Conecte-se agora
Fechar

EXCLUSIVO: Das 20 mil reservas, livro de Bruno Borges só teve 2 mil exemplares vendidos

Publicado

em

As alegações do advogado de Márcio Gaiote, amigo de Bruno Borges que está exigindo na Justiça o pagamento da parte dele nas vendas dos exemplares da Teoria de Absorção de Conhecimentos (TAC), cuja primeira edição já foi publicada sob a assinatura de Bruno Borges, o “Menino do Acre” estariam erradas.

Segundo a coaching literária Renata Carvalho, responsável pela publicação do livro de Bruno, a primeira edição vendeu apenas 2.228 cópias até o mês de novembro, número bem abaixo do que se esperava à época do lançamento, quando mais de 20 mil cópias foram reservadas, e o material foi à lista dos mais vendidos.

LEIA MAIS
>Bruno Borges não teria dividido dinheiro dos livros e é processado pelo melhor amigo

“Eu ainda tenho cerca de quatro mil livros aqui, parados. A venda média está de cem a cento e dez livros ao mês. Eles [Márcio e advogado] não me procuraram. Quando nós colocamos lá, mais de 20 mil pessoas se interessaram pela compra. Mas, no lançamento, a gente só vendeu 828 exemplares”, explica a coaching.

Renata deixou claro que recebeu para publicar o livro, e que não tem nenhuma responsabilidade sobre os lucros com as vendas. “Eu prestei um serviço, e recebi por isso, e nada mais. É muito simples, e tenho uma nota fiscal disso. Eu trabalho de forma transparente. Na época, o pai do Bruno nos procurou e publicamos o livro”, diz.

FIQUE POR DENTRO
>Em entrevista ao site da Globo, Denise Borges diz que Bruno não tem dinheiro

Denise Borges, mãe de Bruno, questionou as informações divulgadas pelo ac24horas, em primeira mão, nesta terça-feira, dia 09. Contudo, não quis aproveitar a oportunidade para gravar entrevista com o site mais lido do Acre. Pai de Bruno, o empresário Athos Borges, conversou com a reportagem por telefone, marcou local para entrevista, mas não apareceu para gravar.

Durante a entrevista ao G1, Denise revelou que Bruno já pensa em parar as publicações. “Por causa disso, o Bruno está até pensado em desistir do projeto dele, mas não vou permitir que isso aconteça. Meu filho já está quieto, voltou para a faculdade e não está com o bolso cheio de dinheiro, isso é tudo mentira. Meu filho não prejudicou ninguém. Estamos destruídos e nosso filho também, isso é uma falta de respeito e vamos procurar a Justiça”, afirma.

GAIOTE EXIGE PARTE DO LUCRO

Márcio Gaiote é um dos beneficiários das vendas dos livros, e havia até contrato descoberto semanas após o sumiço, pela Polícia Civil. Pelas normas do documento, Gaiote receberia 4% do lucro bruto das vendas, tudo depositado em conta bancária, após prestação de contas mensal. Mas isso nunca aconteceu, e, claro, Márcio não perdeu tempo e foi à Justiça.

Os advogados de Márcio pediram à 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, que as contas das editoras Saraiva e Arte e Vida tenham os valores devidos bloqueados pelo Banco Central, garantindo assim que o cumplice de Bruno Borges possa receber o que lhe é de direito. Apenas no primeiro mês de vendas, o “menino do Acre”, segundo os advogados de Gaiote, pode ter lucrado mais de R$ 420 mil.

Acontece que a juíza Thais Kalil, a mesma que bloqueou o dinheiro da TelexFree para evitar prejuízos aos que mantinha contrato com a empresa, simplesmente não aceitou o bloqueio solicitado por Gaiote, e mandou intimar Bruno Borges, que recebeu prazo de 15 dias para prestar contas do dinheiro que recebeu e , após isso, se manifestar sobre as acusações.

Destaque 2

“Gladson representa Temer, Marcus é o PT de Lula, Ulysses é cria do PT, a única novidade é minha candidatura”, diz Lyra Xapuri

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

O pré-candidato ao governo do Acre, Lyra Xapuri, do PRTB, acredita que a novidade das eleições deste ano é sua participação na disputa. Para ele, as demais candidaturas de oposição e situação representam a velha política que é praticada no Estado há anos. “Gladson representa Temer, Marcus é o PT de Lula, Ulysses é cria do PT, a única novidade é minha candidatura”, afirma Xapuri.

Segundo Lyra, a pré-candidatura de Marcus Viana seria o reflexo de um projeto de que está no poder há quase 20 anos, “mas nesse período o Estado não se desenvolveu, não gerou empregos e não gera oportunidade para centenas de jovens que se formam e entram no mercado de trabalho todos os anos. As administrações petistas não passam de um engodo”, afirma o pré-candidato.

Lyra Xapuri destaca que “Ulysses há pouco tempo estava na Frente Popular e era subcomandante da Polícia Militar e sua esposa é proprietária de uma empresa de segurança que mantém gordos contratos com os governos do PT, ele s=não se preocupa com a falta de segurança, quanto mais violência no Estado melhor para ele que lucra. Ele é o único candidato a governo que lucra com a violência”.

Para Xapuri, o pré-candidato Gladson Cameli (PP) também tem relações com as administrações petistas do Acre. “As empresas da família dele são donas de gordos contratos com o governo do PT. Ele é um pré-candidato de oposição que não fala em nenhum poder dos governos petistas. Quer gralhar a eleição ficando em cima do muro, protegendo os negócios de sua família com o Estado”.

O pré-candidato do nanico PRTB informa que “o povo está aderindo ao chamamento do ‘vira Xapuri’ para que possamos ter dia no dia sete de outubro, uma opção nova na hora do voto. Sou simples, humilde, trabalhador, como a maioria do povo do Acre. Venho do interior com muita coragem e desejo de fazer algo novo e melhor pelo nosso estado”, ressalta Lyra Xapuri.

Ele afirma que não possui estrutura financeira, mas “em nenhum momento se curva aos caciques de grandes partidos e poderosos da política acreana. “O PRTB no Acre tem autonomia e continuará marchando independente para que no dia sete de outubro o eleitor possa ter a oportunidade de votar em quem não se vende, nem se dobra ao poder financeiro dos grande grupos políticos”.

Continuar lendo

Destaque 2

Depois de atingir 13 metros, rio Acre apresenta vazante na capital, informa Defesa Civil

Publicado

em

O primeiro boletim da Defesa Civil emitido às 6h da manhã desta segunda-feira, 22, informa que o rio Acre está com 12, 26 metros em Rio Branco e baixou 53 centímetros nas últimas 24 horas. Neste domingo, 21, às 6h, o rio estava com 12,79 metros.

Já o Riozinho do Rola, principal afluente do rio Acre em Rio Branco, subiu nove centímetros e mede 11, 11 m. Ontem às 6h, o Riozinho estava com 11, 02.

No sábado passado, o rio Acre alcançou 13 metros em Rio Branco. Ficou a 50 centímetros da cota de alerta na capital.

O Plano de Contingência do Município segue, já que esse é um período em que normalmente ocorrem alagamentos na região.

Continuar lendo

Destaque 2

Jorge, Sebastião e Márcio Bittar comparecem à festa de São Sebastião em Xapuri

Publicado

em

A 116ª edição da festa em homenagem a São Sebastião em Xapuri, no interior do Acre, ontem, reuniu milhares de fieis nas ruas do município em programações diversas. A principal delas foi a procissão, momento em que os cristãos, adeptos a São Sebastião, padroeiro da cidade, saíram às ruas louvando, orando e cumprindo suas promessas ao Santo.

Do evento, como de costume, participaram alguns dos principais políticos do Acre. O governador Sebastião Viana, acompanhado da esposa Marlúcia e dos filhos Virgílio e Catarina, compareceu à festa santa como faz todos os anos.

“Procissão lotada em Xapuri. Momento de fé, renovação das forças e reafirmar o compromisso de trabalho por um Acre melhor”, disse Viana, que participa do ato religioso em seu último ano como governador do Acre.

Antes da procissão, o senador Jorge Viana (PT), que concorre à reeleição, e Márcio Bittar (PMDB), também candidato a senador, participaram de uma corrida que faz parte da programação da festa de São Sebastião.

Em  sua fanpage Jorge Viana  escreveu: “Estou passando o dia de São Sebastião em Xapuri, tradição acreana que reúne peregrinos e tem uma bonita procissão. A programação começou com uma corridinha de 9 km. Acho que fui bem, cheguei em sexto lugar. Fiz o percurso em 47 minutos. Tá bom, né? O bom mesmo é estar na terra de Chico Mendes, berço da Revolução Acreana”.

Márcio Bittar gravou um vídeo ao lado de duas pessoas que participaram da corrida com ele e destacou sua participação na programação religiosa.



Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.