Conecte-se agora
Fechar

Querendo vaga na Assembleia Legislativa, PMB reforça a chapa de pré candidatos com o ex-deputado Zé Carlos

Publicado

em

O presidente regional do PMB, Alexandre Damasceno, anunciou um reforço que a sigla tentava confirmar para encarar de igual pra igual a disputa por vagas na Assembleia Legislativa.

O ex-deputado Zé Carlos confirmou sua ida pra fileiras do PMB e surge como pré candidato reforçando a chapa que o partido está formando.

Ao lado do secretário geral, Junior Furtado, filho de Zé Carlos, Damasceno ratificou a satisfação da legenda em receber a filiação de Zé Carlos.

Hoje radicado em Senador Guiomard, Zé Carlos é uma liderança que se identifica na cidade e na zona rural.

Conhecido pelo jeito simples de tratar a todos, ele planeja seu retorno á politica em um dos partidos que mais se mobiliza dentro da Frente Popular.

O ex-deputado disse que aceitou o convite do PMB por causa da proposta ousada de realizar uma campanha apresentando nomes de pessoas com história transparente na vida pública.

Damasceno falou que o partido vai organizar um ato oficial para a assinatura da ficha de filiação e apresentar também as executivas estadual e municipal do PMB.

Propaganda

Destaque 6

“A decisão mais importante que tomei foi aceitar a Jesus”, diz Marcus Viana a grupo de pastores da Assembléia de Deus

Publicado

em

Marcus Viana se reuniu com 40 lideranças da Assembleia de Deus em Cruzeiro do Sul nesta terça-feira, 24, e falou como um crente evangélico. “A decisão mais importante que eu tomei foi aceitar a Jesus na minha vida. Fui batizado. Às vezes, o pastor Agostinho quer me chamar lá para o altar e digo ao pastor que não, que quero ficar aqui mesmo”, confessou o petista no encontro no auditório assembleiano.

Marcus se converteu na Igreja Batista do Bosque e Fez até o encontro, um retiro espiritual de três dias de oração, jejum, louvor e meditação bíblica, uma espécie de lavagem espiritual. Aos domingos, especialmente, costuma ir aos cultos com sua esposa Gicélia e os filhos.

Na reunião, entre as tantas confissões que fez, o petista disse que quando era prefeito de Rio Branco deixou de promover o rito carnavalesco da entrega da chave ao Rei Momo e estabeleceu um prêmio com um troféu na abertura do carnaval por entender que há uma influência “no plano espiritual” no ato da entrega da chave ao Rei Momo.

Continuar lendo

Destaque 6

No Acre, 53% das mulheres têm medo de perder emprego por conta da gravidez, revela estudo

Publicado

em

Pesquisa realizada ano passado pela FGV, publicada em julho, com 247 mil mulheres, entre 25 e 35 anos de idade, mostrou que metade delas perdeu o emprego dois anos após a licença-maternidade. A probabilidade de demissão após o período da licença, logo no segundo mês de retorno ao trabalho, é de 10%.

Esses dados de estudos recentes mostram o quão complexo é para a mulher desfrutar de ascensão profissional, quando se é mãe ou quando decide gerar um filho.

Estudo recente sobre Carreira e Maternidade

O site Trocando Fraldas realizou a segunda edição da pesquisa Carreira e Maternidade, desta vez com 10 mil participantes de todo o país. Assim como em 2017, 3 em cada 7 mulheres afirmaram sentir medo de perder o emprego por conta da gravidez.

Este medo do desemprego após a maternidade é maior na faixa etária entre 18 e 24 anos, representando o percentual de 45%.

Os estados Amapá, Acre e Amazonas, no quesito de mulheres com medo de perder o emprego, representam mais da metade do público feminino. No Acre, 53% das mulheres têm medo do desemprego, por conta de gravidez.

São Luís, Rio de Janeiro e Curitiba são as regiões em que o índice de medo de desemprego por gravidez é maior, com 46% e 48%, respectivamente.

Outros dados importantes da pesquisa são o de que 43% das mulheres acreditam que o chefe não ‘aprovaria’ a gravidez e 19% das mulheres sentem vontade de ser demitidas na hora, pelo constrangimento de anunciar a gestação no trabalho.

Depois da volta da licença-maternidade, 28% das mulheres consideram difícil conseguir uma vaga para a criança na creche. As dificuldades são maiores nas regiões Centro-Oeste e Sul.

Estes dados de pesquisas recentes revelam problemas sociais graves em relação ao público feminino no mercado de trabalho, quando gerar um filho representa, na maioria dos casos, um empecilho para que se mantenha o emprego.

Continuar lendo

Destaque 6

Para evangélicos, veto a estatuto está baseado em ideologia e falam em retaliação nas urnas

Publicado

em

A Associação dos Ministros Evangélicos do Acre (Ameacre) emitiu nota na qual lamentou o veto, pela prefeita Socorro Neri (PSB), do projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal que criava o Estatuto da Família e que não reconhecia a relação entre pessoas do mesmo sexo como união estável.

Para a entidade, o veto está baseado muito mais em aspectos ideológicos, em virtude de pressões da comunidade LGBT, do que propriamente em princípios de ordem jurídica.

A prefeita Socorro Neri acatou parecer entregue pela Procuradoria Jurídica do Município recomendando a não sanção do projeto.

“Agora, aguardamos a apreciação dos vereadores que poderão derrubar o veto, reiterando a constitucionalidade do estatuto, haja visto o mesmo ter seus artigos impressos na Constituição Federal, desmontando os argumentos tão frágeis do MP e da OAB”, diz a associação dos líderes evangélicos.

Num recado com vistas às eleições, os ministros citam o pleito de outubro dizendo que a defesa pelos direitos tradicionais da família fará a diferença nas urnas. “Esse momento revela quem é pela Família é quem não é, e esse será o diferencial nas eleições 2018.”

Em tom ameaçador, os líderes religiosos disseram que não vão tolerar os ataques baseados numa “doutrinação marxista” a sua “cultura social”.

A nota é vista como o rompimento das boas relações que vinham sendo mantidas até aqui entre a comunidade evangélica e a cúpula do governo e da prefeitura dominada por partidos de esquerda que defendem o casamento gay, o aborto e descriminalização da maconha, indo de frente aos valores dos protestantes.

A chance de o veto ser derrubado pelos vereadores é alta pela força da bancada evangélica na Câmara Municipal. O próprio presidente da Casa é um pastor, Manoel Marques (PRB).

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.