Conecte-se agora

Esquenta do Carnaval seleciona 18 concorrentes na disputa ao título de realeza 2018

Publicado

em

A pré-seletiva das realezas que aconteceu na noite deste domingo (28), escolheu as candidatas que disputarão o reinado do Carnaval de Rio Branco no próximo mês. A escolha das rainhas hétero, gay e travesti aconteceu no estacionamento do estádio Arena da Floresta e contou com a presença de cerca de 1700 pessoas que prestigiaram a seleção das cinco candidatas de cada categoria para disputar a grande final que acontecerá no dia 9 de fevereiro.

Ao som da bateria do grupo Sambase, a folia começou animando o público desde 18h, uma hora antes de começar a seletiva. No total participaram da pré-seletiva 26 concorrentes e somente 18 foram selecionados para a próxima e íltima etapa do concurso das realezas.

Trazendo um slogan “Tem Folia na Cidade”, os organizadores destacaram o concurso deste ano como um dos mais concorridos, já que contou com a presença expressiva de candidatas a realeza. “Uma seletiva difícil com belas candidatas e que serviu como o esquenta do Carnaval deste ano que vem com muitas atrações regionais”, destacou o presidente da Fundação Garibalde Brasil, Sérgio de Carvalho.

A seletiva começou apresentando as rainhas, todas elas tiveram a oportunidade de se apresentar para o público e principalmente aos jurados que analisavam os quesitos de samba no pé, simpatia e beleza plástica, o que garantiu a pré-seleção das candidatas Andreia Gadelha, Carol Souza, Irlene Lins, Gabriela Alencar e Kalliny Santiago para a final, onde serão avaliadas nos quesitos fantasia e comunicação.

Em seguida as concorrentes a rainha gay se apresentaram e levaram o público ao delírio. Sem qualquer parte física alterada com silicone ou algo do tipo como recomenda o regulamento, todas fizeram suas apresentações ao ritmo da bateria da Sambase. Os candidatos classificados para a final foram Dheyla Martins, Clara Cristina, Aline Venturine, Ramona Sindel, Wendy Sayonara e Nega Rodrix.

Na disputa das cinco vagas para a final do cargo de realeza travesti, o embate foi acirrada. As sete inscritas levantaram as torcidas dos grupos de quadrilha junina dos bairros que colocaram suas representantes, assim como na seletiva da rainha gay. As concorrentes que estão classificadas são Natacha Houston, Ellen Hanashara, Thayna Silva, Rose Endrew e Jhully Sayonara.

Como só se inscreveram para disputar o cargo de rei Momo três concorrentes e todos estavam dentro do peso estabelecido que pelo regulamento que era de 110 kg, com erro de balança de até 2 kg para menos, os candidatos Mauro Café, Dudu e Junior Lima fizeram uma apresentação simbólica e estão classificados para a final.

As candidatas Gabriel Alencar e Kalliny Santiago destacaram que a seletiva foi muito disputada e que todas estavam de parabéns pelas apresentações. “Deu um nervosismo, pois não ouvi os locutores dizer que estavam chamando por ordem alfabética, e quando me chamaram por último o nervosismo foi ainda maior, mas agora que foi selecionada, vamos nós preparar e esperar a grande final”, disse Kalliny.

Gabriela Alencar disse que por ser a primeira ficou muito nervosa, mas na hora que começou a sambar ficou mais tranquila. “Quando a bateria começou a tocar e comecei a sambar, tudo ficou mais tranquilo e deu tudo certo. Se Deus quiser vamos fazer ainda melhor na final”, destacou.

A finalista a rainha travesti, Jhully Sayonara disse que todas competidoras fizeram seu melhor, mas os jurados só podem escolher cinco para a final. “Tenho certeza que a apresentação na final será ainda melhor e teremos uma disputa muito difícil para os jurados”, ressaltou Sayonara.

O candidato a rei Momo, Marcos Café, que têm vários titulos no Carnaval de Rio Branco, revelou que o dinheiro da premiação é tentador, mas a emoção e o gostar do Carnaval é que motiva mais ainda a participação nos concursos.

A grande final será realizada no próximo dia 9 de fevereiro em local que ainda será definido pela direção da Fundação Garibalde Brasil.

 

Propaganda

Destaque 2

Fiscalização volante da Sefaz apreende mercadoria ilegal

Publicado

em

Além dos postos fixos, a Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) conta com a fiscalização volante para coibir a velha prática de quem não quer pagar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

E foi esse trabalho itinerante que proporcionou a apreensão de 38 fardos de confecções sem o devido imposto.

A estratégia não é nova e acontece com certa frequência. Os motoristas dos caminhões recebem para esconder a mercadoria ilegal entre produtos que estão com o imposto em dia. Nesse golpe, os volumes estavam escondidos entre gêneros alimentícios para tentar burlar a fiscalização.

As mercadorias foram apreendidas e levadas para autuação no Posto Fiscal da Corrente.

A estimativa é que o auto de infração ultrapasse os 50 mil reais, entre imposto e multa.

Continuar lendo

Destaque 2

Imagens mostram Emurb colocando asfalto onde não tem buraco

Publicado

em

Bem verdade que as condições de algumas ruas de Rio Branco começam a melhorar desde o início da Operação Verão, desencadeada pela prefeitura com o objetivo de recuperar as vias da capital acreana. Bem verdade também que o que foi feito agora está longe de ser suficiente para acabar com os buracos da cidade e acabar com o martírio dos motoristas que precisam de muita atenção, principalmente no período noturno.

Por isso, o espanto de internautas que flagraram equipes da Emurb colocando asfalto em um trecho da Avenida Ceará em frente ao José de Melo, onde aparentemente não há buracos “Eu não consigo entender. Com tantas ruas esburacadas em quase todos os bairros da nossa cidade, a prefeitura tá concentrando esforços onde não tem buraco. Na rua Manaus, onde moro no bairro Parque das Palmeiras, todas as ruas tem buracos”, disse um internauta que encaminhou as fotos ao ac24horas.

Em nota, a prefeitura de Rio Branco explicou se tratar de uma determinação da prefeita Socorro Néri para a recuperação preventiva das vias onde há grande circulação de veículos. Segundo a Emurb, ao longo dos anos, as muitas operações tapa-buracos criaram desníveis na capa asfáltica da cidade. Nesses mesmos pontos de tráfego intenso, a orientação é que uma fina camada de asfalto seja aplicada para melhorar e deixar mais uniformes as pistas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.