Conecte-se agora
Fechar

Rio Acre apresenta sinais de vazantes na capital

Publicado

em

Rio Acre apresentou baixa no volume de suas águas, a medição realizada às 12h deste sábado apontou o nível de 13,52 metros.

O manacial apresentou baixa em Assis Brasil e Brasiléia. Se não houver fortes chuvas esses dias, a tendência é que o nível das águas continue baixando.

O monitorando segue sendo realizado a cada três horas pela Defesa Civil de Rio Branco.
A Prefeitura de Rio Branco está finalizando a construção dos 100 primeiros boxes, no Parque de Exposições Wildy Viana e as equipes mobilizadas para caso o nível do Rio Acre suba e passe a desabrigar famílias.

Confira a variação do Rio Acre ao longo de sua bacia neste sábado, 13 de janeiro de 2018: https://goo.gl/E5WJKE

Nível Rio Acre e Principais Afluentes em metros:

13 JAN – medição das 12h

Assis Brasil – 3,92
Brasiléia – 5,44
Xapuri – 10,49
Capixaba – 11,06
Rio Branco – 13,52
Riozinho do Rola – 10,93

Propaganda

Acre

Prefeito de Senador Guiomard sanciona decreto que assegura 13º salário a vereadores

Publicado

em

O prefeito de Senador Guiomard, André Maia (PSD), sancionou projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal que garante aos vereadores do município o pagamento de 13º salário ao fim do ano. O projeto inicial previa o benefício também a Maia e ao seu vice, mas este trecho da lei foi vetado pelo gestor.

O motivo apresentado para o veto é o impacto que um salário a mais para ele e o vice causariam nas contas públicas. Porém, o prefeito não levou em conta o mesmo cenário no 13º dos vereadores. Caso vetasse a medida, André Maia poderia enfrentar dificuldades em sua governabilidade, recebendo retaliação dos vereadores.

Apesar de possuir um portal da transparência, a Câmara de Senador Guiomard não tem alimentado o banco de dados sobre despesa com pessoal. Dessa forma não é possível saber o salário de um vereador pago pelo contribuinte, nem qual será o impacto para o erário deste 13º. A funcionalidade do portal é quase zero.

O benefício vem num momento em que as prefeituras de todo o país passam por crise no orçamento em virtude da queda de arrecadação e de transferência federal. Agora, ao invés de aplicar recursos em áreas como saúde e educação, a prefeitura terá que que gastar mais com o salário dos vereadores.

Continuar lendo

Cotidiano

TCE coloca na pauta de julgamentos processos com mais de 10 anos

Publicado

em

Numa espécie de operação limpa-gaveta, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) tem colocado em sua pauta de julgamento processos quase caducos, alguns com mais de 10 anos de tramitação. A morosidade na análise das prestações de contas dos gestores estaduais e municipais não é de hoje.

Em alguns casos a demora é tanta que um processo pode ficar nas gavetas ad aeternum. Exemplo disso está na pauta desta quinta-feira (19) a ser analisada pelos conselheiros.

Entre os processos está a prestação de contas da Secretaria de Comunicação de 2004 e 2005, quando a pasta ainda era chefiada pelo jornalista Aníbal Diniz (PT), agora membro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e senador de 2011 a 2014.

Os dois casos são de relatoria do conselheiro Ronald Polanco, ex-deputado do PT e indicado para o TCE pelo então governador Jorge Viana (PT). Outro processo em ritmo lento nas mãos de Polanco é a prestação de contas da Câmara de Rio Branco de 2010.

À época a Casa era presidida pelo vereador Jessé Santiago, morto no mesmo ano em um acidente de carro na BR-364. Outra prestação quase caduca na mesa do conselheiro é do ex-prefeito de Rodrigues Alves Francisco Vagner Amorim, o Dêda, aliado do governador Sebastião Viana (PT).

O processo parado data de 2004. Em outros julgamentos o TCE já condenou Dêda por malversação na aplicação dos recursos públicos.

Há seis anos esperando uma sentença está a prestação de contas da Secretaria da Fazenda, então chefiada por Mâncio Lima Cordeiro, de relatoria do conselheiro Cristovam Messias.

Continuar lendo

Extra Total

Homem é degolado e cabeça é deixada em frente a escola no Acre

Publicado

em

A escalada da violência no Acre continua. Apesar de o ex-secretário de Segurança Pública e pré-candidato a vice governador, Emylson Farias, dizer que as mortes do ano passado foram “um ponto fora da curva”, agora, os índices continuam a crescer com mais um assassinato cruel e que preocupa a população de Cruzeiro do Sul.

Um homem foi morto e degolado na madrugada desta quinta-feira, dia 19. Como se não bastasse, os criminosos separaram a cabeça do corpo e deixaram o membro em frente a uma escola publica da cidade.

A Polícia Civil confirmou o registro do crime, e informou que o delegado da cidade já iniciou a investigação para chegar aos responsáveis pela morte do homem, que ainda não teve o nome divulgado. Já há informações sobre o crime que podem ajudar a polícia.

Segundo a Polícia Civil, a cabeça foi encontrada na Comunidade da Olivença, e o corpo, no bairro Telégrafo, região periférica da cidade. Há indícios que a morte pode ter ligação com a “guerra” entre facções criminosas, mas a polícia não deu muitos detalhes sobre o caso.

Mais informações a qualquer momento.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.