repercutiu negativamente nas redes sociais já nos primeiros minutos da escola na pista. A maquiagem dos integrantes da bateria, que representam os faraós, levou cerca de quatro horas para ficar pronta. O coreógrafo da comissão de frente do Salgueiro, Hélio Bejani, disse que não quer motivar reações negativas. Ele disse ser uma decisão conjunta dele com o carnavalesco:

– Não quero polêmica. Isso é uma manifestação artística, temos licença poética – disse ele, que tocou ainda em outra polêmica: o fato de que homens estão representando mulheres:

– O enredo é afro. E é um afro mais histórico. Precisávamos dessas feições mais escuras. Por isso, decidimos pela pintura e por usar homens representando mulheres. Queria dar uma robustez. A maquiagem era a única forma de conseguir o tom certo.

Os ritmistas, negros e brancos, minimizaram a polêmica que surgiu nas redes sociais. Eles explicaram que representavam egípcios e, portanto, de origem negra. É afirmam que, numa bateria formada por muitos negros, em nenhum momento se discutiu a questão. Presidente do Salgueiro, Regina Celi também falou sobre a polêmica:

– Estava na leitura do carnavalesco, tinha que ser assim, fazia parte da concepção do enredo.

Um dos ritmistas, Rafael Leite diz que nem consegue responder se é negro ou branco.

– Sou de Minas, com família baiana, de brancos e negros. Não vejo problema algum na maquiagem. Brancos e negros nos pintamos, num enredo que falava dos negros – disse ele.

O carnavalesco Alex de Souza estreou na escola com um desfile “luxuoso”, destacando os truques para a Avenida.

– Fico muito feliz que mesmo num ano difícil a gente tenha conseguido trazer um belo espetáculo para essa escola que tem uma vibração contagiante. Mas nem tudo que reluz é ouro. Teve muito truque, trabalhamos com efeito de cores. As plumas nem sempre eram da melhor qualidade.

Souza também comentou sobre a polêmica da caracterização dos integrantes.

– Não tem nada a ver. A estética da comissão de frente foi inspirada no trabalho de um fotógrafo estrangeiro que tem belas imagens de negros pintados. Já na bateria me inspirei na 25° dinastia da Núbia que ocupou o Egito. Me inspirei em esculturas egípcias em preto e ouro e atendi o pedido dos componentes que não queriam uma roupa pesada. Então a maquiagem fez toda a diferença – apontou.

Propaganda

Acre

Coronel Ulysses promove primeiro ato de rua permitido pela Lei Eleitoral, na Capital

Publicado

em

O candidato a governador, Coronel Ulysses Araújo, reunirá apoiadores e candidatos da coligação “Acre livre/Muda Acre de verdade” para o primeiro ato de rua permitido pela Lei Eleitoral. A mobilização ocorrerá a partir das 7h30 desta sexta-feira (17), na Praça da Revolução, em frente ao Comando Geral da Polícia Militar.

O evento é considerado o dia “D”, ao fazer alusão entre o dia 17 de agosto e os números adotados pelo candidato ao governo e pelo candidato a presidência da República, Jair Bolsonaro. A coligação, formada pelos partidos PSL, PSC e Patriotas, espera reunir todos os seguidores de Bolsonaro no Estado.

“Faremos uma caminhada nas principais ruas da capital, para dizer a população acreana que estamos preparados para governar o Estado. A batalha é para devolver o Acre aos acreanos e precisamos do apoio deles para conseguirmos vencer a guerra”, afirmou Coronel Ulysses.

Na manifestação, o candidato ao governo também debaterá com eleitores, apresentando o plano de governo, mostrando propostas, como o fortalecimento da segurança pública e a busca pela geração de emprego e renda.

Na parte da tarde, às 14h30, Coronel Ulysses realizará outra caminhada no bairro Cidade Nova, buscando apoiadores com o objetivo de mostrar que é o Acre precisa de mudança para melhor.

Continuar lendo

Acre

Jorge Viana inicia primeiro dia de campanha nas ruas do município de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O primeiro dia oficial de campanha começou cedo para o senador Jorge Viana. Às 6 horas da manhã o próprio parlamentar, candidato à reeleição, foi para as ruas de Cruzeiro do Sul, na Praça do Táxi, conversar com motoristas e pedestres. Apresentou uma carta falando de sua trajetória política, recebeu mensagens de apoio e defendeu o diálogo como forma de superar a atual crise política e institucional que afeta todo o país.

A conversa olho no olho será a essência de sua campanha, afirma Jorge Viana. Para ele, é preciso resgatar o contato direto com os eleitores e a confiança na boa política. “Temos lembranças especiais das primeiras campanhas, marcadas pela criatividade para superar a falta de estrutura e de recursos. Vendíamos balões e camisetas, promovíamos jantares e outras atividades, combinando a arrecadação de recursos com a confraternização e o debate de ideias. Criamos um movimento de mudanças que resultou em grandes conquistas para o nosso povo. É preciso reencontrar esse caminho”, defende o parlamentar ao criticar a presença do poder econômico nas campanhas eleitorais.

No Senado Federal, Jorge Viana foi presidente da Comissão de Reforma Política e defendeu mudanças que considera importantes para o resgate do que ele acredita ser a “boa política”. Entre os resultados da comissão, foi aprovado limite de gastos para deputados, redução do tempo de campanha e restrição no uso de materiais de divulgação.

“Sempre procurei fazer campanhas participativas, envolvendo as pessoas em todos os municípios com uma emoção verdadeira. Não poderia ser diferente agora”, declarou.

O senador também participou de uma entrevista de rádio em Cruzeiro do Sul. Nas ruas, Jorge Viana foi recebido com carinho e atribui a boa acolhida à sua trajetória política. “Num período não muito distante, transformamos um Acre decadente e falido, com salários atrasados, sem infraestrutura e nenhuma autoestima, num estado mais preparado para os desafios dos novos tempos que chamou a atenção do Brasil. A boa política possibilita fazer mudanças como as que fizemos”, escreveu em sua carta de apresentação como candidato.

“Temos que fazer uma autocrítica, entender nossos erros e apontar mudanças para que a boa política volte a ser praticada e siga transformando a vida das pessoas para melhor”, completou.

Continuar lendo

Acre

Davi Friale desiste de candidatura por causa de ocupações profissionais

Publicado

em

Por suas atividades no site O Tempo Aqui e estudos relacionados ao clima, o pesquisador meteorológico Davi Friale desistiu da candidatura a deputado estadual. A informação é do próprio Friale.

“Eu preciso atualizar constantemente o site, que é uma prestação de serviços à população. Mas estou me organizando para contratar algumas pessoas, formar uma equipe que terá essa atribuição de atualizar o portal na minha ausência. Seria impossível ter que abastecer o site diariamente e cumprir agendas de campanha, conversar, ir aos bairros, visitar pessoas”, diz.

Friale, aliás, chegou a ser contado para compor chapa como vice de Lyra Xapuri, ex-candidato a governador, durante o período pré-eleitoral. Lyra desistiu de concorrer ao governo para apoiar Marcus Viana (PT) e se candidatar a deputado federal. Já Friale preferiu sair da disputa por ocupações profissionais.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.