Conecte-se agora

Governo do Acre descarta cheia do Madeira igual a de 2014, mas quer regulação na operação das hidrelétricas

Publicado

em

As usinas hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, em Rondônia, são, hoje, para o governo do Acre a maior preocupação no contexto de um eventual alagamento da BR-364 no trecho que liga o estado vizinho ao Acre.

Já admite-se que as duas usinas, se não reguladas conforme o volume das águas nas lagoas localizadas às margens da rodovia, podem provocar um alagamento.

Na tarde desta sexta-feira, 12, a governadora em exercício Nazareth Araújo informou, durante coletiva na Casa Rosada, que o governo do Acre está cobrando formalmente que as hidrelétricas reduzam a atual operação abrindo suas comportas para evitar um eventual transbordamento repentino das lagoas.

“Nós sabemos que hoje as hidrelétricas estão trabalhando com força total, cerca de 99,8% de potência. Nós queremos que haja um controle para não agravar a situação do rio Madeira. Ela tem inclusive uma situação artificializada em função dessa vazão. Até 2015, 2016, houve um controle desse funcionamento. Até o momento vem se fazendo um controle desse funcionamento”, disse Nazareth.

Com base em estudos técnicos e previsões de especialistas, não risco, pelo menos no momento, de alagamento da BR-364, no trecho que liga o estado vizinho ao Acre. Mesmo assim, o governo quer que as usinas garantam a regulação.

Há equipes do Corpo de Bombeiros e do Dnit monitorando a situação do rio. A uma Sala de Situação com diversos órgãos sendo criada. A maior preocupação no momento é o rio Abunã, tributário do Madeira, que alcançou nesta sexta-feira, pela manhã, 19, 96 metros, informou o coronel Batista, da Defesa Civil Estadual, que acompanha a situação de perto.

“No momento não há grandes precipitações. E há riscos desde que a usina não faça a regulação”, disse Batista.

Já os empresários não querem ser pegos de surpresa, apesar das previsões meteorológicas que no momento descartam uma cheia semelhante à de 2014, que deixou o Acre isolado do resto do país. Os empresários locais falam em se antecipar a uma eventual interdição da rodovia e ao mesmo tempo evitar providências de última hora.

Propaganda

Destaque 6

Polícia Civil prende grupo especializado em roubo de veículos

Publicado

em

Uma ação do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), através do Agrupamento de Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) e Companhia de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (RAIO), na manhã de ontem, quinta-feira (18) terminou com a prisão de um grupo especializado em roubo de veículos no bairro Mocinha Magalhães.

A apresentação dos resultados se deu na manhã desta sexta-feira (19), na Delegacia de Investigações Criminais (DIC). Os presos são Antônio Gabriel de Lima Fernandes, de 20 anos, Israel Teixeira da Silva, de 23 anos e ainda um menor de 17 anos.

De acordo com o delegado a frente da Delegacia de Combate à Roubos e Extorsões (DCORE) , Sérgio Lopes, o grupo faz parte de organização criminosa. Agia invadindo residências e armados subtraiam das vítimas veículos para a prática de outros crimes ou troca de produtos ilícitos na fronteira.

Os três foram submetidos a reconhecimento na delegacia e pelo menos seis das vítimas os reconheceram como os criminosos que praticaram os roubos.

“Foi uma ação da PM que nos estamos dando continuidade. Passaram todo o dia de ontem empenhados nesta ocorrência que culminou na apreensão de um veículo utilizado na prática dos crimes, documentos das vítimas e anotações de veículos que haviam sido roubados por eles, bem como os valores que cada um recebeu pela prática. Só nesta semana já recuperamos três dos veículos com restrição com o apoio da polícia militar”, disse o delegado.

Continuar lendo

Destaque 6

Acre já registra 333 mortes violentas em 2018, diz SESP

Publicado

em

O Acre registrou, em setembro, 29 mortes violentas, sendo 25 homicídios, e quatro latrocínios. Os números, divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Acre (SESP/AC), que em 10 meses já está com o terceiro gestor, somam-se aos demais meses, resultando no total de 333 mortes em 10 meses.

Os dados, contudo, mostram uma redução no quantitativo de mortes nos últimos meses. Em agosto, por exemplo, foram 35 mortes violentas, sendo 33 homicídios e dois outros latrocínios. Houve, desta forma, uma queda de 17% no mapa da morte que se iniciou com a gestão do delegado da Polícia Civil, Emylson Farias, junto à pasta

Em janeiro, o ano começou apontando alta: foram 52 crimes. Depois, fevereiro teve queda: 30 mortes. Em março, o Acre registrou 30 casos, mas em abril o número subiu para 33 mortes. Já em maio, o balanço voltou a apontar aumento, com o registro de 37 mortes violentas. Em junho, mais 37 mortes. Julho marcou 50, o mesmo de janeiro, e agosto 37, somando-se aos outros 29 de setembro.

Continuar lendo

Destaque 6

Após derrota, Marcus Viana inicia agenda de agradecimento

Publicado

em

O candidato derrotado ao governo do Acre, Marcus Viana (PT) iniciou na manhã desta terça-feira (16) o que chamou de “agenda da gratidão”. O petista esteve no Mercado Elias Mansour, no Centro de Rio Branco, onde conversou com permissionários e comerciantes e agradeceu o apoio recebido na eleição para governador e também as parcerias enquanto foi prefeito da capital por seis anos.

Após a eleição do dia sete de outubro, Marcus Viana tirou uns dias de descanso com a família em Rondônia, e no retorno iniciou agenda de agradecimento. O ex-prefeito de Rio Branco é servidor do quadro do Estado, e dará continuidade à sua carreira profissional como Engenheiro Civil da Secretaria de Obras.

Marcus Viana aproveitou para desejar boa sorte aos eleitos no último pleito e o desejo de que o estado seja próspero. Quanto a eleição presidencial, ele apoia o candidato Fernando Haddad, do PT, e continuará a defender as bandeiras de luta a que acredita. Marcus afirma que agora o partido está focado na eleição do Haddad.

Sobre essa questão das eleições, o Marcus Viana disse que não é hora para fazer qualquer tipo de avaliação do processo eleitoral, e que isso será feito no momento certo, sem o calor da emoção.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.