Conecte-se agora
Fechar

Blog do Crica

Mérito de condução

Luis Carlos Moreira Jorge

Publicado

em

O deputado Daniel Zen (PT) foi honesto ao deixar a presidência do PT, porque é candidato à reeleição e como presidente seria o gestor do fundo partidário, o que poderia gerar comentários de privilégio por outros candidatos. Zen conduziu bem os debates em torno da escolha do candidato ao governo pela FPA. Ficará agora livre para fazer a sua campanha. E como uma das gratas surpresas da nova geração de políticos do PT, poderá buscar com mérito um novo mandato para a ALEAC. Zen (foto) é um dos nomes petistas para futuros embates majoritários. É visto pelo governador Tião Viana e prefeito Marcus Alexandre como promissor.

SAÍDAS CERTAS
Cinco secretários estão certos que acompanharão o prefeito Marcus Alexandre, quando deixar o cargo em abril para se candidatar ao governo: Andréia Forneck (Comunicação), André Kamai (Gabinete), Chicão Brígido (Movimento Comunitário) e Antonio Klemer (Cerimonial) e Temyllis Lima (Juventude).

CANDIDATOS
Destes, três serão candidatos, Antonio Klemer a deputado estadual e Chicão Brígido a deputado federal. Andréia Forneck e André Kamai integrarão a campanha do Marcus. Temyllis Lima disputará uma vaga na ALEAC.

DEBANDADA MAIOR
No governo, a debandada em abril para ser candidato é bem maior. Sairão do primeiro escalão Gemil Junior, Cristovão Pontes, Henry Nogueira, Silvia, Nil Figueiredo, Emylson Farias e Pedro Longo.

AJUDANDO AO INVERSO
O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, com sua fraca gestão, longe de prejudicar, no fundo ajuda a imagem política do ex-prefeito Vagner Sales, porque as comparações são inevitáveis. Vagner deixou a prefeitura com boa avaliação. Tanto é que fez o seu sucessor.

AZEDARÁ DE VEZ
A relação entre o prefeito Ilderlei Cordeiro e o ex-prefeito Vagner Sales azedará de vez durante a campanha, pelo fato de Ilderlei não apoiar a reeleição da deputada federal Jéssica Sales (PMDB), filha de Vagner. É a típica e velha história da criatura que se volta contra o criador.

VOTAÇÃO DOBRADA
A tendência natural é que nesta eleição o deputado Jonas Lima (PT) suba a sua votação em Mâncio Lima, aonde na última disputa já foi bem votado. O prefeito Isac Lima é seu irmão. Só que não está havendo a transferência de votos nas pesquisas para o Marcus Alexandre (PT).

SINUCA DE BICO
O mais atingido com a decisão do PSDB em lançar a jornalista Mara Rocha (PSDB) para o Senado foi o médico Eduardo Veloso (PSDB), que já estava com a sua candidatura a vice-governador pacificada. Com o novo quadro ficou com a sua postulação à vice inviabilizada, a não ser que o PSDB recue em ter candidato ao Senado, que não parece ser a intenção.

LISTA DO BATOM
Rosana Nascimento, Vanda Denir, Wânia Pinheiro, Charlene Lima, Leila Galvão, Maria Antonia, Mara Rocha, Juliana Rodrigues, Eliane Sinhasique, Antonia Sales, Silvia (Pequenos Negócios), Temyllis Lima, Perpétua Almeida, Nazaré Araújo, Márcia Regina, Jéssica Sales e Carla Brito são as mulheres que se apresentaram até aqui como candidatas, aos mais diversos cargos. O número aumentou nesta eleição. Um indicador que poderemos ter mais mulheres no parlamento.

ROMPIMENTO SACRAMENTADO
Com os ataques que fez ao senador Jorge Viana (PT) e depois ao governador Tião Viana, e agora com o pedido de falência da “Dom Porquito”, menina dos olhos do governador, foi selado de vez o rompimento do governo com o empresário Jarbas Soster. O pedido atingiu em cheio a imagem da empresa e pode comprometer, inclusive, a exportação de seus produtos.

PARTIDO DO BOLSONARO
O Coronel Ulisses Araújo precisa vir de público esclarecer de vez a questão se vai se filiar ou não ao DEM. Na política é sim ou não, não cabe a dúvida ou meio termo para quem pretende disputar o governo.

NÃO É VERDADEIRO
Para mim não importa que ganhe ou que seja derrotado na disputa de uma vaga de deputado federal. Mas se tem algo de que Marivaldo Melo não pode ser acusado é de incompetente e sem qualificação, como postaram sindicalistas, ou não presidiria com sucesso o BASA.

SAINDO POR CIMA
O deputado Chagas Romão (PMDB) não disputará a reeleição, mas não abandonou a militância política, acompanha sempre a caravana do partido em suas reuniões no interior. Romão vai deixar a ALEAC de cabeça erguida, como decano da Casa, e uma vida política sem arranhão.

QUESTÃO DE GOSTO
Não entro na crítica à participante do BBB 18, a acreana Gleici Damasceno, por ser petista e ter o Lula e a Dilma como ídolos, posando com ambos em fotos. Direito dela. Questão de gosto não se discute. Tem gente que gosta de mastigar alho cru ou chupar limão. E ponto final.

É A AVALIAÇÃO
Os principais dirigentes petistas avaliam que por conta de mais de uma chapa para deputado federal dentro da FPA, a coligação poderá na melhor das hipóteses só eleger três parlamentares, com o PT podendo ficar com um deputado. Por isso a ânsia de fazer o chapão. A avaliação está dentro da realidade. Não tenho muita certeza no potencial da “chapinha”.

FECHADO EM COPAS
Misteriosamente, nunca teve este comportamento, o governo fechou-se em copas com relação ao pedido de falência da empresa Dom Porquito, onde tem capital empregado. Nenhuma linha foi escrita e nenhuma voz se levantou para dar a posição governamental.

FALA LIMITADA
O governador Tião Viana se limitou a dizer sobre o caso que a questão está com a justiça.

INVENTANDO A PÓLVORA
É primária a tese de que a candidatura do Coronel Ulisses Araújo ao governo pode interferir negativamente na candidatura ao governo do senador Gladson Cameli (PP). O eleitor quando quer votar num candidato ao governo pode ter dez concorrentes, que ele vota. Não queiram inventar a pólvora, senhores! Eleição é algo muito simples: vota-se ou não no candidato.

SEM BASE CIENTÍFICA
É uma tese sem base científica, até porque não se conhece nenhuma pesquisa de opinião pública em que o candidato Ulisses Araújo apareça com 15%, 20%, 30% na intenção de votos, para servir de atrapalho. E análise política não se faz em cima de ilações ou gostos pessoais.

CENÁRIO DE DIFICULDADE
O cenário para uma candidatura alternativa é de muita dificuldade, porque acontecerão por partidos pequenos e sem representação política de peso. Não consigo ver nenhum fantasma. Tem gente vendo chifre na cabeça de cavalo. A figura do unicórnio é só uma lenda, senhores!

LUTOU-SE TANTO, NÃO SE LEMBRAM MAIS?
Uma das facetas da democracia é permitir a pluralidade de idéias, ter a liberdade de se colocar várias candidaturas a cargos majoritários, por isso acabou o bipartidarismo. Estamos num pluripartidarismo ou não estamos? Tem que ser sempre a briga da Maria contra a Maroca?

ARTICULANDO BEM
Tenho informações de que, entre os novos candidatos a deputado federal pela oposição um dos que melhor está se articulando, amarrando acordos nos municípios, fora do seu reduto em Sena Madureira, é o deputado Nelson Sales (PP). Sales tem sido bem atuante na ALEAC.

É DO DIÁLOGO
O novo presidente do PT a ser empossado, André Kamai, é da mais extrema confiança do prefeito Marcus Alexandre e ainda que não tivesse sido escolhido para o cargo seria linha de frente na campanha para o governo. Kamai tem a seu favor ser aberto ao diálogo. Seu nome é bem visto pelos dirigentes dos partidos nanicos.

CADA UM BUSCA SEU ESPAÇO
O deputado Nicolau Junior (PP) diz que, não procedem as observações de que anda muito colado no candidato ao governo, Gladson Cameli (PP), o que não seria bom por ser seu cunhado. Nicolau diz que integra as caravanas no Juruá por ser seu reduto e usa a sua própria estrutura para fazer campanha. Na política cada um que busque seu espaço. Neste ponto está certo.

VIRANDO A NOITE
As frentes de serviço da prefeitura de Rio Branco estão trabalhando até de noite quando o tempo permite e com o serviço de tapa buraco sendo fiscalizado de perto pelo prefeito Marcus Alexandre. E, paralelamente, o Marcus continua entregando obras nos bairros e vendendo o seu peixe político. O prenúncio é de uma eleição para o governo bem disputada com a oposição.

TRAÇOU O CAMINHO
O deputado Heitor Junior (PDT) tem respaldo para chegar nos portadores de hepatites e pedir votos para a sua reeleição. Ninguém mais do que ele tem lutado a favor da causa, seja por novos medicamentos de ponta, por aparelhos menos invasivos para exames, para que aconteçam campanhas para aumentar as doações de órgãos, enfim, foi um batalhador neste campo. Não deixou a omissão subir na cabeça neste seu primeiro mandato. O que já é positivo.

O MUNDO NÃO VAI ACABAR
Em todo mundo personalidades são julgadas por acusação de crimes, condenadas ou absolvidas. E é normal. Vide Nixon, nos EUA. Assim acontece quando se está num Estado de Direito. Ocorre é que no Brasil estamos acostumados com o velho axioma de que somente os pretos, pobres e putas podem ser julgados. Por isso tanta celeuma com o julgamento do ex-presidente Lula, no dia 24. Se o Lula for condenado ou se será absolvido o mundo não sairá do seu eixo. Por isso não entro na politização deste julgamento. Prefiro ver como um julgamento como milhares de tantos outros. A única movimentação que pode redundar o resultado é a política e nada mais que isso. Mas nada que seja perene. Um ex-presidente, ex-governador, ou mesmo nos cargos, não têm imunidade contra a lei, que é igual para todos. Assim fixa a Constituição Federal.  Quem não concordar com o contexto, que trabalhe para mudar a nossa Lei maior. Qualquer que seja o resultado do julgamento do recurso estará dentro da normalidade jurídica.

Blog do Crica

O blefe do Truco do MDB

Luis Carlos Moreira Jorge

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Crica

Rocha quer intervenção federal na segurança

Luis Carlos Moreira Jorge

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Crica

Gladson anuncia Mara Rocha e MDB não aceita

Luis Carlos Moreira Jorge

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.