Conecte-se agora

Governo desiste de cortar gratificações da PM e do Corpo de Bombeiros, diz AME

Publicado

em

Depois de pressões da categoria dos policiais militares que gerou até o pedido de exoneração do coronel Ricardo Brandão que ocupava o cargo de subcomandante da Polícia Militar, o governador do Acre, Sebastião Viana, do PT, voltou atrás na decisão de aceitar a recomendação do MP Acre de cortar as gratificações dos militares. A informação é do sargento Joelson Dias, presidente da Associação dos Militares (AME), que confirmou a decisão do chefe do executivo estadual.

Segundo as associações que representam os policiais militares e bombeiros militares, os benéficos como sexta-parte salarial entre outras remunerações serão mantidas pelo Estado. A decisão veio após reunião com o procurador geral do MPAC, Oswaldo Da’Albuquerque, o secretário de segurança, Emylson Farias, a secretária de Estado de Gestão Administrativa, Sawana Carvalho e o comandante da Polícia Militar, coronel Júlio César.

Joelson Dias disse que o corte das gratificações seria falta de respeito com os miliares que tiram dinheiro do bolso para consertar viaturas para trabalhar. “Este Governo antes de anunciar os cortes de gratificações poderia ter sentado com a categoria e visto nosso posicionamento. E não acatar somente a recomendação do MP. Sabemos que a interpretação do MP foi equivocada, por isso a decisão foi revista e o governo voltou atrás”, destaca.

Para Joelson Dias, os militares ficaram desmotivados e isso afetou o trabalho. “Imagina quantos policiais militares passaram a vira de ano apreensivo com a retirada de parte de seus salários? Uma categoria que no meio de todo esse caos vem trabalhando, mesmo com a falta de estrutura para o exercício da profissão. Estamos há cinco anos sem receber fardamento, quando a lei estipula que devemos receber dois fardamentos por ano, enfatiza o presidente da AME.

O militar destaca que “vivenciamos dias que as viaturas não tinham combustível, policiais que tiravam dinheiro do bolso para consertar as motos quebradas. Não fizemos nada mais radical por respeito à sociedade. Quando o governo tenta retirar direitos nossos, ele não prejudica o governador que tem sua segurança, mas a sociedade”, relatou Dias, que confirmou que o secretário Emylson Farias teria garantido a permanência das gratificações dos militares.

De acordo com Joelson, a questão é vista pelos militares como uma situação política por parte de gestores do Estado e que a pressão da categoria acabou garantido que o Governo não cometesse mais um desrespeito com os militares do Estado do Acre.

A reportagem fez contato com a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública que não respondeu até o fechamento desta matéria. O secretário Emylson Farias também não respondeu as mensagens e não atendeu as ligações da reportagem. O espaço ficará aberto para caso o secretário queira se pronunciar sobre o assunto.

 

Propaganda

Acre

Vice de Gladson, Rocha rebate discurso de Sebastião Viana : “tome vergonha na cara”

Publicado

em

O governador Sebastião Viana disse na convenção do PT, no Ginásio do Sesi, na manhã deste sábado, 21, que a oposição é “despreparada”, e recebeu a imediata resposta do tucano Major Rocha, pré-candidato a vice governador do Progressista Gladson Cameli.

Por meio de um vídeo em sua página no Facebook, Rocha lembrou que Marcus Viana, candidato de Sebastião, coordenou, quando diretor-presidente do Deracre, as questionáveis obras da BR-364; e como prefeito de Rio Branco deixou a cidade esburacada.

“Quem votou no Michel Temer foi o Tião Viana. Fez campanha pra chapa Lula, depois Dilma e Temer. É bom falar que quando o governador Sebastião Viana diz que a chapa da oposição é despreparada, é bom lembrar que quando o candidato a governador Marcus Alexandre foi diretor do Deracre deixou uma BR-364 toda esburacada e consumiu de recurso público mais de R$ 2, 2 bilhões. Então acho que quem é despreparado não somos nós. E mais que isso. Nos seis anos que foi prefeito, deixou Rio Branco igual a um queijo suíço, buraco pra todo lado. E parece que, e eu tenho que reconhecer, a prefeita Socorro Neri começou a tapar a buraqueira que o Marcus Alexandre deixou. E mais que isso. O candidato a vice do PT foi o responsável pela implantação no Acre das facções criminosas. Foi na gestão dele que as facções tomaram conta das nossas ruas.”

Rocha relembrou também as promessas não cumpridas pelo atual governador, como asfaltar todas as ruas do Acre por meio do Ruas do Povo, programa que consumiu mais de um bilhão dos cofres públicos, e “botar” pedra rachão nos ramais.

“Tião Viana, tome vergonha a cara. Você prometeu botar pedra rachada em todos o ramais, e eu tô acabando de vir de um ramal e vi a buracaria. Disse que ia asfaltar todas as ruas do estado e infelizmente as ruas das nossas cidades estão tomadas por buracos, e mais de um bilhão foram gastos no programa Ruas do Povo pra ruas de péssima qualidade que não aguentaram uma chuva.”

Continuar lendo

Acre

Prefeitura de Rio Branco tapou buracos nas ruas de acesso ao Sesi antes do evento do PT

Publicado

em

Pode até ter sido coincidência, mas a prefeitura de Rio Branco “abriu” o caminho justamente no dia da realização da convenção do PT no Ginásio do Sesi, na manhã deste sábado, 21, ao tapar, e bem tapado, os buracos das ruas que dão acesso ao ginásio. Sorte da vizinhança que há algum tempo reivindicava melhorias nos acessos.

O evento, que marcou o lançamento oficial das candidaturas de Marcus Viana ao governo, Jorge Viana e Ney Amorim ao Senado, reuniu uma multidão de militantes e candidatos a deputado estadual e federal da Frente Popular.

Continuar lendo

Acre

Sebastião ataca oposição: “Chapa despreparada que quer enganar o povo do Acre”

Publicado

em

O governador Sebastião Viana pediu à militância presente à convenção da Frente Popular no Ginásio do Sesi em Rio Branco, neste sábado, 21, aplausos ao ex-presidente Lula, preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

“Lula livre, Lula inocente, Lula presidente”, gritou Viana em discurso.

O governador abriu seu discurso chamando a chapa majoritária da oposição de “despreparada”. “Chapa despreparada e que quer enganar o povo do Acre.”

Durante a convenção do PT com os partidos da Frente Popular neste sábado foram lançados oficialmente os candidatos majoritários e proporcionais.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.