Conecte-se agora

Sebastião leva puxão de orelha pela crise da segurança e diz que o Estado virou refém do correio da má notícia

Publicado

em

O incêndio no prédio da Unidade Prisional – 4, conhecida como Papudinha, e o assassinato, ontem (7) de mais dois presidiários do sistema semiaberto, incomodou e muito o governador Sebastião Viana, que durante o seu discurso na solenidade de abertura do ano judiciário, no Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Acre, citou por várias vezes o trágico acontecimento, colocando o estado como vítima do que classifica como “espetáculo da tragédia” vivido pela sociedade.

Sebastião Viana demonstrou enfado por não fazer prevalecer no último ano de sua gestão, números que ele considera como reais avanços, como o crescimento do PIB, indicadores da educação e melhorias, segundo o governador, na saúde pública.

“Hoje mesmo entregamos equipamentos para a educação, fechamos números de investimentos em milhões na climatização de salas, mas o que vai aparecer são duas salas queimadas pela facção, um morto e dois feridos. Viramos reféns das más notícias”, disse o governador.

O visível aborrecimento de Sebastião, foi por conta de posicionamentos duros feitos pelos representantes das instituições ligadas ao judiciário. O discurso forte de encontro à postura do Estado de buscar culpados pela onda de violência foi puxado pelo presidente da OAB-AC, Marcos Vinícius Rodrigues. “As instituições estão isoladas e donas de suas verdades, ninguém tem tido a humildade e as parcerias de discutir as causas sociais visando o bem comum da sociedade”, disse Vinicius.

O representante da advocacia, ao citar a ação dos donos de bocadas dentro e fora dos presídios, chamou atenção direta do chefe de estado. “Isso é uma situação, governador, que não pode ser debitada a um partido, a um grupo, é culpa de todos nós. Temos que discutir isso, o sistema carcerário brasileiro alimenta a criminalidade, quando que vamos tomar esse espaço público, que é nosso?”, questionou a OAB.

Ao citar o evento que culminou com o fechamento da Papudinha, Vinicius disse que a criminalidade perdeu o receio dos poderes constituídos, chamando para um debate fiel a sociedade brasileira. Para ele, “castigar criminoso virou mudança de endereço, onde o dono da bocada, faz dentro do presídio o que ele faz fora e com mais segurança. É o estado garantido segurança para que aquela pessoa cometa crimes”, criticou.

O discurso da OAB foi acompanhado pelo Ministério Público. De forma mais moderada, a Procuradora Geral do Estado, Kátia Rejane, convergiu no mesmo sentido, voltou a chamar atenção para a mensagem que busca apenas culpados. A procuradora lembrou do combate ao crime organizado na era Hildebrando Pascoal.

“Violência urbana não tem explicação simplória e nem soluções mágicas. O Problema é complexo assim como nossa sociedade. O momento não é de atribuir culpa ou achar culpados. Em um passado recente com união e trabalho conseguimos vencer o crime organizado”, acrescentou a procuradora.

Coube aos magistrados presentes e que fizeram uso da palavra, mediar o debate que gerava certo desconforto na solenidade. O desembargador Roberto Barros até citou a crise migratória em Roraima, por conta da fuga de Venezuelanos, lembrando que o Acre administrou situação parecida quando haitianos invadiram as fronteiras.

A desembargadora e corregedora do Tribunal de Justiça, Valdirene Cordeiro, chamou todos para união em torno da causa maior. E a decana, desembargadora Eva Evangelista, falou até da “inteligência artificial”, o risco cada vez mais alto, de que as pessoas sejam substituídas por robores.

A decana tocou no assunto violência e atualizou dados ao governador Sebastião Viana sobre a violência doméstica, que segundo ela, leva o Acre ao quarto lugar no ranking nacional, por conta da desestruturação da família. “As famílias estão sendo substituídas pelos chefes de facções”, disse a desembargadora Eva.

O governador Sebastião Viana até tentou demonstrar bom humor, alinhou seu discurso a citação de “inteligência moderna”, elogiou a parceria e independência do Judiciário, mas em seguida, caiu em contradição, depois de colocar o estado como vítima do negativo, concordou que os deságios são concretos e que ameaçam a paz familiar. “Não é uma resposta fácil, aqui no Acre estamos fazendo o impossível”, acrescentou Sebastião.

Parecendo não ter dado ouvidos para a reclamação feita pelos representantes das instituições, o governador voltou a atacar o governo federal que, segundo ele, tem sido omisso para a “tragédia do consumo de drogas”. “O Estado do Ceará em janeiro registrou 500 assassinatos. Nós registramos 45. O que é muito. Mas o culpado direto é o governo federal que não fecha a fronteira”, concluiu o governador.

Confira a solenidade na integra:

Cidades

Prefeitura de Brasileia realiza café da manhã em homenagem ao Dia do Gari

Publicado

em

Em alusão do dia do gari, comemorado anualmente em 16 de maio, a Prefeitura de Brasileia realizou no último sábado (19), um café da manhã a todos os profissionais que com muito cuidado e dedicação mantém a limpeza e organização no município.

A programação teve início as 7 horas, no espaço do Serviço Social do Comércio (Sesc) de Brasileia, onde foi servido café da manhã, com sorteio de brindes, concurso de forró e bingo de 1 liquidificador, 1 ventilador e 1 bebedouro.

O Vice-Prefeito e secretário de obras, Carlinhos do Pelado, falou da importância em homenagear a todos os servidores municipais, em especial os garis e margaridas que cuidam tão bem da nossa cidade. “Esses profissionais são pessoas que merecem o respeito de toda a população, eu particularmente tenho um grande amor por cada um deles, pois são pessoas dedicadas que no dia a dia estão fazendo o seu melhor para poder atender os habitantes de Brasileia. Quero agradecer a todos os presentes que tem se dedicado para realização dessa festa”, disse Carlinhos.

A valorização profissional é uma marca da atual gestão, e o profissional Francisco Dias falou a respeito desse reconhecimento recebido da prefeitura. “Quero parabenizar a Prefeita pelo evento realizado, desde quando assumiu ela tem valorizado a classe dos garis e feito um ótimo trabalho na cidade de Brasileia. E nós estamos muitos felizes com administração que olha de forma igual para todos”, destacou Francisco.

A Prefeita Fernanda que participou da programação, parabenizou a todos e agradeceu o empenho e dedicação com que eles trabalham diariamente na limpeza da cidade. “São esses guerreiros e guerreiras que nos ajudam a colocar em pratica tudo que foi pensado dentro do gabinete, não importa as circunstancias climáticas que eles sempre estão desenvolvendo o seu trabalho e é por esse motivo que merecem nosso respeito e dedicação. Quero agradecer o apoio do Sesc, aos nossos colaboradores e patrocinadores que nos ajudaram a realizar essa festa”, ressaltou Fernanda Hassem.

O evento contou com a participação da Deputada Estadual Leila Galvão, vereadores Rozevete e Edu, equipe municipal, garis e os seus familiares.

Continuar lendo

Cidades

Ao lado de Marcus e Sibá, Haddad diz que Bolsonaro é uma falha da direita

Publicado

em

Bolsonaro é uma falha da direita brasileira que cede espaço a uma agenda medieval. Essa é a conclusão do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), sobre a pré-candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência da República. “Bolsonaro é um problema muito mais para o Alckmin do que pra nós”, acredita. A declaração do ex-prefeito de São Paulo foi dada durante coletiva na tarde desta sexta-feira, 18, em um hotel em Rio Branco. Ele e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, participam da IV Conferência da Amazônia, que acontece na capital desde esta quinta-feira.

Ao ser perguntada se o ex-presidente Lula teria desautorizado o PT a suspender as tratativas com o pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes, Gleisi Hoffmann, tergiversou sobre o assunto em si, disse que os partidos de esquerda constroem uma união nacional e que Lula será registrado como pré-candidato em Agosto.

“Há União dos partidos de esquerda. E o PT tem uma determinação de lançar o ex-presidente Lula que não teve seus direitos políticos suspensos. Escrevemos ele no mês de agosto”, informou.

Para Hoffman, as pesquisas, que põem Lula como favorito, mostram que o povo entende que há uma injustiça feita a Lula.

Ela e seus correligionários acreditam na vitória do ex-presidente no primeiro turno das eleições de outubro. A presidente do PT também afirmou que ainda não há conversas para composição de vice na chapa de Lula.

Fernando Haddad e Gleisi visitaram Lula na cela do prédio da Superintendência da Polícia Federal nesta semana. Haddad informou que o tempo de conversa com o ex-presidente foi curto e revelou que Lula “está bastante injuriado” com o contexto que envolve sua prisão e preocupado com a “soberania” do país.

Continuar lendo

Cidades

Gabriel Forneck justifica aumento de R$ 0,20 na passagem de ônibus

Publicado

em

A coletiva de imprensa convocada pela Prefeitura de Rio Branco para a manhã desta sexta-feira (18) para apresentar e justificar o novo preço da tarifa de ônibus lembrou aquela realizada pelos procuradores da Lava Jato, em Curitiba, para acusar Lula como o grande chefe do esquema de corrupção na Petrobras.

Assim como no Paraná, recorreu-se até ao Powerpoint para percorrer todos os caminhos que levaram o conselho tarifário a definir os R$ 0,20 de reajuste. Desta vez, no entanto, não havia Lula no centro do universo.

O famoso software da Microsofot para apresentação de slides foi gerenciado pelo ex-vereador Gabriel Forneck (PT), agora chefe da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (RBTrans).

Ao invés do ex-presidente petista, o grande vilão foi a alta dos combustíveis – ou poderia ser o presidente Michel Temer (MDB). Afinal, desde que o emedebista passou a rasteira em Dilma, todas as mazelas históricas do Acre foram jogadas em seus ombros.

Porém, de fato, são nestes dois anos de MDB no Planalto que os brasileiros passaram a conviver com a nova política de reajuste dos combustíveis da Petrobras. Entre abril do ano passado e maio de 2018 o diesel, no Acre, para as empresas de ônibus, teve aumento de quase R$ 0,50.

Para complicar, o governo Sebastião Viana (PT) não adota subsídio para o diesel que entra no Acre como forma de reduzir os custos das empresas e, quem sabe, do preço da passagem.

Foi a partir do aumentos dos custos operacionais com diesel que as empresas de transporte coletivo pediram uma tarifa em R$ 4,55.

As despesas com combustível representam 73,5% do valor da tarifa. E 90% do total da passagem são bancados pelo…usuário. Dos R$ 3,80 em vigor hoje, R$ 3,50 saem do bolso do passageiro; apenas R$ 0,30 são, de alguma forma, subsidiados pela prefeitura.

Segundo Gabriel Forneck, a manutenção da passagem a R$ 1,00 para estudantes será a “prioridade zero” da prefeitura. O valor real é de R$ 1,90, com os R$ 0,90 saindo do perdão da prefeitura à dívida milionária das empresas do setor com o município.

Rio Branco tem atualmente 59 linhas regulares em seu perímetro urbano e rural, com 174 ônibus em circulação. Em 2017, 10 veículos foram queimados por criminosos, dando um prejuízo de R$ 2 milhões para as empresas.

Segundo o chefe da RBTrans, os seguros não cobrem esse tipo de dano.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.