Conecte-se agora

Sebastião Viana lamenta morte do jornalista Ilson Nascimento: “Ícone do bom jornalismo”

Publicado

em

O governador Sebastião Viana lamentou por meio de sua página no Facebook a morte do jornalista Ilson Nascimento (67), um dos profissionais mais respeitados do rádio acreano, ocorrida no final da tarde desta quarta-feira, 06, na UTI do Hospital das Clínicas em Rio Branco.

“Partiu o querido Ilson Nascimento, ícone do bom jornalismo comunitário, âncora da nossa Difusora Acreana”, disse Viana, que também emitiu nota lamentando o falecimento do jornalista.

Há meses, Ilson fazia tratamento de hemodiálise no HC. Durante o período do tratamento ele teve uma parada cardiorrespiratória e ultimamente vinha sendo alimentado através de sonda.

Ilson Nascimento começou sua vida no jornalismo em 1972, dos quais 28 anos dedicados à Rádio Difusora Acreana. Sempre foi considerado um servidor público exemplar de extrema entrega ao jornalismo da RDA. Não à toa foi premiado em 2004 com uma medalha pelos serviços prestados ao Estado do Acre.

O corpo de Ilson Nascimento é velado em sua residência no bairro Nova Esperança em Rio Branco.

Propaganda

Destaque 5

Empoderamento das mulheres e cirurgias plásticas são os temas do #SemRegras; imperdível!

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

David Hall continua candidato ao governo após conversa com a Direção nacional do Avante

Publicado

em

A Direção Nacional do Avante decidiu, essa semana, manter candidato ao Palácio Rio Branco, o candidato David Hall, professor universitário que tenta o comando do Acre nas próximas eleições. A campanha do candidato deve ser registrada até a quarta-feira, dia 15, prazo limite para isso.

O professor informou, na tarde desta segunda-feira, dia 13, que o advogado dele fez contato com a Direção Nacional do Avante, e que, numa carta endereçada à Executiva do partido, ficou clara a necessidade de importância de se manter a candidato de Hall. Entendimento que foi acatado pela legenda,

“Minha candidatura está mantida, está de pé. Meu advogado mandou uma carta para a Direção Nacional, e eles entenderam a importância de eu ser candidato nessas eleições. Inclusive, já está sendo restituída a nossa diretoria, então nós conseguimos resolver essa questão”, explicou o candidato, que é o mais jovem na corrida pela chefia do Governo do Acre.

Nesta segunda, o professor não cumpriu nenhuma agenda política, mas diante do aceno opositivo da legenda, ele deverá compor alianças políticas para afunilar a agenda de trabalho, que deve começar, oficialmente como candidato, na próxima quinta-feira, dia 16, a partir de quando está liberada a campanha.

Continuar lendo

Acre

TRE do Acre já tem quatro pedidos de candidatura ao governo e 5 ao Senado

Publicado

em

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Acre já recebeu, até o fim da manhã desta segunda-feira (13), quatro pedidos de registro de candidatura ao cargo de governador e vice. Para o Senado, cinco candidatos entregaram suas solicitações. O único postulante ao Palácio Rio Branco que ainda não fez o pedido formal é o petista Marcus Alexandre Viana.

Conforme ac24horas antecipou essa manhã, o ex-prefeito da capital decidiu por fazer o registro na terça (14) para definir os últimos detalhes de seu plano de governo nesta segunda. Os petistas Ney Amorim e Jorge Viana, candidatos ao Senado na chapa de Marcus Viana, deixarão para fazer seus pedidos junto com ele.

A perspectiva é que os três compareçam ao Fórum Eleitoral de Rio Branco para oficializar as candidaturas. Adversário direto de Marcus na corrida ao governo e liderando as pesquisas de intenção de voto, o senador Gladson Cameli (Progressistas) optou por entregar o pedido ao TRE na semana passada por meio dos seus advogados.

Ao todo, a Justiça Eleitoral no Acre já recebeu 308 pedidos de registro de pessoas interessadas em concorrer a um dos cargos disponíveis: governador, senador, deputado federal e estadual. Os que desejam uma das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa estão em maior número: 238.

Em segundo estão os que desejam um cobiçado assento na Câmara dos Deputados: 46. Entre os partidos, o PSL do governadorável coronel Ulysses Araújo é o que tem o maior pedido de registro; em seguida vêm o PTB e o Solidariedade, ambos na coligação de Gladson Cameli.

O prazo final para a entrega dos registros é a próxima quarta-feira (15). Na comparação com a eleição de 2014, há uma queda, até o momento, de quase 50% nos pedidos. Na última eleição geral no Acre, 617 pessoas participaram do pleito como candidatas.

Este ato protocolar, no entanto, não é a garantia de que os interessados estão garantidos na corrida. Cada pedido será analisado por um juiz eleitoral, que decidirá pelo deferimento ou indeferimento. Um dos principais pesos nesse julgamento é a lei da Ficha Limpa.

Se uma das exigências da lei não for atendida, o político pode ter o registro negado, porém cabendo recurso junto ao pleno do TRE. A mais importante delas é a que impede a candidatura de pessoas condenadas por um juízo de segunda instância.

Perfil dos candidatos

Apesar de as mulheres representarem a maioria do eleitorado acreano (51,5%), os homens estão em maior número como candidatos nas eleições de 2018: 71,1%. Segundo os dados da Justiça Eleitoral, 41,88% dos postulantes têm nível superior completo, enquanto 33,44% têm apenas o ensino médio.

Sobre as profissões, a maioria optou pela opção “outros”; em segundo lugar estão os empresários (9%) e servidores públicos (4%). Já em relação à faixa etária, a maior parte está entre os 35 e 39 anos.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.