Conecte-se agora

Irmão de Petecão declara segundo voto a Ney Amorim na disputa pelo Senado

Publicado

em

Bom dia! Boa tarde! Boa note!

Acho bom alguns medalhões da política acreana que têm intenção de ocupar uma das cadeiras do Acre no Senado Federal colocarem as barbas de molho. Tudo indica que a pré-candidatura que mais cresce em termos de apoio é a de Ney Amorim. Empolgado com os números das últimas pesquisas que o colocam com dois dígitos na preferência do eleitorado, Amorim vem percorrendo o Estado e consolidando sua pré-candidatura que terá base política nos 22 municípios. Enquanto os partidos de oposição batem cabeça com a pulverização de candidaturas, a FPA — apesar do desgaste com os escândalos nacionais que envolveram o PT — já definiu o time e trabalha forte nos bastidores.

Uma das últimas declarações de apoio que ele recebeu foi do irmão do senador Sérgio Petecão (PSD), o conhecido empresário Sirlei Oliveira, conhecido como X, que mantém empresas atuando no segmentos de combustíveis, nos municípios de Epitaciolândia e Brasileia, no Alto Acre. Ney Amorim vem sendo reconhecido por aliados e até mesmo por adversários como um político habilidoso, aberto ao diálogo, que não aderiu ao discurso degradante e pejorativo que a esquerda vem mantendo em relação aos partidos de direita. Graças a postura política de respeito aos adversários, tudo indica que Amorim contará com o apoio de deputados estaduais de oposição na campanha eleitoral deste ano.

A boa relação com alguns oposicionista ficou evidenciada nos discursos e palavras de apoio que ele recebeu no ano passado, quando Jairo Carvalho (PSD), Gerlen Diniz (Progressistas) e Luiz Gonzaga (PSDB) usaram a tribuna para elogiar a condução dos trabalhos na Aleac. Outro fator interessante é que Ney Amorim é a segunda opção para os eleitores dos outro candidatos. Com a conquista do apoio do irmão de Petecão, Ney Amorim descobriu qual é o X da questão que poderá ajudar na aquisição de votos no Alto Acre, garantindo a dobradinha nas urnas de Epitaciolândia e Brasileia com um oposicionista que também conta com votos de simpatizantes de partidos da Frente Popular.

Sebastião joga por terra a fama de
“bom pagador” dos governos do PT no Acre


O pagamento em dia ao servidor é uma obrigação básica e não conquista de administração pública. No Acre, depois da passagem desastrosas de gestores que atrasaram de três a quatro meses de salários, o pagamento em dia virou projeto de governo cultuado por políticos e eleitores que em todos os períodos eleitorais colocam a questão de pagar em dia como a principal proposta dos planos de governo das administrações pilotadas pelo PT, mas parece que o governador Sebastião Viana jogou por terra a fama de bom pagador que nasceu na gestão de Jorge Viana, que recebeu o Estado com quase quatro meses de salários atrasados, organizou a casa, colocou o pagamento em dias nos primeiros meses de sua administração e elaborou um calendário de pagamento.

Atualmente, Sebastião Viana tenta passar a imagem que mantém a folha de pagamento em dia, depositando os vencimentos dos servidores efetivos no último dia do mês, mas a verdade é que servidores terceirizados, trabalhadores de cooperativas e estagiários reclamam constantemente da falta de repasses de recursos do Estado para o custeio de seus salários. Algumas categorias estariam sem receber desde o mês de novembro. Talvez a gestão petista não considere que os provisórios sejam servidores públicos, isso justificaria a insistência do governo em insistir no discurso do pagamento em dia. Até mesmo gratificações e plantões extras dos servidores da saúde estão sendo parcelados, sem contar que empresários reclamam de supostos calotes. Alguém meteu os pés pelas mãos.

Tem gente de olho na atuação de operador financeiro na Sesacre


Meus três leitores, vocês já ouviram falar de pessoas poderosas que não aparecem nem têm cargos de destaque nas administrações públicas, mas nos bastidores são elas quem mandam e desmandam no dinheiro de contratos de fornecedores? Uma fonte do primeiro escalão do governado Sebastião Viana, confidenciou a este blogueiro, que a atuação de um operador financeiro dos recursos da área de saúde, que mantém relação estreita com várias empresas na capital e no interior, está sendo investigada silenciosamente e poderá ser o estopim de um novo escândalo na administração estadual. Segundo a fonte informou, pode haver um rombo de mais de R$ 250 milhões na pasta. Claro, para não atrapalha as investigações não vou revelar o nome. Aguardem, poderá rolar uma tremenda saia justa.

A solução para saúde é a gestão através de OS

Propaganda

Blog do Ray

Bondade eleitoral? Sebastião propõe suspensão das demissões no Pró-Saúde por um ano

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Pesquisa registrada no TSE mostra números para governo, senado e deputado federal no Acre

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

“Vai perder quem apostar que eu não vou aos debates com o Marcus”, diz Gladson Cameli

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.