Conecte-se agora
Fechar

Regulamentação do Conselho Tarifário dos Transportes é aprovada e revolta vereadores de oposição

Publicado

em

De última hora, a Câmara de Vereadores de Rio Branco aprovou por nove votos a favor e dois contra, na sessão desta quinta-feira, 07, a Lei Complementar de autoria do Poder Executivo que regulamenta o Conselho Tarifário dos Transportes Públicos.

A matéria foi incluída na Ordem do Dia da sessão desta quarta-feira, o que gerou revolta na oposição. A votação ocorreu sob muita polêmica e protestos da vereadora Lene Petecão (PSD). Para ela, a base de sustentação do prefeito Marcus Viana, de forma propositada, aproveitou as ausências dos vereadores oposicionistas Roberto Duarte (PMDB), Emerson  Jarude (Livres) e N. Lima (sem partido) para aprovar o projeto. Eles estão em viagem paga pela Casa.

“Não concordo com essa votação pelos meus colegas que estão fora em compromisso de trabalho. E eu não posso aceitar que o conselho decida sobre a vida das pessoas. Voto contra esse projeto”, disse Lene, que ainda propôs uma emenda à Lei ao tentar incluir a OAB e um representante da Câmara no Conselho, mas teve seu pedido rejeitado pela maioria.

Para Lene, o PL subtrai da Câmara o poder de debate sobre tema.

Antes mesmo da votação, revoltados, os vereadores de oposição ausentes já se movimentavam pelas redes sociais e em grupos de WhatsApp informando a intenção da base governista. A pressão virtual não funcionou. Contando apenas com Lene e Célio Gadelha (PSDB), sem seus principais oradores, a oposição, além de levar um “chapéu”, foi engolida facilmente pela base.

A Lei Complementar aprovada amplia o Conselho Tarifário e segundo os vereadores de situação o torna mais técnico. O conselho será composto de 12 membros efetivos de representantes da prefeitura, das associações de bairros, conselhos, entidades estudantis,  membros de sindicatos e federações.

O caráter técnico da nova composição do conselho foi elogiado pelos vereadores do PT na Casa. “Significa despolitizar o debate”, disse Rodrigo Forneck. “Não temos competência técnica para discutir esse assunto”, salientou Jackson Ramos.

“Todos nós sabemos que hoje é o conselho que define o preço das passagens. A tarifa não passa por aqui. A gente está modificando para torná-lo um conselho técnico”, afirmou o presidente da Comissão dos Transportes, Railson Correia (Podemos).

Destaque 2

Vereador de Rio Branco cai no “gemidão” do whatsapp durante sessão na Câmara

Publicado

em

Os vereadores debatiam o Código de Postura do Município quando N. Lima (sem partido), mexendo no celular na hora da sessão, acabou caindo na velha cilada do “gemidão”.

O famoso gemido do WhatsApp ecoou pelo microfone da Casa e provocou gargalhadas entre os parlamentares.
N. Lima rindo de vergonha e aparentemente nervoso se atrapalhou na hora de pausar o som, que continuou por uns cinco segundos. Rodrigo Forneck, que usava um aparte no discurso de Roberto Duarte, parou para ouvir e rir. Uma risada só no plenário da Câmara.

A barbeiragem da base

A sessão desta quarta-feira, 13, a penúltima do ano, foi longa, começou às 8h e terminou às 20h. Um total de 12 horas. Os intensos debates, a complexidade das matérias e a quantidade de projetos nas gavetas da Casa foram responsáveis pela demorada sessão.

O Código de Postura do Município entrou na ordem do dia para votação e o vereador Roberto Duarte apresentou 18 emendas.

A intenção da base, orientada por Eduardo Farias, o líder do prefeito, era derrubar todas as emendas do peemedebista.

Foi quando o cansaço parece ter se manifestado na bancada de situação. Como é de praxe numa votação, conforme o rito do Legislativo, ficar em pé é um sinal de que o vereador é contra a matéria. Ao permanecer sentado, o parlamentar indica que é a favor. Ocorre que, na hora em que o presidente da Casa, Manuel Marcos, fez a tradicional pergunta sobre quem era a favor ou contra, a base de Marcus Viana permaneceu sentada. Resultado: as 18 emendas de Duarte, ferrenho opositor de Marcus Viana, foram aprovadas.

A “sonolenta” base de Marcus percebeu que havia aprovado as emendas de Duarte, e Eduardo Farias protestou. Houve nova discussão entre os vereadores. A sessão se estendia. O líder do prefeito pediu para que a votação fosse realizada novamente, pois, para ele, a pergunta do presidente teve sentido dúbio e por isso confundiu seus pares na hora da votação.

Imagens de vídeo foram solicitadas e o procurador da Câmara Municipal, que foi chamado para tirar as dúvidas da votação, disse que a aprovação das emendas ocorrera de forma legal. As emendas do peemedebista Duarte ao Código de Postura, então, permaneceram aprovadas. Na sessão desta quinta-feira, porém, a última do ano, os vereadores governistas pretendem derrubar, em segundo turno, a maioria das emendas do oposicionista.

Continuar lendo

Destaque 2

Suspeito de furtos em Rio Branco é detido e permanecerá à disposição da justiça

Publicado

em

Agentes da 5ª Regional da Polícia Civil apreenderam Cicleudo Matias Souza, 19 anos, na manhã desta quarta-feira (13),sob a acusação de praticar diversos crimes de furto na parte alta da cidade, entre eles, o furto a Escola Raimundo Borges, localizada no bairro Chico Mendes.

O homem foi preso na tarde de terça-feira (11), no bairro Tancredo Neves. Segundo informou o delegado, Sérgio Lopes, foi pedido a prisão preventiva do acusado que ficará à disposição da justiça, no presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC).

Continuar lendo

Destaque 2

Foragidos da Justiça acusados de tráfico e roubo são reconduzidos ao presídio

Publicado

em

Na manhã desta quarta-feira (13), agentes do Núcleo de Capturas da Polícia Civil anunciaram a prisão de dois foragidos da justiça condenados pelo crime de tráfico e o outro pelo crime de roubo.

Gleyson Batista Rufino, 32 anos, foi preso no bairro Eldorado na terça-feira (11). Este estava foragido da justiça a mais de um ano e meio pelo crime de tráfico de drogas.

Outro que foi preso no bairro Bahia Velha foi Agostinho Sales, de 50 anos, apontado como participante do assalto à agência do Bando do Brasil, no município de Feijó, em 29 de outubro de 2009.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.